Criminalização do marxismo no Brasil

Área destinada à discussão sobre Laicismo e Política e a imparcialidade do tratamento do Estado às pessoas.
Discussões sobre economia e sistemas econômicos também se encontram aqui.

Qual das opções você prefere sobre criminalização ou liberação do marxismo?

1) Comunista bom é comunista morto! (BANG! Um comunista a menos, hehe!)
1
14%
2) Proibição total do marxismo e prisão para quem fizer apologia ao marxismo em público ou se declarar marxista, sem pena de morte ou perpétua.
0
Não há votos registrados
3) Prisão para quem fizer apologia ao marxismo em público. Permitir comunidades socialistas veladas, um socialismo libertário (tipo os kibutz).
3
43%
4) Liberar apologia ao marxismo em público, mas proibir em escolas e universidades, ou seja, as militâncias que apelem ao marxismo.
1
14%
5) Liberação total da apologia ao marxismo.
1
14%
6) Transformar o Brasil num "comunistão". (Viva la revolución!)
1
14%
 
Total de votos: 7

Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

Este tópico pode ser mais polêmico por envolver a ideia de criminalizar uma ideologia já tão propagada pelo país, mas mesmo assim quero poder discutir sobre isso, sobre essa questão que acredito ser vital... a criminalização do marxismo, e em consequência da apologia ao socialismo e comunismo no país. Decidi fazer uma enquete para entender melhor o posicionamento dos senhores, assim não precisam ficar postando respostas se não quiserem, bastando apenas votar na enquete e então já terei uma ideia básica da preferência média desta comunidade em relação ao marxismo. Já vi vários tópicos sobre questões políticas, mas ainda nenhum a respeito da criminalização do marxismo, ao menos como o que estou fazendo, então decidi criar este tópico, para haver de uma vez por todas um debate sério sobre a questão da criminalização ou liberação do marxismo no Brasil. Coloquei 6 opções para tornar as coisas mais interessantes. Se votarem e depois mudarem de ideia, poderão mudar a opção de voto. Vamos lá... Antes de tudo, quando falo em marxismo, me refiro a todas as suas vertentes: comunismo, socialismo, stalinismo, maoísmo, trotskismo, petismo, etc. Tudo o que é derivado das ideias de Marx e Engels.

A votação deveria ser feita com base em tudo o que cada um de vocês sabem a respeito do marxismo e de sua aplicação na sociedade. Mas deve-se levar também em conta todos os fatores históricos associados a isso, desde as ditaduras sanguinárias até projetos que aparentemente melhoraram a vida das pessoas. Em meu caso, eu voto na opção 3, pois apesar de eu condenar apologia a uma ideologia tão associada com várias ditaduras sanguinárias pelo mundo onde as pessoas têm medo de opinar e que resultaram em pelo menos dezenas de milhões de mortes, todas elas combinadas, ainda acho que as pessoas poderiam, se quiserem, procurar um estilo de vida socialista entre elas de uma forma mais velada, como já mencionei em outros tópicos a respeito da criação de comunidades para tal fim, desde que não fizessem apologia visível ao marxismo, mas de forma mais velada para ao menos elas poderem existir e para quem quisesse fazer parte delas, sem que neste caso o marxismo esteja presente no estado brasileiro, pois entendo que o marxismo jamais vai dar certo na forma de um estado e nem deveria, devendo estar apenas restrito a pequenas comunidades isoladas. Ou seja, sem ideias marxistas na política brasileira!

No meu entender o marxismo tendeu a ser muito mais negativo do que positivo à humanidade no geral. Sendo assim, eu tendo mais para a proibição deste! A minha ideia sobre o que votei é a seguinte...

Prisão de 3 anos em regime fechado, com direito à fiança de 10 mil reais, para quem fizer apologia ao marxismo em público. Prisão de 4 anos em regime fechado sem direito à fiança e exoneração para professores e funcionários públicos que fizerem apologia ao marxismo em escolas e universidades, seja ou não com militância. Prisão de 5 anos em regime fechado sem direito à fiança para quem financiar movimentos marxistas ou progressistas. Prisão de 6 anos em regime fechado sem direito à fiança para quem for descoberto estar fazendo parte de organizações internacionais ou clandestinas marxistas (Foro de São Paulo, Internacional Socialista, MST, etc). Prisão de 7 anos em regime fechado sem direito à fiança para políticos e ministros que tendo feito parte de partidos ou organizações marxistas tenham se envolvido em corrupção e causado instabilidade institucional (Lula, Dilma, ministros do STF e TSE, Dirceu, etc). Perda de direitos políticos em 8 anos para os dois últimos casos.

Prisão de 10 anos em regime fechado sem direito à fiança com permanente perda de direitos políticos e exoneração para quem tentar um golpe de estado marxista.

Extinção de todos os partidos políticos que fizerem clara menção a marxismo, comunismo ou socialismo em seu nome assim como em suas pautas. Ou seja, o fim de todos os partidos de extrema-esquerda. Aqui no Brasil o marxismo deveria ter peso de punição maior que o nazismo, já que o marxismo teve muito mais presença e impacto negativo na história brasileira do que o outro (que no passado foi a causa de um regime militar duradouro e atualmente à corrupção e ineficiência dos serviços públicos além de impostos abusivos), apesar do outro também ser punível. Não haveria condenação a soldados ou policiais que matarem terroristas ou guerrilheiros marxistas. Qualquer manifestação de rua associada ao marxismo deverá ser reprimida com uso de força policial e letal se necessário, em que os participantes, organizadores e financiadores deverão ter as punições citadas anteriormente. Bandidos que fizerem parte de organizações marxistas terão sua pena aumentada.

Quanto às comunidades socialistas, elas poderiam aplicar o socialismo de forma prática dentro delas, desde que evitem fazer clara menção ao marxismo e evitar símbolos marxistas visíveis ao público. Tais comunidades não poderiam formar grupos de guerrilha ou serem centros de infiltração de estabelecimentos públicos ou privados, com a possibilidade de suspensão das mesmas pelo estado maior. Estas comunidades deveriam de tempos em tempos estarem sujeitas à fiscalização, através de um censor que deverá verificar a presença de símbolos ou material subversivo, entre outras coisas, ainda que estas comunidades sejam privadas, uma vez que o estado passar a tomar conhecimento destas. A fiscalização periódica destas comunidades é uma forma em evitar que elas se transformem em refúgios de revolucionários que queiram se infiltrar em instituições ou em formar grupos organizados e armados de guerrilheiros revolucionários. Aqui socialismo apenas dentro destas comunidades e nunca fora delas!

Aqui vai o link de meu post sobre em que dou ima ideia em como poderia ser as comunidades socialistas: https://clubeceticismo.com.br/viewtopic ... 096#p19096

Entendo que políticas identitárias são completamente desnecessárias e que apenas provocam a divisão da sociedade e luta desnecessária de classes sociais, coisa pregada pelo marxismo, a luta entre as classes. Ou seja, políticas identitárias são nocivas, apesar de aparentarem serem boas para um público alvo. Coisas como cotas raciais aparentemente ajudam, mas no quadro geral só mais piora que melhora, seja na qualidade do profissional, seja por isso não ser meritocrático ou porque contradiz uma das principais ideias do marxismo que é o igualitarismo ou até mesmo por isso acabar provocando o racismo contra aqueles que são privilegiados por tais cotas. Acredito que a lei deve ser a mesma para todos, e não existirem leis que deem mais benefício para alguns do que para todo o resto. Pra mim a melhor política pública que existe é investir na iniciativa privada de forma a aumentar o número de empregos, do que ficar dando bolsa-esmola ou inchar ainda mais a máquina pública e com isso nossos impostos só aumentarem ainda mais. Entendo que políticas sociais não relacionadas a investir em mais emprego apenas nos tornam mais dependentes do governo, do estado, o que nos tornam mais suscetíveis ao autoritarismo de políticos.

Quanto mais a população fica dependente do estado, mais o estado fica autoritário e vai acabar virando uma ditadura com o tempo. Por isso que quero um estado mínimo o quanto antes!

Entendo que governos socialistas são pau no cu, simples assim. Nos fazem pagar mais imposto e fornecem serviços públicos de péssima qualidade, enquanto a casta de políticos, ministros e servidores públicos de alto escalão são os que se beneficiam através disso. E nós, fora desta casta, ficamos que nem idiotas acreditando nestas ideias, projetos e sistemas que não nos beneficiam de verdade! Não me interessa o que se passa na Europa ou Ásia, estou falando do que se passa aqui no Brasil, a realidade brasileira. De nada adianta ficar falando de governos de países cuja realidade é completamente diferente da nossa! O Brasil não vai virar uma Suécia, não vai virar uma França, não vai virar uma Alemanha, mas vai sim continuar sendo Brasil, por mais belo que seja teoricamente o governo socialista implantado aqui. E o que mais vejo aqui no Brasil são serviços públicos que sinceramente não valem a pena os impostos que pagamos. E pior que os que mais pagam por isso são os pobres, já que os ricos têm recursos de sonegação. Além disso tudo entendo que ideias marxistas no geral só tendem a despertar a discórdia entre grupos sociais distintos e transformou a minha e a atual geração num monte de idiotas úteis retardados! Socialismo millennial é o cacete!

Por isso voto pela extinção do marxismo na política brasileira, dando apenas espaço para isso em comunidades privadas isoladas e ainda de forma bem velada sem poder usar os jargões e símbolos marxistas.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Isso parece um texto de alguém doutrinado de um astrólogo maluco de extrema-direita chamado Olavo de Carvalho.

youtu.be/Djm-eF54_8w

Primeiro defina: O que é Marxismo? O que é Socialismo? O que é Comunismo?
Tudo isso é termos vagos e podem ter significados diferentes.

O bolchevismo soviético, o castrismo e o bolivarianismo venezuelano são três coisas diferentes e não são marxismo. Eles apenas usam Marx como herói, mas os rótulos socialismo. China e Vietnã são governados por partido chamado Partido Comunista, mas são capitalistas e funcionam de forma diferente.

O que é marxismo? Marx foi um sociólogo e economista do século 19 e não inventou o socialismo. Já existiam outros socialistas na época. Ele vivia num época de aristocracia e por isso defendia o capitalismo e debatia com anarquistas sobre como chegar ao comunismo. Os estudos e críticas dele sobre o capitalismo são importantes e válidos. Ele também criou um método sociológico de analisar a sociedade de acordo com os meios de produção e produtos, que ainda é usado nos dias de hoje.

Marx nunca inventou um sistema socialista e nunca descreveu como funcionaria. Ele apenas defendia a revolução do proletariado (Manifesto comunista), mas nunca descreveu como seria esse governo do proletariado. Os governos socialistas tiveram que inventar uma própria maneira, implementando um sistema de estatização dos meios de produção, e esse sistema acabou não funcionando e sendo inviável sem ditadura. E os países que passaram por isso, nem tinham uma classe operária urbana grande e desenvolvimento industrial, como pré-requisito para revolução. A maior preocupação deles foi mais imperialista e desenvolvimento econômico.

Marx cometeu erros. Ele via luta de classes nas relações patrão-empregado e acreditava que luta de classes sempre moveu a história, o que não é verdade. Ele profetizou uma revolução do proletariado que nunca chegou a ocorrer.

Isso é Marxismo. Não tem nada de macabro aqui.

E socialismo? De acordo com Marx é o governo temporário de transição para o comunismo. Mas esse termo já era usado por outros, como socialismo utópico. E ainda hoje é usado por partidos e governos para representar populismo, ou estado de bem-estar social, etc.

E comunismo? Seria uma sociedade sem estado, moeda e propriedade privada. E isso é parecido com o estágio inicial da humanidade. Muitas tribos indígenas vivem dessa forma. Os países que se declaram comunistas apenas usam um nome fantasia com o objetivo de atingir o comunismo escrito no papel e na prática fazendo nada disso.

Por isso não faz sentido criminalizar essas três coisas, porque é um grande ataque à liberdade de expressão. É possível criminalizar os símbolos e os nomes, igual fizeram no leste europeu, mas ainda assim há partidos defendendo as mesmas coisas, mas com outro nome. Vejo o tanto de coisa que seria censurada por essa ideia:
* Neotribalismo (usando tecnologia)
* Auxílio emergencial (diferente de bolsa-esmola, isso foi necessário porque a pandemia não deixava ninguém trabalha)
* Investimentos estatais, reforma agrária, tributação progressiva e estado de bem-estar social (coisa de comunista no mundo olavista)
* Crítica à desigualdade, ao capitalismo, a classes sociais
* Reflexão filosófica sobre a propriedade privada
* Sindicalismo (no liberalismo econômico é permitido se não tiver ajuda do estado)
* Ideias novas de economia alternativa e sem moeda (alguns propõem governo controlado por computador)
* Estudo sociológico sobre trabalho, produto e ferramenta de trabalho
* E qualquer outra coisa que um juiz doido ou ditador cismar que é coisa de comunista

O petismo não é marxista e nem tem planos de implementar o socialismo de estatizar os meios de produção.
O MST apenas usa o conceito de revolução do Manifesto comunista com as ideias de invasão, mas não pretende mudar o governo e tem muita corrupção.

O termo progressista sempre mudou com o passar do tempo. Há 100 anos representava coisas como previdência social e combate a cartel. Só hoje que representa essa porcariada de identitarismo e destruição da família. E em ambos os casos não tem nada a ver com socialismo, comunismo e marxismo. O conceito marxista de consciência de classe sempre foi usado na história da humanidade e os políticos de hoje continuam usando isso. A esquerda cria consciência de classe contendo negros, homossexuais e mulheres enquanto a direita faz o mesmo com cristãos, patriotas e pessoas com filhos. São estratégias eleitoreiras de políticos bandidos.

Sobre o crime: O que é fazer apologia?
A constituição brasileira já proíbe isso com cláusula pétrea. Protege a propriedade privada, proíbe ditadura, proíbe terrorismo, proíbe golpe de estado de qualquer tipo, permite a livre iniciativa privada. Socialismo só seria possível com revolução.
Corrupção não é exclusividade de petistas, socialistas e esquerdistas, é regra de todos no Brasil.

Socialismo/comunismo nos dias de hoje no Brasil não existe e não passa de um espantalho usado pela extrema-direita para controlar massas usando teoria da conspiração. O Brasil tem um estado e uma política toda problemática, mas o nome disso não é comunismo, a direita é tão corrupta quanto a esquerda, e não existe um grupo unificado liderando tudo isso.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

Agradeço por ter me esclarecido melhor a respeito do marxismo, pelo que é e o que não é. Esse negócio de ser comunista mas capitalista é confuso mesmo. :lol:

A preocupação aqui neste tópico não é a respeito da definição de marxismo, mas como isso afetou milhões ou bilhões de pessoas mundo afora desde que esta ideologia surgiu. Estou falando de coisas práticas, e não de discussões teóricas. E... não. Já faz muito tempo que não tenho assistido mais os vídeos do Olavo e de fato e o que postei aqui não me baseei nele em momento algum. Essas coisas que posto não são baseadas no que ele fala, porque para dizer a verdade eu já nem me lembro mais direito as coisas que ele dizia. Então não sou um seguidor ou discípulo dele não. E reconheço que ele fala muita besteira mesmo. :lol: As minhas informações são baseadas em referência cruzada, em coisas que assisti e li por anos e anos, não é algo só de hoje não. São vários fatores envolvidos, inclusive a maneira como observei várias manifestações de esquerda no país.

Eu sei que desde o começo políticos usaram a ideia do comunismo para impor seus regimes autoritários e suas vontades sobre as pessoas, originando as várias ditaduras que existiram baseadas nesta ideia e que o tal comunismo de verdade nunca foi de fato posto em prática. A questão não é o que é comunismo, mas o que os políticos fizeram com várias populações em nome disso. E acredito que é isso o que deve ser evitado no Brasil, uma revolução desse tipo e disso acabar surgindo um verdadeiro ditador. Acho que se o PT continuasse governando esse país e tivesse a força que tinha antes, não duvido nada que o Lula iria acabar virando um déspota, seja ele governando diretamente ou fazendo isso através de algum fantoche dele, como o Haddad ou a Dilma. A Dilma nem tinha capacidade para governar, era ele e seus asseclas que "faziam" as coisas através dela.

E pelas coisas que o Lula andou dizendo ultimamente, está claro que ele se voltar ao poder vai agir como tal, como um déspota, por vingança contra os bolsonaristas. Olha a merda que isso vai dar! Ele de volta no poder seria um perigo para esse país. Muita gente será perseguida, bem mais do que faz atualmente o STF. Ele mesmo fala em regulamentar a mídia (censura de estado). Eu mesmo poderia acabar sendo perseguido por minhas opiniões. Pela maneira como vejo a mídia e a esquerda desesperadas por conta das ações do Bolsonaro e por estarem perdendo espaço para mídias alternativas, agora percebo que eles finalmente colocaram as garras de fora e agora estão mostrando o que realmente são de fato. Quanto maior o desespero mais eles se revelam. E é um dos motivos que temo que a esquerda volte com força no poder executivo. Pela maneira como a esquerda está desesperada, a chance de tentarem fazer revolução vai ser bem maior, como revanchismo. E não quero ser prejudicado por causa disso não!

Acho sim apologia ao marxismo ou a qualquer regime originado desta ideia primária algo nocivo à sociedade, como você mesmo citou sobre o progressismo atual, que é uma porcaria. Para dizer a verdade acho que as políticas identitárias junto com as militâncias em escolas e universidades estão conseguindo serem piores do que a ideia do socialismo em si. Querem transformar o ser humano numa coisa que ele não é, como estão fazendo através da chamada ideologia de gênero, através da linguagem neutra ou pela criação de termos que apenas causa confusão, constrangimento e afirmações absurdas. Fora essa coisa de politicamente correto e cancelamento em redes sociais da big tech que eles estão impondo, e isso no mundo todo, não só no Brasil. Mais uma vez, tem algo de muito errado com esses progressistas. Prefiro não confiar neles. É como se estivessem desesperados em impor uma censura, como se algo estivesse saindo do controle deles, da engenharia social deles!

Queiram ou não, o ser humano é binário. Criar leis e termos não vai mudar o fato de que gays têm desvio sexual. Só temos dois sexos, não três, quatro ou cinco. Isso que estão fazendo é uma aberração. Esse negócio de queer por exemplo. Só falta quererem criar cotas para homossexuais, queer, assexuais... É muita baboseira pro meu gosto. E a gente ainda é obrigado a pagar imposto para manter partidos que fazem esse tipo de idealização. Esse é um dos motivos que sou totalmente contra fundo partidário e que isso deveria sim acabar de vez. Se você apoia uma ideologia tanto assim e quer que ela seja implementada, que você mesmo pague para manter um partido baseado em tal, e não obrigar todo mundo a ter que concordar financeiramente com isso, através de um imposto obrigatório.

Se não acabar com apologia ao marxismo em público, ao menos acabar com esse fundo partidário, que é um imposto inútil na prática para o cidadão comum. Isso vai tirar poder de muita gente.

A ideia em banir apologia ao marxismo é justamente para evitar que o Brasil caminhe rumo a uma revolução socialista e isso acabe afetando as nossas liberdades individuais e financeiras também!!!

Mas como disse, se quer ser socialista, que funde uma comunidade e atraia pessoas para ela, ao invés de ficar brincando de revolução com dinheiro público!

Ridículo

Avatar do usuário
criso
Mensagens: 568
Registrado em: Qui, 19 19America/Sao_Paulo Março 19America/Sao_Paulo 2020 - 15:57 pm
Localização: Santa Maria (RS)

Mensagem por criso »

Off_topic:
Ridículo.

Cadê a moderação?

Nunca mais piso aqui.

Se dependesse de vocês, eu ia pro Porão do DOPS.

Idiotas

Avatar do usuário
criso
Mensagens: 568
Registrado em: Qui, 19 19America/Sao_Paulo Março 19America/Sao_Paulo 2020 - 15:57 pm
Localização: Santa Maria (RS)

Mensagem por criso »

Off_topic:
Se vocês não veem nada de errado com este tópico, com sua descrição, com as opções sugeridas e seus votos,

o CC tornou-se, definitivamente, um Antro de Idiotas.

Burro

Avatar do usuário
criso
Mensagens: 568
Registrado em: Qui, 19 19America/Sao_Paulo Março 19America/Sao_Paulo 2020 - 15:57 pm
Localização: Santa Maria (RS)

Mensagem por criso »

Off_topic:
quando falo em marxismo, me refiro a todas as suas vertentes: comunismo, socialismo, stalinismo, maoísmo, trotskismo, petismo, etc. Tudo o que é derivado das ideias de Marx e Engels.
Além de moralmente deplorável e intelectualmente desprezível, é burro pra caralho!

nuker, você é um Lixo Fascista. Gente como você merece um bom Gulag.

Re: Ridículo

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Off_topic:
Mais tarde respondo o resto.
criso escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 03:36 am
Ridículo.

Cadê a moderação?

Nunca mais piso aqui.

Se dependesse de vocês, eu ia pro Porão do DOPS.
O propósito deste fórum é permitir liberdade de expressão e discutir crenças e ideologias para derrubá-las por meio do ceticismo.
Se você discorda da opinião dele, ponha teu argumento ou fique longe do tópico.
criso escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 08:26 am
Além de moralmente deplorável e intelectualmente desprezível, é burro pra caralho!

nuker, você é um Lixo Fascista. Gente como você merece um bom Gulag.
Agora está sendo selvagem e não sabendo discutir de forma civilizada.
O que vemos é que Nuker passou muito tempo dentro de uma bolha de extrema-direita e agora devemos ajudar todos a evoluírem e aprender o que são mentiras ou não.


Sugestão para a moderação
Apagar os comentários de criso e este aqui e deixar uma mensagem do tipo:

"Apesar do tema polêmico, todos tem o direito de liberdade de expressão. Discutam de forma civilizada sem atacar os outros membros. Se não suporta o tópico, favor manter-se distante dele."

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gabarito
Mensagens: 865
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 06:49 am

Mensagem por Gabarito »

Off_topic:
Vamos manter um debate civilizado e com respeito aos que dele participam.

Solicito ao colega Criso que tenha calma, respire um pouco e participe sem ofensas, mas com argumentos e teses.

Acho que apagar mensagens tira o histórico dos acontecimentos e prejudica a compreensão do seu desenrolar cronológico.

Como muito bem disse Tutu, o fórum destina-se à troca de ideias.
Recomenda-se aos que não gostam/concordam com as ideias, que não participe, que se ausente, que não entre no tópico.


Para que haja oportunidade para todos se inteirarem do ocorrido e para esfriar os ânimos, manteremos o tópico trancado por alguns dias.
Retornaremos em breve.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gabarito
Mensagens: 865
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 06:49 am

Mensagem por Gabarito »

Tópico reaberto.

Como já pedido, solicito aos participantes que foquem no assunto, no tema do debate.
Ataques pessoais e postagens sem argumentação devem ser evitados.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

nuker escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 01:42 am
A preocupação aqui neste tópico não é a respeito da definição de marxismo, mas como isso afetou milhões ou bilhões de pessoas mundo afora desde que esta ideologia surgiu. Estou falando de coisas práticas, e não de discussões teóricas.
Criminalizar a ideologia acaba censurando discussões teóricas também. Muitas coisas vieram de discussões marxistas, como aquela pequena lista que apresentei acima.

Qualquer ideologia ou ideia pode levar à barbárie. Cristianismo criou cruzada e inquisição. Seleção natural foi usada pelos nazistas. Prosperidade e industrialização levaram à invasão e colonização da África e Índia.

Durante toda a história da humanidade, governos sempre usaram uma ideologia qualquer para manter o poder e fazer guerras. Comunismo é só uma delas.
E pelas coisas que o Lula andou dizendo ultimamente, está claro que ele se voltar ao poder vai agir como tal, como um déspota, por vingança contra os bolsonaristas.
Não é comum ocorrer vingança e duvido muito que ele consiga ter poder para isso. Isso é extremamente ilegal e a maioria dos militares e policiais votam em Bozo.

Mas o que o PT faz tem nada de marxista. O que ele faz de marxista na prática?
Acho sim apologia ao marxismo ou a qualquer regime originado desta ideia primária algo nocivo à sociedade, como você mesmo citou sobre o progressismo atual, que é uma porcaria.
Mas o que é apologia ao marxismo na prática?
Para dizer a verdade acho que as políticas identitárias junto com as militâncias em escolas e universidades estão conseguindo serem piores do que a ideia do socialismo em si. Querem transformar o ser humano numa coisa que ele não é, como estão fazendo através da chamada ideologia de gênero, através da linguagem neutra ou pela criação de termos que apenas causa confusão, constrangimento e afirmações absurdas. Fora essa coisa de politicamente correto e cancelamento em redes sociais da big tech que eles estão impondo, e isso no mundo todo, não só no Brasil. Mais uma vez, tem algo de muito errado com esses progressistas.
Mas o politicamente correto tem nada a ver com marxismo.
O máximo é uma deturpação do conceito de "consciência de classe" e de "luta de classes".

O que poderia ser feito é criar uma PEC proibindo todas as formas de racismo e sexismo, de forma a banir o racialismo (o estado não reconhece cor de pele) e criminalizando o machismo e o feminismo e também a ideologia de gênero.
nuker escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 01:42 am
Se não acabar com apologia ao marxismo em público, ao menos acabar com esse fundo partidário, que é um imposto inútil na prática para o cidadão comum. Isso vai tirar poder de muita gente.
Sim. Odeio quando desperdiçam o fundo com ideias terríveis, como agenda politicamente correta da esquerda e também a taradeza por posse de armas dos bolsonaristas.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

O organoléptico
Mensagens: 47
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Esse lixo se for proibido aí é que será visado mesmo. O que é uma pena, pois a proibição deveria ser um axioma no pensamento consciente.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

Off_topic:
Além de moralmente deplorável e intelectualmente desprezível, é burro pra caralho! Nuker, você é um Lixo Fascista. Gente como você merece um bom Gulag.
Caraca, é a primeira vez que alguém me ataca assim! Que baixo nível! Aqui pelo que eu sei não é lugar para ad hominem. Portanto seu argumento é inválido, além de bastante ofensivo.

Mas como eu não sou de ficar fazendo argumento ad hominem, prefiro mais continuar criticando ideias do que ficar atacando pessoas. Não adianta chamar a moderação, porque quem partiu para o ataque pessoal aqui foi você, não eu. Eu apenas expus o que acho a respeito do comunismo, mas não ataquei ninguém. Já você... Não vou perder meu tempo discutindo contigo, pela maneira como se dirigiu a mim, não vale a pena bater boca contigo. Se quiser ficar falando mal de minha pessoa a partir de agora vai ser como falar com a parede, porque não estou nem aí para quem sai atacando os outros desta forma!

Se não gosta do que escrevo, tudo bem, pode criticar as minhas ideias, mas partir para esse tipo de ataque é intolerável.

Se gosta tanto assim de comunismo, então sai desse país e vá morar seja em Cuba, na China, Coréia do Norte, Venezuela, porque o Brasil não parece ser lugar para gente como você! :lol:

E esse seu argumento de me chamar de fascista é típico de esquerdista radical, coisa de gente que não tem argumento.

Moderação, esse tipo de ataque não pode!


__________________________________________
Mensagem editada para deixar como Off-topic postagens em desconformidade com o assunto.
Gabarito.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

Moderação, esse tipo de ataque não pode!
Estamos atentos. Bola prá frente!

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

O que poderia ser feito é criar uma PEC proibindo todas as formas de racismo e sexismo, de forma a banir o racialismo (o estado não reconhece cor de pele) e criminalizando o machismo e o feminismo e também a ideologia de gênero.
Até que não é uma má ideia, para ser sincero! Gostei da sua ideia. No caso do racismo, acho que deveria haver uma melhor definição sobre o que é, porque me parece que isso está bastante vago, a atual definição do que é racismo. Por exemplo, você sendo branco ter preferência sexual por brancas, será que isso é racismo? Mas por outro lado, negar emprego para determinada raça ou demitir alguém pelo mesmo motivo isso sim já é claramente racismo. São coisas assim que deveriam ser melhor definidas, para não haver problemas na hora da interpretação, caso haver alguma acusação de racismo. Para dizer a verdade, como há pelo país inteiro pessoas de todas as etnias, acredito hoje que por esse motivo o racismo não faz sentido, ao menos não em nosso país.

Com relação a banir o sexismo também concordo, já que atualmente noto que a mulher é tão capaz do homem na maioria das profissões, talvez exceto aquelas em que você tenha que carregar muito peso, por questões fisiológicas. Apesar de num passado recente ter idealizado que homens e mulheres deveriam ter vocações distintas, baseada na fisiologia do sexo. Também acho racialismo ridículo, apesar de eu já ter sido racialista no passado. Ainda não acho a ideia da miscigenação uma coisa tão boa assim, mas quando se trata de leis que diferenciem pessoas por cor de pele, acho que estas leis todas deveriam ser banidas, incluindo cotas raciais. Se é para todos de todas as cores serem tratados iguais, que também sejam tratados iguais por lei! Enquanto pessoas forem tratadas diferentes por lei, isso continuará provocando o racismo.

Também concordo em combater machismo e feminismo inclusive, visto que nem um e nem o outro me parecem ser comportamentos saudáveis, muito menos dentro de um lar. No caso do homem porque ele acaba tratando a mulher como uma escrava sexual e no caso da mulher porque ela acaba muitas vezes fazendo falsas acusações para ganhar dinheiro com processo e já vi muitos casos assim. Acho tanto o movimento feminista quanto o movimento mgtow ridículos, todos esses movimentos misóginos e "anti-sexo oposto" só acabam causando divisões inúteis e maledicentes na sociedade. E há sempre aqueles que se beneficiam com isso, claro, aqueles que financiam movimentos desse tipo mundo afora. Enfim, atualmente estou mais inclinado para a questão da igualdade, então por isso entendo que o melhor é todos serem tratados de forma igual pela lei, ao menos isso!

No caso da ideologia de gênero também concordo em banir isso. Afinal, só existe homem e mulher. O resto é desvio ou opção sexual, dependendo de seu alinhamento ideológico ou filosófico. Mas em qualquer caso entendo que os gays deveriam serem respeitados como são e até já disse noutro tópico que concordo com a união gay (com certas ressalvas) porque sou contra você forçar gay a se casar com hétero e porque isso nunca iria acabar bem. Mas esse negócio de linguagem neutra e denominações aberracionais isso já discordo porque entendo que isso está mais para ideologia do que ciência de fato. A ciência prova através de nosso DNA que só existem dois sexos, o XX (mulher) e o XY (homem), apesar de existirem algumas aberrações raras como a Síndrome do Super Homem, Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Jacobs, Síndrome de Turner, entre outras do tipo.

Quando se trata de classificar pessoas de acordo com a ciência, eu prefiro mais estar do lado da biologia do que da sociologia.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

O que poderia ser feito é criar uma PEC proibindo todas as formas de racismo e sexismo, de forma a banir o racialismo (o estado não reconhece cor de pele) e criminalizando o machismo e o feminismo e também a ideologia de gênero.
Aliás, decidi chamar essa sua ideia de PEC da Igualdade. Espero que goste... :lol:

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

nuker escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 19:14 pm
Até que não é uma má ideia, para ser sincero! Gostei da sua ideia. No caso do racismo, acho que deveria haver uma melhor definição sobre o que é, porque me parece que isso está bastante vago, a atual definição do que é racismo. Por exemplo, você sendo branco ter preferência sexual por brancas, será que isso é racismo? Mas por outro lado, negar emprego para determinada raça ou demitir alguém pelo mesmo motivo isso sim já é claramente racismo. São coisas assim que deveriam ser melhor definidas, para não haver problemas na hora da interpretação, caso haver alguma acusação de racismo.
Eu não entendo de Direito, mas qualquer jurista diz que a lei só considera o racismo de branco contra negro. Não sei se a definição está escrita ou qual é a definição, mas se a interpretação depender do histórico de uso ela pode mudar futuramente.

O objetivo da lei, criada por pessoas sensatas, era impedir que negros fossem expulsos de shopping e candidaturas de emprego, além de proibir constrangimento com colegas de trabalho e evitar frases públicas (em TV ou outdoor) que causam discórdia racial. Sobre preferência estética, gosto não se discute quando é longe dos outros (apesar de existir mau gosto), mas para a militância (que quer controlar a mente) é racismo.

A França tem desde muito tempo uma lei que proíbe distinguir pessoas pela raça. Assim, eles não fazem censo sobre a raça e é proibido criar políticas de cotas. Existe muito negro e árabe na França por causa das ex-colônias na África. A militância tem um forte desejo de derrubar essa lei.
nuker escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 19:14 pm
Ainda não acho a ideia da miscigenação uma coisa tão boa assim,
Não sei como é o racismo no sul do Brasil, onde quase todo mundo é branco, mas é compreensível o desejo de preservar exemplares originais de cada raça. Talvez independência ajude, já que o Brasil é imenso.

Mas em regiões intertropicais, a miscigenação é a melhor coisa que pode acontecer para acabar com o racialismo. O natural é que em regiões intertropicais a pele seja mais escura, porque é a latitude que influencia isso. O Brasil foi fundado da pior maneira possível, misturando três raças diferentes colocando-as em posições sociais muito diferentes. Hierarquia acaba levando a discriminação. Se tivessem sido direitos iguais, mas sem miscigenação, estariam em conflito até hoje.
nuker escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 19:14 pm
Acho tanto o movimento feminista quanto o movimento mgtow ridículos, todos esses movimentos misóginos e "anti-sexo oposto" só acabam causando divisões inúteis e maledicentes na sociedade.
Golpista não tem ideologia. Uma pessoa de qualquer gênero vai usar todas as armas legais no alcance para tirar vantagem.

Já os neomachistas usam o termo "as mulheres" em vez de "as feministas" como elas fossem inimigas. Eles ignoraram a existência de homens ricos financiando esses movimentos, que seriam os verdadeiros inimigos. O neomachismo também pode levar à ideologia de gênero, com ideias absurdas como licença à maternidade longa para homens e alistamento militar para mulheres.
nuker escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 19:14 pm
No caso da ideologia de gênero também concordo em banir isso. Afinal, só existe homem e mulher. O resto é desvio ou opção sexual, dependendo de seu alinhamento ideológico ou filosófico. Mas em qualquer caso entendo que os gays deveriam serem respeitados como são e até já disse noutro tópico que concordo com a união gay (com certas ressalvas) porque sou contra você forçar gay a se casar com hétero e porque isso nunca iria acabar bem. Mas esse negócio de linguagem neutra e denominações aberracionais isso já discordo porque entendo que isso está mais para ideologia do que ciência de fato. A ciência prova através de nosso DNA que só existem dois sexos, o XX (mulher) e o XY (homem), apesar de existirem algumas aberrações raras como a Síndrome do Super Homem, Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Jacobs, Síndrome de Turner, entre outras do tipo.
Desordem de formação do gênero só ocorre com 1 em mil pessoas, mas os com diferença visível são 1 em 10 mil. Isso significa que não faz sentido mudar toda uma legislação e língua somente para incluir casos raros. A militância quer que a maioria se adapte às minorias em vez do contrário.

Para o desenvolvimento das crianças, é bom tratar menino como menino e menina como menina. Se isso não for feito, eles desenvolverão problemas psicológicos de autoestima e depressão quando crescerem. A justificativa da militância é não prejudicar a criança caso ela seja gay futuramente, mas por acreditarem que gênero é construção social, ela ignora o fato de que isso fará mal se elas forem héteras. Usando a mesma lógica deles, deveríamos dar curso de braile e libras para a criança porque não sabemos se no futuro ela vai perder a visão ou audição.

As maiores aberrações da ideologia de gênero, como multa para quem não reconhecer um trans como mulher ou banir o termo "mãe" em favor de "genitor que deu a luz" são absurdos imprevisíveis que ninguém que escreve uma constituição pensaria. Nem tenho ideia de como proibir isso. O primeiro caso vai contra a liberdade de pensamento, mas os juízes já mudaram interpretação para homofobia. O segundo caso é difícil ganhar aceitação popular, "mãe" é uma palavra tão popular e bonita.

Nessa ideologia não posso assumir que uma pessoa seja homem ou mulher ou hétera. É tão absurdo quando não poder assumir que uma pessoa que estou vendo pela primeira vez seja brasileira, não seja cega, surda-muda, deficiente mental, etc. Essas coisas, assim como o gênero, são coisas que percebemos na hora e não precisa perguntar o óbvio. Se ela tem uma ideologia que acha que é oposto do que realmente é, o problema é dela, mas que não force os outros a acreditar.
nuker escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 19:14 pm
Quando se trata de classificar pessoas de acordo com a ciência, eu prefiro mais estar do lado da biologia do que da sociologia.
A biologia esteve numa idade das trevas 200 anos atrás quando procurava teorias para fomentar o racismo. Hoje eles estão bloqueados e nem se atrevem a pesquisar uma cura gay, porque a militância cairia em cima.

A sociologia hoje está numa idade das trevas por causa do politicamente correto e porque só esquerdista entra no curso. Não é que o trabalho sério leve a essa ideologia, mas é porque as amizades influenciam e os formados só escrevem material ideológico. As ideias políticas são horríveis porque eles tem conhecimento nenhum em economia e psicologia (Psicóloga feminista é o mesmo que nutricionista gorda).

Dentro da área encontrará muitas e muitas contradições entre eles. Eles são ensinados a respeitar e valorizar todas as culturas, por mais estranha que seja, e que nenhuma cultura é superior a outra. Por outro lado, eles querem destruir a cultura em que vivem como uma rebeldia, por acreditarem na existência do que as feministas chamam de patriarcado, além de enxergar excesso de racismo e homofobia e acreditar que gênero é construção social.

A sociologia no Brasil é tão ruim que eles pegam estudos americanos para aprender sobre racismo e quando aplicam no Brasil tem ideias bizarras, acreditando que existe uma estrutura política que fomenta o racismo. Se vejo que colocam cor nas pessoas quando falam de crime e pobreza, já vejo que não presta. Nos EUA, raças representam diferentes etnias, mas no Brasil brancos, negros e pardos são da mesma etnia. Usar a palavra etnia aqui é um erro. Lá tem segregação até hoje enquanto aqui tem mais pobreza.

No caso da homofobia, é um aspecto muito muito específico da sociedade que nem deveria ser parte do currículo obrigatório. A sociedade é muito complexa e tem problemas muito mais prioritários. Os alunos levantam mais bandeira LGBT do que bandeiras contra corrupção, egoísmo, violência, miséria e etc.

O próprio lado sério da sociologia já provou que nenhuma cultura tem ideologia de gênero. Todas reconhecem os dois gêneros de forma diferentes. Há casos raros onde há mais gêneros, que seria uma classes com papéis diferentes, mas não chegaram a negar a diferença entre homem e mulher. Podem banir as palavras mulher e mãe, que os substantivos "pecevê" (pessoa com vagina) e "gedéle" (genitor que deu a luz) substituirão essas palavras para representar a mesma semântica.
nuker escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 21:01 pm
O que poderia ser feito é criar uma PEC proibindo todas as formas de racismo e sexismo, de forma a banir o racialismo (o estado não reconhece cor de pele) e criminalizando o machismo e o feminismo e também a ideologia de gênero.
Aliás, decidi chamar essa sua ideia de PEC da Igualdade. Espero que goste... :lol:
A constituição tem algo do tipo "tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais, na medida de sua desigualdade". Quando foi escrito, estavam pensando em caridade, ou seja, pessoas vivendo na miséria e portadores de deficiência. Infelizmente hoje está sendo deturpada para a ideologia de gênero. Até para o feminismo está corrompida, porque a mulher tem desvantagem diante do bandido, mas com a lei feminista, o homem de bem tem desvantagem diante da mulher.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Pedro Reis
Mensagens: 766
Registrado em: Ter, 24 24America/Sao_Paulo Março 24America/Sao_Paulo 2020 - 11:28 am

Mensagem por Pedro Reis »

Gente apavorada com o comunismo em 2021. Gente em 2021 dizendo que lugar de mulher é na cozinha.

O século 21 promete ser um revival do 20. Com a Revolta da Vacina e tudo mais.

A grande diferença é que no século passado a Terra ainda era redonda.

Tenho mais paciência pra isso não. O ser humano é um caso perdido e o mal às vezes perde, mas a burrice sempre vence.

Vô ficar só da minha janela vendo o nível do mar subir e torcendo para a sexta extinção em massa neste planeta ser a definitiva.

Passar bem. Pra mim já deu.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

Tutu me parece ser bem sensato.
Pedro Reis escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 23:15 pm
Gente apavorada com o comunismo em 2021. Gente em 2021 dizendo que lugar de mulher é na cozinha.

O século 21 promete ser um revival do 20. Com a Revolta da Vacina e tudo mais.

A grande diferença é que no século passado a Terra ainda era redonda.

Tenho mais paciência pra isso não. O ser humano é um caso perdido e o mal às vezes perde, mas a burrice sempre vence.

Vô ficar só da minha janela vendo o nível do mar subir e torcendo para a sexta extinção em massa neste planeta ser a definitiva.

Passar bem. Pra mim já deu.
Pois é! Pode crer, também acho. :lol:

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
criso
Mensagens: 568
Registrado em: Qui, 19 19America/Sao_Paulo Março 19America/Sao_Paulo 2020 - 15:57 pm
Localização: Santa Maria (RS)

Mensagem por criso »

Off_topic:
Não vou perder meu tempo discutindo contigo, pela maneira como se dirigiu a mim, não vale a pena bater boca contigo
Conversa com gente como você é na ponta de uma Kalashnikov.
Gigaview escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 19:13 pm
Estamos atentos. Bola prá frente!
E prá isso aqui? Vcs também tão atentos?
não acho a ideia da miscigenação uma coisa tão boa assim
é compreensível o desejo de preservar exemplares originais de cada raça
Afinal, só existe homem e mulher. O resto é desvio ou opção sexual
Qualquer manifestação de rua associada ao marxismo deverá ser reprimida com uso de força policial e letal se necessário, em que os participantes, organizadores e financiadores deverão ter as punições citadas anteriormente
criminalizando o feminismo e também a ideologia de gênero
Prisão de 4 anos em regime fechado sem direito à fiança e exoneração para professores e funcionários públicos que fizerem apologia ao marxismo em escolas e universidades, seja ou não com militância
Criar leis e termos não vai mudar o fato de que gays têm desvio sexual
Prisão de 5 anos em regime fechado sem direito à fiança para quem financiar movimentos marxistas ou progressistas

Vocês são coniventes com isso aí? Acham plausível a proposta?
Se um nazista se senta à mesa com 10 pessoas
e ninguém se levanta,
então existem onze nazistas.
Gabarito escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 11:09 am
Solicito ao colega Criso que tenha calma, respire um pouco e participe sem ofensas, mas com argumentos e teses.
Você sequer leu o tópico inteiro e as propostas do forista? Não creio que toda a moderação achou isso normal.
Vai ver, vocês devem ser até coniventes com esse tipo de comportamento. É a única explicação.
Deplorável que este lugar se tenha tornado um antro de reacionários.
Ex-bolsominions arrependidos, o bolsonarismo não saiu de vocês.
Podem me banir. Recuso-me a fazer parte disso.
Há mais sabedoria entre os caẽs do que aqui.


__________________________________________
Mensagem editada para deixar como Off-topic postagens em desconformidade com o assunto.
Gabarito.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Titoff
Mensagens: 1109
Registrado em: Ter, 17 17America/Sao_Paulo Março 17America/Sao_Paulo 2020 - 11:47 am

Mensagem por Titoff »

Desculpe, posso peeguntar a idade do autor das propostas?

Só pra eu entender uma das 'leis:' se a tentativa de golpe de estado não for "marxista," a pena seria mais branda?

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

fenrir
Mensagens: 467
Registrado em: Qui, 19 19America/Sao_Paulo Março 19America/Sao_Paulo 2020 - 21:59 pm

Mensagem por fenrir »

Titoff escreveu:
Qui, 25 25America/Sao_Paulo Novembro 25America/Sao_Paulo 2021 - 13:14 pm
Desculpe, posso peeguntar a idade do autor das propostas?

Só pra eu entender uma das 'leis:' se a tentativa de golpe de estado não for "marxista," a pena seria mais branda?
Ou mesmo se teria pena, para inicio de conversa...

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Pedro Reis escreveu:
Qua, 24 24America/Sao_Paulo Novembro 24America/Sao_Paulo 2021 - 23:15 pm
Gente apavorada com o comunismo em 2021. Gente em 2021 dizendo que lugar de mulher é na cozinha.

O século 21 promete ser um revival do 20. Com a Revolta da Vacina e tudo mais.

Vô ficar só da minha janela vendo o nível do mar subir e torcendo para a sexta extinção em massa neste planeta ser a definitiva.
O grande problema que vejo aqui são pessoa empurrando quem discorda delas para o extremo do espectro político oposto, usando termos como fascista e até nazista (que não faz sentido nenhum no Brasil, nem cronológico nem geográfico. É tão sem sentido que a CLT que a esquerda ama tem origem fascista.).

Ninguém aqui falou de anti-vacina e de negação de aquecimento global. O fato de alguém ter desprezo por ideias progressistas não significa que a pessoa acredita em delírios de direita, como negar o aquecimento global e as vacinas. Na minha opinião, o que a esquerda quer é alimentar o racismo para sempre poder ter base eleitoral e o fato de alguém odiar o coletivismo de esquerda e o racialismo não torna a pessoa racista, porque as pessoas não são 8 ou 80. Pedro, por exemplo, é totalmente contra o socialismo e contra o estado fazendo merda na economia, mas é bastante de esquerda nos demais aspectos.

Achei estes vídeos que falam da polarização:

youtu.be/lL_uLnnRMoM

youtu.be/bSWMlMKlS0A

Eu fiquei decepcionado com nosso colega que defendeu o socialismo de forma sensata em outro tópico. Prefiro sentar na mesa com um fã do nazismo que nunca tocou numa arma mas está aberto ao diálogo do que com alguém que recebe pessoas com um fuzil, porque esta sim é mais perigosa. Ao ver alguém querendo violar a liberdade de expressão ele simplesmente faz o mesmo desejando violar liberdade de expressão também. O mais desonesto foi pegar frases isoladas fora de contexto para eu parecer racista e editar o trecho em que defendo proibição do feminismo removendo a palavra "machismo" da frase.

O autor do tópico disse na apresentação dele que passou muito tempo numa bolha de extrema-direita e que agora está num fórum de ceticismo, onde as ideias são questionadas com a lógica. Se ele é agredido por extremistas, ele simplesmente voltará para a bolha.

Sobre o pavor do comunismo em 2021, eu estava dialogando com o autor da ideia explicando o que é marxismo e que a quadrilha petista, a quadrilha do centrão, a ideologia de gênero, bolsa-esmola e políticas de impressão de dinheiro não tem nada a ver com marxismo. Comunismo hoje é um espantalho do bolsonarismo. O projeto do PT é simplesmente permanecer no poder para roubar e satisfazer os amiguinhos que o financia, assim como 90% dos políticos desejam fazer.

Então explico o que é Marxismo e que não faz sentido em proibir isso. O fundamento principal do Marxismo é basicamente criticar a sociedade como tendo uma classe dona dos meios de produção (imóveis, máquinas, capital) e uma classe que depende dos meios de produção alheio para ganhar a vida, e a classe proletariado nem tem capital para empreender. É defender que a pessoa trabalhar por conta própria em vez de receber de graça roubando de quem trabalha. O problema questionável é defender revolução invadindo propriedade privada, mas a propriedade é defendida na nossa constituição e que não precisa temer o Marxismo.

E não sou otimista com este século, prevejo piora no politicamente correto nos próximos 50 anos, com legalização de coisas vistas como horrendas hoje e bonitas amanhã, como aborto, pedofilia e bestialismo. Como a moralidade é uma coisa cíclica, vai demorar séculos até nos recuperarmos disso.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2821
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Se proibimos o nazismo porque matou 10 milhões de pessoas, também deveríamos proibir o comunismo, que matou 100 milhões.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Fernando Silva escreveu:
Sex, 26 26America/Sao_Paulo Novembro 26America/Sao_Paulo 2021 - 09:24 am
Se proibimos o nazismo porque matou 10 milhões de pessoas, também deveríamos proibir o comunismo, que matou 100 milhões.
O que matou pessoas foram governos e não ideias.
Os governos comunistas foram genocidas, mas as ditaduras anti-comunistas também: Ditaduras militares na América Latina, ditaduras em Taiwan, Indonésia. E as operações militares dos EUA e operações da CIA em inúmeros países durante a guerra fria.

A própria ideologia nazista prega a eliminação de certas raças e etnias e a invasão a outros países na própria definição.
As ideologias comunistas não falam nada disso.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2821
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Tutu escreveu:
Sex, 26 26America/Sao_Paulo Novembro 26America/Sao_Paulo 2021 - 11:08 am
A própria ideologia nazista prega a eliminação de certas raças e etnias e a invasão a outros países na própria definição.
As ideologias comunistas não falam nada disso.
O comunismo é internacionalista, sem fronteiras. Quer se espalhar pelo mundo todo.
Países comunistas mandaram tropas lutar em várias guerras pelo mundo ou financiaram guerrilheiros e terroristas.

Se não discriminavam etnias, defendiam a morte de quem tinha ideologias opostas (e Marx era racista).

O Khmer Vermelho achava que a população do Camboja era grande demais e chegou a matar 2 milhões antes de ser detido.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

Conversa com gente como você é na ponta de uma Kalashnikov. Vocês são coniventes com isso aí? Acham plausível a proposta? Se um nazista se senta à mesa com 10 pessoas e ninguém se levanta, então existem onze nazistas.
Eu não vou ficar te atacando porque ainda acho que você está muito mal informado em respeito à minha pessoa. Veja que na enquete eu até incluí opções para quem seja a favor de liberar o marxismo. Eu apenas expus a minha opinião e motivo em ter votado na terceira opção. Veja que ao menos sou a favor da existência de comunidades socialistas. Se eu fosse mesmo nazista, nem seria a favor disso só para começar! :lol:

Olha, mesmo quando eu ainda estava beirando a extrema direita ainda assim tinha sérias críticas em relação ao nazismo e fascismo, uma implicância a estes regimes e foi isso o que de fato me impediu em me tornar nazista ou fascista. A questão é que eu me preocupava mais com certas questões, como acreditava que as etnias brancas estavam aos poucos desaparecendo e queria a preservação delas pelo mundo assim como as tradições associadas a elas, era isso o que eu queria na época, e não ficar defendendo regimes autoritários e assassinos! Eu estava mais para um white-power bem brando do que para um nazista-fascista radical. E isso não é diferente de um negro que hoje defende o movimento negro e é contra se misturar com brancos porque acha que todo branco é um nazista em potencial, e assim vai. É que nem chamar Bolsonaro de nazista. Conheci uma médica durante um estágio que fiz e ela me disse que conheceu ele pessoalmente e que ele não era nada daquilo que a mídia ficava inventando. Um nazista que apoia Israel? Caia na real!

Outra coisa... As pessoas ficam falando que Bolsonaro é nazista por isso ou aquilo que falou em vários programas de humor, mas ninguém fala que o Lula já chegou a admirar o Hitler no passado, numa entrevista da Playboy. Ele disse que mesmo o Hitler estando errado, que ele tinha algo que admirava num homem, o fogo de se propor a fazer alguma coisa e tentar fazer. Assim como pode-se notar em algumas fotos tiradas dele em seus discursos, em que ele faz poses muito similares ao que o Hitler fazia, fora os gritos que não era muito diferente do que o outro também fazia... Então essa crítica e ataques seletivos contra o Bolsonaro e a tentativa em acobertar características similares no Lula de propósito é algo que na minha sincera opinião além de ser uma tendenciosidade pode ser considerado um crime de difamação. Afinal de contas, a esquerda progressista é bastante seletiva.

Quando se trata de defender mulheres, a esquerda só defende a mulher que está alinhada com o que a esquerda defende. Quando a mulher é da oposição, essa é deixada de lado e atacada ou até ameaçada!

Para ser sincero gostaria que as mulheres nativas dos países europeus deixassem a mesquinharia feminista de lado e começassem a botar filhos em massa, antes que tais países se tornem repúblicas islâmicas com o tempo. Já viajei para Paris em 2010 e era bem diferente do que é hoje essa favela a céu aberto cheia de muçulmano fedido, vagabundo e violento pelas ruas. Essas políticas migratórias associadas ao politicamente correto só estão causando mais problemas do que trazendo alguma solução, em qualquer parte do mundo. E acho que já está na hora disso começar a ser banido. Mesmo que tenham que costurar a boca de um progressista radical francês, sueco ou alemão se for necessário. Foi muito bom a Polônia e Hungria terem barrado a onda islâmica enquanto ainda havia tempo e são países que têm bem menos casos de violência que aqueles que ainda adotam tais políticas. Macron e Merkel tinham que ser punidos por terem permitido essa catástrofe em seus países.

Se fosse francês, certamente estaria ao lado de Le Pen. O multiculturalismo na França falhou!

Portanto, na prática, nunca fui nazista e me chamar desta forma é um grande insulto à minha pessoa e formação moral. Que isso fique bem claro aqui! Fora ainda que sempre fui contra grupos violentos como aqueles dos skinheads e KKK e pra mim eles são tão ruins quanto os antifas. Eu mesmo já cheguei há um bom tempo atrás a ficar acessando alguns sites de extrema-direita porque na época tinha mais interesse em assuntos de conspiração mesmo (como o Plano Kalergi). Mas deixa eu dizer que mesmo acessando tais sites e comunidades, eu mais discordava do que concordava com o que aquelas pessoas pregavam e no meu caso só tinha mais alinhamento com as questões raciais e de preservação dos povos e culturas oriundas da Europa, mas em nada me identificava com coisas como paramilitarismo ou mesmo certas idealizações absurdas como matar bebês deficientes porque não dariam bons trabalhadores ou soldados, coisas assim (o que também não é muito diferente do que certas feministas aborteiras radicais idealizam hoje).

De fato eu me achava bem mais sensato do que a maioria destas comunidades aí! Porque eu já era contra a violência. No fundo queria a volta da monarquia e não o estabelecimento de um totalitarismo!

O que eu realmente queria nem era tomada de poder nazista ou qualquer coisa desta natureza, mas uma intervenção militar para criminalizar o comunismo, fechar todos os partidos de esquerda especialmente o PT e para então depois ser restaurada a monarquia, o que é bem diferente de querer um regime fascista ou nazista, como foi o de Getúlio Vargas. Muitos imbecis da esquerda brasileira defendem Getúlio Vargas, aquele mesmo que foi um ditador nos anos 30 e que já chegou a ter simpatia com os nazistas antes de se juntar aos aliados na Segunda Guerra Mundial. O próprio Dutra também tinha simpatia com Hitler mas se viu forçado a apoiar os aliados. Já Luís Carlos Prestes e Olga Benário pra mim eram maus elementos porque estavam a serviço de Moscou, e eu não sinto pena de revolucionários infiltrados por uma das maiores ameaças que existiu naquela época.

E também não tenho pena de nazistas malucos que planejam golpes de estado, como foi o caso de um paulista chamado Ricardo Barollo que idealizava a criação de um estado neonazista chamado Neuland.

E outra, ter certo receio em relação à miscigenação não torna uma pessoa nazista até porque isso é uma questão pessoal minha desde a adolescência. O principal motivo disso, que me levou por esse caminho é que sempre quis em toda a minha vida me casar com uma mulher branca, similar a mim, e desde a adolescência mesmo sem nunca ter tido influência nazista eu mesmo já estranhava casais interrraciais. Então isso não se trata de ser nazista ou em ter sido influenciado por um, mas é uma questão puramente pessoal, uma excentricidade minha mesmo. A verdade é que apesar de ter nascido no Brasil, nunca tive espírito brasileiro, nunca me senti assim e de fato tem muita coisa em nossa cultura que eu estranho ou não concordo. E mesmo naquela época eu ainda mal sabia o que era nazismo e pra mim na época se resumia apenas a aqueles inimigos de jogos como Wolfenstein em que você saía matando eles sem problema algum por diversão.

E de fato eu gosto bastante desta série Wolfenstein por você ser um soldado americano infiltrado que lutava contra nazistas. Vai me chamar de nazista agora!

Se querer preservação de etnia é nazismo, então os comunas que defendem tanto preservação de negros (sim, porque o movimento negro é também contra miscigenação e já vi provas disso), então não é muito diferente em caráter do nazista. E afirmar que só existe homem e mulher nada tem a ver com ser nazista também. Se é assim então Enéas Carneiro era nazista, apesar dele já ter dito que racismo era uma coisa que o irritava... então esse tipo de afirmação superficial não faz sentido algum. O próprio Tutu também reclamou que o agressor pegou frases fora de contexto para se justificar. Sair chamando pessoas de nazistas só por causa de uma ou outra opinião conservadora além de idiotice é uma total falta de bom senso e caráter, coisa de extremista mesmo. Se é assim então a maioria da população brasileira, que é contra comunismo e acha que só existe homem e mulher, então é todo mundo nazista? Então quer dizer que tenho parentes nazistas? Olha a falta de inteligência nesses ataques aí!
Desculpe, posso peeguntar a idade do autor das propostas?
Tenho 34 anos.
Só pra eu entender uma das 'leis:' se a tentativa de golpe de estado não for "marxista," a pena seria mais branda?
Não sei, mas só não quero ter que ser obrigado a morar junto com estranhos e ficar esperando em longas filas para conseguir alimento, por exemplo...
Se proibimos o nazismo porque matou 10 milhões de pessoas, também deveríamos proibir o comunismo, que matou 100 milhões.
A minha lógica é que se o nazismo foi tão ruim que chegou ao ponto de ser banido por lei, o comunismo também deveria pelo mesmo motivo. Na minha lógica, ideologias extremas deveriam serem simplesmente proibidas, tanto de extrema-direita quanto de extrema-esquerda. Porque estas ideologias, ainda mais se tiver partido político que as defendam, isso só traz ódio e divisão social.
Países comunistas mandaram tropas lutar em várias guerras pelo mundo ou financiaram guerrilheiros e terroristas.
Na minha opinião o Brasil tinha que cortar relações internacionais e de comércio com qualquer país assim, incluindo a China. E que os extremistas daqueles países morram de fome. O mundo não precisa deles.
Se não discriminavam etnias, defendiam a morte de quem tinha ideologias opostas (e Marx era racista).
Então Marx era um Hitler análogo inverso! :lol:
A própria ideologia nazista prega a eliminação de certas raças e etnias e a invasão a outros países na própria definição.
No meu caso sou contra a ideia de exterminar raças e etnias e sou contra invasões territoriais. Pelo contrário, o que eu disse é que sou a favor de preservar raças e etnias, inclusive de outros povos que não sejam os brancos... e não sair matando quem não é branco! Então, já não poderia ser nazista só por isso. Nem mesmo o Bolsonaro. :lol:
Eu fiquei decepcionado com nosso colega que defendeu o socialismo de forma sensata em outro tópico.
Se for com relação a mim, eu só defendo o socialismo se for para este ser aplicado em comunidades privadas ao estilo dos kibutz, mas sou avesso ao socialismo como forma de governo a um país!
O autor do tópico disse na apresentação dele que passou muito tempo numa bolha de extrema-direita e que agora está num fórum de ceticismo, onde as ideias são questionadas com a lógica. Se ele é agredido por extremistas, ele simplesmente voltará para a bolha.
Não se preocupe porque não tem como isso acontecer hoje, porque hoje as minhas ideias "superdemocráticas" e mais neutras estão mais firmes e elaboradas do há até uns anos atrás.

Hoje entendo que não vale a pena você partir para um caminho extremo porque isso além de só fazer mal ao seu corpo e mente, faz você acabar fazendo certas merdas... Uns anos atrás eu participei de uma comunidade voltada para teorias de conspiração e também já fui chamado de nazista e coisa do tipo sem fundamento por parte de uns comunistas radicais, mas na época me irritei e acabei de fato abraçando mais a extrema-direita. Há mais tempo ainda há fui de certa forma socialista e progressista mas acabei me decepcionando por causa do governo petista e foi o que me fez começar a me tornar de direita na época, antes de abraçar a extrema-direita. O que começou mesmo a minha implicância com a esquerda brasileira foram as denúncias de hackeamento das urnas eletrônicas em que várias estariam programadas para votar na Dilma, fora denúncias contra Mensalão e Petrolão.
O projeto do PT é simplesmente permanecer no poder para roubar e satisfazer os amiguinhos que o financia, assim como 90% dos políticos desejam fazer.
Uma das principais razões em eu querer o banimento desse partido e outros afins. E uma das causas que me fez querer uma intervenção militar na época. Hoje não sou mais intervencionista, visto que hoje entendo que intervenção militar até poderia trazer ótimas soluções ao curto prazo, mas não ao longo prazo (que foi uma das causas da hiperinflação entre os anos 80 e 90).
E não sou otimista com este século, prevejo piora no politicamente correto nos próximos 50 anos, com legalização de coisas vistas como horrendas hoje e bonitas amanhã, como aborto, pedofilia e bestialismo. Como a moralidade é uma coisa cíclica, vai demorar séculos até nos recuperarmos disso.
Em grande parte as Big Techs e redes sociais estão sendo responsáveis por esse politicamente correto inconstitucional. Ouvi dizer que cada vez mais pessoas estão migrando para redes sociais onde elas possam expressar com liberdade suas convicções, ao invés do que o Youtube está fazendo. Acredito que a tendência é o Youtube e Facebook ficarem cada vez menos populares por conta de suas políticas.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1955
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Escolhi o que acho mas sensato:

4) Liberar apologia ao marxismo em público, mas proibir em escolas e universidades, ou seja, as militâncias que apelem ao marxismo.

Fernando Silva escreveu:
Sex, 26 26America/Sao_Paulo Novembro 26America/Sao_Paulo 2021 - 09:24 am
Se proibimos o nazismo porque matou 10 milhões de pessoas, também deveríamos proibir o comunismo, que matou 100 milhões.
E o Cristianismo, Islã, etc, que mataram vários com perseguições e guerras religiosas?
E os que matarem em nome de times de futebol, torcidas organizadas, etc?

Só não teria o lógica o pessoal da "liberdade de expressão irrestrita" pregar o que não pratica.
Editado pela última vez por Agnoscetico em Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 02:23 am, em um total de 1 vez.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

nuker
Mensagens: 92
Registrado em: Sáb, 23 23America/Sao_Paulo Outubro 23America/Sao_Paulo 2021 - 17:19 pm

Mensagem por nuker »

Escolhi o que acho mas sensato:
4) Liberar apologia ao marxismo em público, mas proibir em escolas e universidades, ou seja, as militâncias que apelem ao marxismo.
Ok. ;)

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

nuker escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 00:56 am
Escolhi o que acho mas sensato:
4) Liberar apologia ao marxismo em público, mas proibir em escolas e universidades, ou seja, as militâncias que apelem ao marxismo.
Ok. ;)
Sensato? Sensato é pensar em não proibir coisa alguma.

O que você faria com os livros sobre marxismo nas escolas e universidade? Queimaria numa fogueira como em "Fahrenheit 451"? Qual critério usaria para separar os livros?

E o que você faria com o direito à liberdade de pensamento, a mesma que lhe garante o direito de escrever essas bobagens? Criaria um tribunal para decidir o que é legítimo pensar ou fazer?

Essas elocubrações simplistas sobre soluções para os males que lhe incomodam já estiveram no cardápio dos extremos da ideologia política, foram executadas e devem ser sempre lembradas e discutidas como exemplos nefastos para a história humana. Que melhor lugar haveria para isso senão as escolas e universidades?

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1955
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Gigaview escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 10:07 am
Sensato? Sensato é pensar em não proibir coisa alguma.

Escola e universidades no máximo expôr certa obra pra visão crítica do aluno e não deve ser ambiente pra apologia/doutrinação sobre ideologias, etc.
Aceitaria ter ensino com apologia a religião? E apologia ao nazismo? Eu não oa querer ser obrigado a isso.
Então, mantenho o que disse no contexto que expliquei antes.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

O organoléptico
Mensagens: 47
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Escola não é lugar pra doutrinação. O que de pior pode acontecer a um estudante é perder o foco em sua formação por causa de ideologias. Tragédia maior não há.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Escola não é lugar de doutrinação ao mesmo tempo em que não é lugar de alienação. As disciplinas são passadas e o aluno é quem deve despertar seus conhecimentos com o estímulo do professor. Nesse ponto é que a situação é interessante, pois o professor tem o papel de autoridade para transmitir sua influência. No entanto, diferente da tábula rasa de John Locke na teoria da percepção, os alunos possuem sua experiência de vida, crenças e personalidade diferente. Então deve ser passado o conteúdo crítico e conteúdo geral para o aluno ser a sua melhor versão no ensino. Mas essa realidade é muito distante da escola pública brasileira, pois muitos não sabem o motivo de estarem lá.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Quando terminei o ensino médio, o facebook ainda não tinha chegado no Brasil.
Não sei como o ensino médio mudou nos últimos 10 anos, mas vejo que a juventude anda muito progressista hoje. Não sei se é culpa da escola ou das redes sociais.
Muitos temas do ENEM de 2009 a 2018 eram sobre merdas coisas progressistas.
Não sei como a doutrinação é feita nas escolas se ela existe.

O que deveria ser proibido é militância progressista dentro de escolas e universidades. Parece ser organização dos próprios alunos, sem ligação com a diretoria e professores.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Esse avanço vem da digitalização, mas é através do ensino que a informação se qualifica. Pode existir muita informação mas uma utilização errônea por parte da cognição. Tanto que todo o conteúdo que existe nas escolas pode ser acessado em um instante em qualquer dispositivo.
Vejo que você dizendo 'progressismo' de maneira pejorativa ou negativa. Qual é o problema do progressismo? Não se trata de progredir o país?
Ou é um ataque a formas erradas conceituando o progresso que você está questionando?

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Tutu escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 14:32 pm
O que deveria ser proibido é militância progressista dentro de escolas e universidades. Parece ser organização dos próprios alunos, sem ligação com a diretoria e professores.
É exatamente o contrário! Deve existir sempre liberdade para qualquer pessoa ou grupo se manifestar desde que caiba na norma ou na equidade. Quem é contra uma iniciativa, pode fazer a sua própria e se manifestar. O contrário é alienação.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Tutu escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 14:32 pm
Não sei como a doutrinação é feita nas escolas se ela existe.
Não se esqueça que cada pessoa possui sua identidade própria na percepção, julgamento e personalidade. O conceito de massa falha nesse sentido.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Tutu
Mensagens: 498
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

f0rest escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 15:20 pm
Vejo que você dizendo 'progressismo' de maneira pejorativa ou negativa. Qual é o problema do progressismo? Não se trata de progredir o país?
Ou é um ataque a formas erradas conceituando o progresso que você está questionando?
"Progressismo" é como denominam a agenda esquerdista, que defende feminisme, cotas, identitarismo e ideologie de gênere.
Não tem nada de progresso nisso. Cada um desses temas já estão sendo discutidos aqui em tópicos separados.
É exatamente o contrário! Deve existir sempre liberdade para qualquer pessoa ou grupo se manifestar desde que caiba na norma ou na equidade.
A coisa fica pior quando lembro de estudantes protestando contra o impeachment de Bandilma e falando que Temer é fascista. Em 2016 teve greve de alunos em universidades. Isso daí já é puramente alinhamento partidário e nada de ideias e propostas.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

O organoléptico
Mensagens: 47
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

O adolescente em termos de discernimento é como um neném que ainda precisa de fraldas. Não pode deixar a mercê de doutrinadores.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

Agnoscetico escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 13:47 pm
Gigaview escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 10:07 am
Sensato? Sensato é pensar em não proibir coisa alguma.

Escola e universidades no máximo expôr certa obra pra visão crítica do aluno e não deve ser ambiente pra apologia/doutrinação sobre ideologias, etc.
Aceitaria ter ensino com apologia a religião? E apologia ao nazismo? Eu não oa querer ser obrigado a isso.
Então, mantenho o que disse no contexto que expliquei antes.
Acho que nas universidades e faculdades estaduais e federais, nas salas de aula, deveria se combater a apologia com estímulo ao debate, sem proibição de espécie alguma, mas tudo no contexto do conteúdo programático de cada disciplina. Cabe à administração da universidade e do corpo acadêmico zelar pelo cumprimento dos programas de ensino e disciplinar eventuais desvios de conduta dos professores e alunos. Note que disciplinar não significa proibir apesar da proibição ser um caso extremo de medida de controle. O que acontece nos campi, isto é, fora da sala de aula, é problema da prefeitura dos campi que devem se entender com diretórios acadêmicos e demais entidades universitárias para administrar com equilíbrio e bom senso as atividades extra-curriculares.

As escolas públicas deveriam se submeter integralmente às políticas de educação e aos programas de ensino definidos pelos governos estaduais e federal. Da mesma forma, com a administração e controle do que é ensinado segundo o conteúdo de cada disciplina, sem espaço para conteúdos extras, apologias ou doutrinações, com acompanhamento e controle constante da direção da escola e da assembléia de pais e responsáveis.

Nas escolas e universidades particulares alunos e pais concordam com as diretrizes da instituição no ato da matrícula. Pessoas que decidem estudar ou colocar em seus filhos em escolas mantidas por sindicatos, militares, ordens religiosas e grupos estrangeiros aceitam cada qual com sua orientação de ensino.
Editado pela última vez por Gigaview em Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 20:31 pm, em um total de 1 vez.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Gigaview escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 19:47 pm
As escolas públicas deveriam se submeter integralmente às políticas de educação e aos programas de ensino definidos pelos governos estaduais e federal. Da mesma forma, com a administração e controle do que é ensinado segundo o conteúdo de cada disciplina, sem espaço para conteúdos extras, apologias ou doutrinações, com acompanhamento e controle constante da direção da escola e da assembléia de pais e responsáveis.
"Se submeter integralmente aos programas educacionais do governo"? Na teoria os professores podem até levar de enfeite apostilas do governo, mas a maioria dos professores se recusam a seguir estritamente por ser muito superficial, e produzem conteúdos com maior qualidade e diversidade. Estudar o "domingo sangrento" da Rússia com "U2 - Sunday Bloody Sunday", por exemplo, eu tive esse prazer :lol:. Gratidão demais. Esses professores que vão além das propostas do governo são heróis. Obviamente são situações regulares, diferente de influências ideológicas.

Já nas universidades, aonde praticamente tudo acontece, literalmente, é preciso ter uma dialética melhor com os movimentos estudantis. As greves precisam ser mais sensatas, ao mesmo tempo em que os estudantes sentem a necessidade de demonstrar seus questionamentos o tempo todo. Mas se for assim é uma greve por dia, e não existe aula.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

Medidas extremas de combate ao marxismo são indiferenciáveis das atitudes de natureza nazista.

e vice versa....
Editado pela última vez por Gigaview em Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 20:30 pm, em um total de 1 vez.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

O organoléptico escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 17:06 pm
O adolescente em termos de discernimento é como um neném que ainda precisa de fraldas. Não pode deixar a mercê de doutrinadores.
Os professores são impedidos de doutrinações, mas livres para passar os conteúdos que cabem em suas disciplinas. A escola é ambiente de esclarecimento e pensamento crítico, e não alienação e conformismo. Uma educação passiva dos professores é um ensino artificial ou então um ensino de alienação proposital.
Editado pela última vez por f0rest em Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 20:18 pm, em um total de 1 vez.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

f0rest escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 20:01 pm
Gigaview escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 19:47 pm
As escolas públicas deveriam se submeter integralmente às políticas de educação e aos programas de ensino definidos pelos governos estaduais e federal. Da mesma forma, com a administração e controle do que é ensinado segundo o conteúdo de cada disciplina, sem espaço para conteúdos extras, apologias ou doutrinações, com acompanhamento e controle constante da direção da escola e da assembléia de pais e responsáveis.
"Se submeter integralmente aos programas educacionais do governo"? Na teoria os professores podem até levar de enfeite apostilas do governo, mas a maioria dos professores se recusam a seguir estritamente por ser muito superficial, e produzem conteúdos com maior qualidade e diversidade. Estudar o "domingo sangrento" da Rússia com "U2 - Sunday Bloody Sunday", por exemplo, eu tive esse prazer :lol:. Gratidão demais. Esses professores que vão além das propostas do governo são heróis. Obviamente são situações regulares, diferente de influências ideológicas.

Já nas universidades, aonde praticamente tudo acontece, literalmente, é preciso ter uma dialética melhor com os movimentos estudantis. As greves precisam ser mais sensatas, ao mesmo tempo em que os estudantes sentem a necessidade de demonstrar seus questionamentos o tempo todo. Mas se for assim é uma greve por dia, e não existe aula.
Ok...então o problema são as propostas do governo e a formação dos professores. Com boas propostas e professores bem preparados não faz sentido proibir coisa alguma porque já foi tudo discutido e combinado como orientação de política educacional.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Exatamente, "É proibido proibir" como diz aquele cantor arrogante.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

O medo do marxismo nas escolas é um efeito colateral gritante da incompetência do governo na educação.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Sinceramente Gigaview, a maioria não sabe nada sobre o marxismo, seja em questão de filosofia, filosofia política e economia. O marxismo que atacam é um espantalho com os lados disfuncionais de uma ideologia ou sistema, como se existisse a perfeição em um sistema de pensamento. Um livro bom para adentrar é Uma Contribuição para a Crítica da Economia Política e alguns capítulos da obra O capital .

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
Gigaview
Moderador
Mensagens: 2669
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 13:48 pm

Mensagem por Gigaview »

f0rest escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 20:38 pm
Sinceramente Gigaview, a maioria não sabe nada sobre o marxismo, seja em questão de filosofia, filosofia política e economia. O marxismo que atacam é um espantalho com os lados disfuncionais de uma ideologia ou sistema, como se existisse a perfeição em um sistema de pensamento. Um livro bom para adentrar é Uma Contribuição para a Crítica da Economia Política e alguns capítulos da obra O capital .
Perfeito,concordo plenamente.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

O organoléptico
Mensagens: 47
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

f0rest escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 20:08 pm
O organoléptico escreveu:
Dom, 28 28America/Sao_Paulo Novembro 28America/Sao_Paulo 2021 - 17:06 pm
O adolescente em termos de discernimento é como um neném que ainda precisa de fraldas. Não pode deixar a mercê de doutrinadores.
Os professores são impedidos de doutrinações, mas livres para passar os conteúdos que cabem em suas disciplinas. A escola é ambiente de esclarecimento e pensamento crítico, e não alienação e conformismo. Uma educação passiva dos professores é um ensino artificial ou então um ensino de alienação proposital.
Doutrinou.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

O organoléptico
Mensagens: 47
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Professor tem que professar, não doutrinar.

Re: Criminalização do marxismo no Brasil

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 91
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

***Professor tem que ensinar, não doutrinar.
Responder