Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Área destinada à discussão sobre as origens e Evolução Biológica

Re: Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Razão
Mensagens: 31
Registrado em: Qua, 19 Abril 2023 - 18:02 pm

Mensagem por Razão »

Agnoscetico escreveu:
Ter, 25 Abril 2023 - 23:18 pm
Razão escreveu:
Ter, 25 Abril 2023 - 10:33 am
Acho que não haver tempo não implica em não haver existência. Talvez algo pudesse existir e ser atemporal. Talvez um Universo que sempre existiu ou uma entidade atemporal, Deus.

Se não sabe ainda, há religiões que não tem crença em surgimento do universo nem divindade:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jainismo

" (...) O universo é eterno, não tendo sido criado por nenhum ser superior. (...) "
Bacana. Não sabia dessa vertente religiosa.

De qualquer forma a compreensão de algo que sempre existiu, seja o Universo ou uma entidade criadora que é chamada de Deus, está além das nossas capacidades cognitivas. Ninguém é capaz de compreender fisicamente o infinito ou algo atemporal, eterno.

Re: Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 5260
Registrado em: Ter, 11 Fevereiro 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Razão escreveu:
Qua, 26 Abril 2023 - 09:55 am
De qualquer forma a compreensão de algo que sempre existiu, seja o Universo ou uma entidade criadora que é chamada de Deus, está além das nossas capacidades cognitivas. Ninguém é capaz de compreender fisicamente o infinito ou algo atemporal, eterno.
Portanto tentativas de racionalizar essas coisas tenderão a gerar conclusões erradas.

Nota: como a gente planejaria o futuro se soubesse que viveria eternamente? Quais seriam nossos objetivos e motivações?

Re: Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Razão
Mensagens: 31
Registrado em: Qua, 19 Abril 2023 - 18:02 pm

Mensagem por Razão »

Fernando Silva escreveu:
Qua, 26 Abril 2023 - 11:21 am
Portanto tentativas de racionalizar essas coisas tenderão a gerar conclusões erradas.
Gerar conclusões erradas para nós humanos que temos uma capacidade limitada para compreender a realidade através da nossa cognição, porém isso não significa que não possa existir algo eterno ou infinito.

Não compreender algo não implica que algo não exista ou que esteja errado.

Re: Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Huxley
Mensagens: 3459
Registrado em: Sáb, 07 Março 2020 - 20:48 pm

Mensagem por Huxley »

Razão escreveu:
Seg, 24 Abril 2023 - 23:10 pm
O problema do argumento cosmológico é que pela lógica ele nos leva a uma regressão infinita.

Por exemplo. Se tudo o que existe precisa ter uma causa e o universo existe, logo o universo teve uma causa. Porém, se o que causou o universo existe, Deus ou princípio criador, logo Deus teve uma causa e assim sucessivamente.

Para fugir dessa regressão infinita devemos adimitir que nem tudo que existe teve uma causa. Partindo dessa premissa podemos dizer que o Universo sempre existiu ou que Deus ou o princípio criador sempre existiu.

Na minha opinião, de qualquer forma, havendo uma regressão infinita de causalidade ou não, em ambos os casos a compreensão da realidade está além das nossas capacidades cognitivas.
O “tudo o que existe precisa ter uma causa” é uma petição de princípio, pois já parte do pressuposto que deveria provar, isto é, a proposição de que um efeito no Universo nunca seria resultado da aleatoriedade pura e simples.

Na perspectiva da compreensão contemporânea do Universo, que inclui não apenas a física clássica, mas também a física quântica, é indiferente se os acontecimentos do Universo funcionam exclusivamente por conexões de causalidade ou se a aleatoriedade existe no Universo de forma parcial. Não há razão para postular que uma hipótese é mais compreensível cientificamente do que a outra. Apelando só à intuição humana, há motivo para postular isso, mas, cientificamente falando, não tem sentido.

Re: Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 5260
Registrado em: Ter, 11 Fevereiro 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Razão escreveu:
Qui, 27 Abril 2023 - 17:02 pm
Fernando Silva escreveu:
Qua, 26 Abril 2023 - 11:21 am
Portanto tentativas de racionalizar essas coisas tenderão a gerar conclusões erradas.
Gerar conclusões erradas para nós humanos que temos uma capacidade limitada para compreender a realidade através da nossa cognição, porém isso não significa que não possa existir algo eterno ou infinito.

Não compreender algo não implica que algo não exista ou que esteja errado.
O erro está em considerar como definitivas conclusões baseadas em coisas que não entendemos.
Não passam de especulações.

Re: Cosmologia: Argumento cosmológico, Criacionismo, etc

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 1136
Registrado em: Seg, 02 Março 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

Razão escreveu:
Seg, 24 Abril 2023 - 23:10 pm
O problema do argumento cosmológico é que pela lógica ele nos leva a uma regressão infinita.

Por exemplo. Se tudo o que existe precisa ter uma causa e o universo existe, logo o universo teve uma causa. Porém, se o que causou o universo existe, Deus ou princípio criador, logo Deus teve uma causa e assim sucessivamente.

Para fugir dessa regressão infinita devemos adimitir que nem tudo que existe teve uma causa. Partindo dessa premissa podemos dizer que o Universo sempre existiu ou que Deus ou o princípio criador sempre existiu.

Na minha opinião, de qualquer forma, havendo uma regressão infinita de causalidade ou não, em ambos os casos a compreensão da realidade está além das nossas capacidades cognitivas.
Mas é justamente isso que o argumento cosmológico se propõe a fazer. A premissa 1 é que tudo no universo tem uma causa, e a premissa 2 é que deve haver uma causa primordial atemporal que transcende o universo físico e que deu causa a tudo. A isso, é atribuído como "Deus".

O problema desse argumento a meu ver não é a premissa 1, que afirma que tudo tem uma causa. Na verdade, as coisas que conhecemos realmente tiveram uma causa. Mesmo na aleatoridade, houve algum evento que iniciou o fenômeno e deu causa aos eventos seguintes.

O problema principal, no meu ponto de vista é o argumento 2, que contradiz o primeiro. Se Deus pode ter causa em si, por que o universo também não pode? Além disso, por que o que dá causa ao universo deve obrigatoriamente ser Deus e não alguma outra entidade ou fenômeno que desconhecemos ou não compreendemos?

A menos que você defina Deus como "causa da origem". Mas isso apenas prova Deus como conceito ou ideia humana, e não como uma divindade transcendental.
Responder