Racismo

Área destinada a discussões sobre História, Sociedade, Comportamento e Filosofia

Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Achei que tinha um tópico sobre racismo. Não sei se foi apagado. Lembro do tópico sobre Blacks live matter (acho que ta incluído no tópico sobre antifas)

Então, agora com esse caso do Carrefour, que gerou desculpa pra saqueradores.

Missa de Dia da Consciência Negra é cancelada após ameaças no RJ | SBT Brasil (20/11/20)



youtu.be/DZSRmDb6ulE

A tradicional missa em homenagem ao Dia da Consciência Negra, que aconteceria nesta sexta-feira (20) na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no Rio de Janeiro, foi cancelada. Religiosos conservadores ameaçaram tumultuar a celebração. A Arquidiocese do Rio de Janeiro cancelou a missa e afirmou, em nota, que respeita as religiões de matriz africana, mas que suas práticas devem ser mantidas dentro dos próprios cultos.

youtu.be/ajTw7U5Lljk

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

O problema dos protestos é dizer "Carrefur racista" em vez de "Carrefur assassino". Passa a impressão de que o protesto é ideológico em vez de ser por justiça. Se o falecido fosse branco, teria protesto?

Não considero o caso do Carrefur como racismo. Todos os dias milhares de negros compram lá normalmente. O que aconteceu foi um desentendimento reprimido com excesso de violência pelos seguranças.

E não é a primeira vez que o Carrefur ou um grande supermercado (como GPA) comete um homicídio. Todo ano algum comete uma barbaridade do tipo.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Titoff
Mensagens: 901
Registrado em: Ter, 17 17America/Sao_Paulo Março 17America/Sao_Paulo 2020 - 11:47 am

Mensagem por Titoff »

Tutu escreveu:
Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Novembro 21America/Sao_Paulo 2020 - 18:35 pm
O problema dos protestos é dizer "Carrefur racista" em vez de "Carrefur assassino". Passa a impressão de que o protesto é ideológico em vez de ser por justiça. Se o falecido fosse branco, teria protesto?

Não considero o caso do Carrefur como racismo. Todos os dias milhares de negros compram lá normalmente. O que aconteceu foi um desentendimento reprimido com excesso de violência pelos seguranças.

E não é a primeira vez que o Carrefur ou um grande supermercado (como GPA) comete um homicídio. Todo ano algum comete uma barbaridade do tipo.
Acho que o racismo aí, se for realmente o caso, não é como se os seguranças tivessem pensado "olha, um preto! Vamos mata-lo!"

Parece-me que a ideia é mais de que se fosse alguém de pele mais clara e/ou de aparência de classe socio-econômica mais alta, eles não teriam feito a mesma coisa.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2142
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Agnoscetico escreveu:
Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Novembro 21America/Sao_Paulo 2020 - 12:01 pm
A tradicional missa em homenagem ao Dia da Consciência Negra, que aconteceria nesta sexta-feira (20) na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no Rio de Janeiro, foi cancelada. Religiosos conservadores ameaçaram tumultuar a celebração. A Arquidiocese do Rio de Janeiro cancelou a missa e afirmou, em nota, que respeita as religiões de matriz africana, mas que suas práticas devem ser mantidas dentro dos próprios cultos.
A arquidiocese tem razão. A missa segue um rito que não pode ser mudado conforme a moda, ocasião ou os caprichos de cada padre.
Mas tome de "missa do boiadeiro", "missa disso", "missa daquilo".
O que pode ser feito é celebrar a missa "em intenção" disso ou daquilo, mas sem mudar a liturgia.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 878
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

O homem que foi morto tinha várias passagens pela polícia e era conhecido na região por causar tumultos. Na ocasião do desentendimento, ele deu um soco no segurança.

Isto justifica o segurança espancá-lo até a morte? De maneira nenhuma. Um profissional treinado deveria ter agido para imobilizá-lo. Isto mostra que os seguranças eram despreparados e inaptos a agirem profissionalmente. Mas não consigo de maneira nenhuma incluir o racismo como fator motivador nesta história.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 878
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

De toda forma, penso que o Carrefour deve ser severamente punido de forma a evitar casos como este. Já sabemos que do ano passado pra cá, ocorreram uma série de atrocidades na rede.

Imagino que seja necessário toda uma mudança na política de governança, seleção e treinamento de funcionários na empresa. Até acho o boicote uma forma válida de protesto para atingir este determinado fim. No entanto, as depreciações são injustificáveis. O caso não pode ser usado para promoção de ideologias extremistas e movimentos radicais.

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Titoff escreveu:
Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Novembro 21America/Sao_Paulo 2020 - 19:48 pm
Parece-me que a ideia é mais de que se fosse alguém de pele mais clara e/ou de aparência de classe socio-econômica mais alta, eles não teriam feito a mesma coisa.
Isso é verdade.
Como as classes baixas são de maioria negros, eles acabam sendo vítimas da desigualdade. É consequência do racismo estrutural.
Cinzu escreveu:
Dom, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2020 - 11:29 am
O homem que foi morto tinha várias passagens pela polícia e era conhecido na região por causar tumultos. Na ocasião do desentendimento, ele deu um soco no segurança.
https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano ... tico.shtml
A segunda esposa de Beto, Marilene Santos Manuel, 40, com quem teve três filhos, rendeu-lhe o relacionamento mais duradouro. Foram quase 20 anos juntos. No fim, no entanto, as brigas do casal eram constantes e culminaram em violência doméstica.

Beto foi preso duas vezes, enquadrado na Lei Maria da Penha, por agredir a companheira. Passou seis meses preso e, quando saiu, não podia mais se aproximar dela devido a uma medida restritiva. “Foi quando ele foi morar com a Milena”, explica Batista.
Isso mostra que ele era uma pessoa que perdia a paciência com facilidade.
Cinzu escreveu:
Dom, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2020 - 11:29 am
Isto justifica o segurança espancá-lo até a morte? De maneira nenhuma. Um profissional treinado deveria ter agido para imobilizá-lo. Isto mostra que os seguranças eram despreparados e inaptos a agirem profissionalmente.
Não sei o levou a matarem por asfixia, mas isso deixa claro que é falta de profissionalismo da equipe.

Eu ia entrar na discussão filosófica da campanha "One punch can kill", por ser muito azar sem intenção de matar, mas o caso de asfixia não se encaixa aqui.
Cinzu escreveu:
Dom, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2020 - 11:33 am
No entanto, as depreciações são injustificáveis.
Se o poder público não pune, só resta a população para fazer isso.
Essas depreciações dão prejuízo à empresa e por isso eles terão mais estímulo para tomar mais cuidado.
Editado pela última vez por Tutu em Dom, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2020 - 13:04 pm, em um total de 1 vez.

Re: Racismo

Avatar do usuário
André Luiz
Mensagens: 73
Registrado em: Ter, 23 23America/Sao_Paulo Junho 23America/Sao_Paulo 2020 - 13:22 pm

Mensagem por André Luiz »

Pra galera sommelier de vidraça a Bastilha ainda estaria em pé

Re: Racismo

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 878
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

Existem vias legais e pacíficas de se protestar e buscar corrigir as falhas do estado.

Se para todo crime, a resposta for baderna e vandalismo, caímos no anarquismo.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Karnal fez um vídeo sobre racismo mas tem alguns sensos comun, apelo a emoção / opinião, evidência anedótica, lugar de fala, etc. Karnal como filósofo tem o apelo da lábia, eloquência, e muitas vezes quem ouve deixa passar batido algumas falácias que ele diz.
O Holiday teria lugar de fala como negro, e ele é contra cotas. Já o Karnal não é, e, apesar de dizer que não tava no seu lugar de fala, falou sobre a questão do racismo mesmo postando depoimentos avulsos como se isso já provasse racismo estrutural como se houvesse uma conspiração contra negros (obs: ele focou no racismo contra negros) pela sociedade.



youtu.be/p7p4b51u0Y0

O Genocídio do RELACIONAMENTO INTERRACIAL ( ABDIAS O LÍDER PALMITEIRO ) | Lívia Zaruty*


youtu.be/OBMsVfUf8Fo

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Re: Racismo

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 878
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

O Porta dos Fundos foi tão estúpido que na tentativa de denegrir a imagem da vereadora do Novo, que até então só era conhecida na cidade de Curitiba, acabou fazendo com que a mesma ganhasse popularidade em todo o Brasil.

Quiçá impulsionaram uma possível candidatura a deputado ou outro cargo político maior (se for objetivo dela). E depois a militância de esquerda não entende como a direita tem crescido tanto ultimamente.

Para piorar, fizeram um mea culpa bem razoável, basicamente se isentando do ocorrido, dizendo que não passou de um mal entendido, e sequer pediram desculpas.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Cinzu escreveu:
Qua, 25 25America/Sao_Paulo Novembro 25America/Sao_Paulo 2020 - 09:08 am
O Porta dos Fundos foi tão estúpido que na tentativa de denegrir a imagem da vereadora do Novo, que até então só era conhecida na cidade de Curitiba, acabou fazendo com que a mesma ganhasse popularidade em todo o Brasil.

Quiçá impulsionaram uma possível candidatura a deputado ou outro cargo político maior (se for objetivo dela). E depois a militância de esquerda não entende como a direita tem crescido tanto ultimamente.

Para piorar, fizeram um mea culpa bem razoável, basicamente se isentando do ocorrido, dizendo que não passou de um mal entendido, e sequer pediram desculpas.
O vídeo que postei tinha vários assuntos, tinha uma parte que ele fala sobre racismo e Carrefour. Eu acabei não pondo a parte certa do vídeo, já que sobre a questão do Porta dos fundos não era sobre racismo mas de machismo ou coisa assim.

(...)


youtu.be/frWO_A-Nse0

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Parece que um certo partido plutocrata é racista e está pior do que o PSL em teorias absurdas. Isso mostra que está muito longe dos verdadeiros problemas das classes mais pobres.

Um simpatizante do partido "novo" criticando o próprio partido:

youtu.be/DOdmfJftCZs


Esse partido justifica que o livre mercado resolve tudo e que o estado é a raiz de todo mal. O que eles esquecem é que preconceitos e informações erradas espalhadas pela população impedem a eficiência do mercado. O racismo estrutural funciona como uma "lei invisível" e, assim como uma intervenção do estado, atrapalha a economia, porque julga as pessoas por critérios errados.

É verdade que as esquerdas não têm solução para o problema, pois cotas e identitarismo só criam conflitos, mas não reconhecer a existência do problema após a conclusão de pesquisas acaba sendo uma postura racista.

Re: Racismo

Pedro Reis
Mensagens: 651
Registrado em: Ter, 24 24America/Sao_Paulo Março 24America/Sao_Paulo 2020 - 11:28 am

Mensagem por Pedro Reis »

Livre mercado como solução pra tudo tá mais pra ancap.

O partido Novo defende o liberalismo econômico mas acho que não a esse ponto. Quanto a ser plutocrata e racista, essa pode ser uma avaliação um pouco injusta.

Acho que ainda é cedo pra gente saber o que é o Novo de fato, mas a posição do partido nessa questão também pode ser interpretada com uma avaliação positiva.

O que eles alegam é que um sistema de cotas na política é uma distorção porque um partido como o deles deve filiar pessoas que se alinhem com o estatuto e as ideias do partido, e não para preencher exigências de lei para cotas em função de raça ou sexo.

Mas, por outro lado, seria muito fácil votar demagogicamente a favor e evitar críticas como estas. E a gente também pode interpretar como um ponto positivo o partido , indo na contramão do que é mais habitual, decidir pagar o preço político de adotar uma posição antipática mas coerente com os princípios que acreditam.

Já é uma coisa diferente, uma coisa nova a justificar pelo menos o nome do partido.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 878
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

Tutu escreveu:É verdade que as esquerdas não têm solução para o problema, pois cotas e identitarismo só criam conflitos, mas não reconhecer a existência do problema após a conclusão de pesquisas acaba sendo uma postura racista.
O partido reconheceu o problema do racismo. Apenas não apoiou o projeto de Lei por entender não ser uma boa alternativa de combate ao racismo, além do fato do projeto estar dúbio e poder trazer outras implicações.

Segue abaixo o posicionamento de um dos deputados do Novo:
Tiago Mitraud escreveu:“Por sermos bastante contrários a alguns dos artigos nos vemos obrigados a votar contra o texto da convenção, o que realmente não significa que somos favoráveis ao racismo. Somos contrários à proposta da convenção. Exemplifico aqui um ponto. O artigo 9º do tratado faz uma referência a obrigar os estados a garantir a diversidade nos sistemas político e jurídico proporcional ao equivalente à sua diversidade populacional. Isso poderia levar nosso Judiciário a uma interpretação de criação de cotas na representação popular nos parlamentos brasileiros. E o Novo é contra essa medida. Somos contrários, por exemplo, à cota de candidaturas de mulheres. Nem por isso, o Novo deixa a desejar nesse quesito. Somos o partido que mais elegeu mulheres proporcionalmente nas eleições de 2020. Mas não acreditamos que as formas de resolver a falta de representatividade de determinadas grupos da população é criando cotas. O texto da convenção tinha alguns elementos que, de acordo com os princípios que nos elegeram, somos contrários. E por conta disso nos viemos obrigados a votar contra”
E abaixo, a nota oficial do partido Novo:
A Câmara dos Deputados aprovou o PDL 861/2017, que trata da Convenção Interamericana Contra o Racismo. Apesar da inegável importância do tema e de acreditarmos não haver lugar para o racismo na sociedade, tínhamos pontos importantes de discordância com o projeto. Entenda:

Até o momento, apenas cinco países membros da Organização dos Estados Americanos (OEA), formada por 35 países, ratificaram a Convenção: Antígua e Barbuda, Costa Rica, Equador, México e Uruguai. Essa baixa taxa de adesão indica o alto nível de dificuldade dos países membros do bloco de transformar o texto da Convenção em norma legal.

O PDL prevê aprovação da Convenção com status equivalente ao das Emendas à Constituição, o que significa que regras como as que atualmente são previstas em lei, poderão ser transformadas em matérias constitucionais, que são bem mais difíceis de serem modificadas. Entre essas regras está a adoção de políticas especiais e ações afirmativas que visam garantir a igualdade de oportunidades. A Convenção prevê que essa medida dure um tempo determinado para alcançar seu objetivo, mas a aprovação como matéria constitucional pode torná-la permanente.

O estabelecimento de cotas na representação parlamentar, caso transformado em matéria constitucional, pode abrir brechas para que se garanta cotas de representatividade nos corpos parlamentares do país por via judicial. O NOVO é favorável à igualdade de oportunidades e defende que todos tenham acesso às urnas e possam concorrer pelo voto dos brasileiros em eleições livres, sem qualquer discriminação.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Carrefour é excluído do Instituto Ethos, de responsabilidade social

https://www.otempo.com.br/mobile/super- ... -1.2423005

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

https://www.hojeemdia.com.br/horizontes ... l-1.812808
Uma clínica de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terá de pagar R$ 30 mil por danos morais a uma ex-funcionária negra que foi demitida após se recusar a retirar suas tranças afro. Segundo a denúncia, a empresa alegava que o penteado da recepcionista não se enquadrava no padrão estético que a boa imagem institucional exigia.
Nesta, o politicamente correto passou dos limites. Quando a lei começa a interferir nos padrões estéticos e proibir preferências estéticas, começa a ser uma ameaça a liberdades individuais.

O cargo de recepcionista exige estética, seja ela por preferência dos clientes ou para passar a imagem da empresa. Considero que para cargos de atendimento direto ao público, como recepcionista, a empresa deveria ter o direito de usar padrões estéticos.

Se a empresa colocou uma negra como recepcionista, não vejo sentido considerar como racista. Penteados feios e cabelo ruim não são exclusividade de negros. Se uma pessoa branca de cabelo ruim fizer penteado exótico ou uma pessoa de cabelo bom pintar o cabelo de azul, e a empresa reclamar, não seria o mesmo motivo nesse caso de "racismo"?

Como consequência dessa decisão, o politicamente correto inflamou o racismo estrutural e agora os empregadores ficarão com medo de multas bobas como essa antes de contratar alguém negro.

Re: Racismo

Avatar do usuário
DenelliSkid
Mensagens: 101
Registrado em: Ter, 15 15America/Sao_Paulo Dezembro 15America/Sao_Paulo 2020 - 01:29 am

Mensagem por DenelliSkid »

Tutu escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 14:54 pm
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes ... l-1.812808
Uma clínica de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terá de pagar R$ 30 mil por danos morais a uma ex-funcionária negra que foi demitida após se recusar a retirar suas tranças afro. Segundo a denúncia, a empresa alegava que o penteado da recepcionista não se enquadrava no padrão estético que a boa imagem institucional exigia.
Nesta, o politicamente correto passou dos limites. Quando a lei começa a interferir nos padrões estéticos e proibir preferências estéticas, começa a ser uma ameaça a liberdades individuais.

O cargo de recepcionista exige estética, seja ela por preferência dos clientes ou para passar a imagem da empresa. Considero que para cargos de atendimento direto ao público, como recepcionista, a empresa deveria ter o direito de usar padrões estéticos.

Se a empresa colocou uma negra como recepcionista, não vejo sentido considerar como racista. Penteados feios e cabelo ruim não são exclusividade de negros. Se uma pessoa branca de cabelo ruim fizer penteado exótico ou uma pessoa de cabelo bom pintar o cabelo de azul, e a empresa reclamar, não seria o mesmo motivo nesse caso de "racismo"?

Como consequência dessa decisão, o politicamente correto inflamou o racismo estrutural e agora os empregadores ficarão com medo de multas bobas como essa antes de contratar alguém negro.

Discordo.
Empresa nenhuma pode exigir uma mudança estética em um cargo tão comum e em um funcionário já contratado.
O mundo já deu uma evoluída nesse aspecto.

A moça é obrigada a mudar algo de sua cultura por causa de um conservadorismo amador?

Alguns acessórios podem ser um pouco exagerados, tais quais piercings e brincos (em homens), mas mesmos estes já estão em um padrão aceitável quando o cargo não exige a remoção por questão de segurança.

Off_topic:
Isso me lembra um caso semelhante que aconteceu aqui na cidade:
A 4ª Vara do Trabalho de Sorocaba condenou a Urbes -Trânsito e Transportes a pagar R$ 90 mil ao agente de trânsito (amarelinho) Juliano Afonso Costa Xavier. A empresa pública informou que não foi notificada da decisão, que é do dia 23 de março e ainda cabe recurso. Em agosto de 2014 a empresa pública também foi sentenciada com uma multa de R$ 50 mil a título de danos morais causados à coletividade (esse valor não deve ser pago ao funcionário e sim revertido em prol da comunidade local) por demitir sem justa causa o concursado que se recusou a cortar os cabelos compridos.
https://www2.jornalcruzeiro.com.br/mate ... o-cabeludo

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 14:54 pm
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes ... l-1.812808
Uma clínica de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terá de pagar R$ 30 mil por danos morais a uma ex-funcionária negra que foi demitida após se recusar a retirar suas tranças afro. Segundo a denúncia, a empresa alegava que o penteado da recepcionista não se enquadrava no padrão estético que a boa imagem institucional exigia.
Nesta, o politicamente correto passou dos limites. Quando a lei começa a interferir nos padrões estéticos e proibir preferências estéticas, começa a ser uma ameaça a liberdades individuais.

O cargo de recepcionista exige estética, seja ela por preferência dos clientes ou para passar a imagem da empresa. Considero que para cargos de atendimento direto ao público, como recepcionista, a empresa deveria ter o direito de usar padrões estéticos.

Se a empresa colocou uma negra como recepcionista, não vejo sentido considerar como racista. Penteados feios e cabelo ruim não são exclusividade de negros. Se uma pessoa branca de cabelo ruim fizer penteado exótico ou uma pessoa de cabelo bom pintar o cabelo de azul, e a empresa reclamar, não seria o mesmo motivo nesse caso de "racismo"?

Como consequência dessa decisão, o politicamente correto inflamou o racismo estrutural e agora os empregadores ficarão com medo de multas bobas como essa antes de contratar alguém negro.
Então a mulher deveria mudar o cabelo natural pixaim pra liso, por exemplo, porque uma empresa exige? Imagina coisas mais graves tipo pessoas de certas etnias e feições que não seriam contratadas por não se encaixar em certos padrões. Alguém vai dizer que empresa é privada logo ela determina seus pré-requisitos pra contratar alguém mesmo por aparência. Mas depois não podem reclamar de Sleep giants e coisas do tipo.

Re: Racismo

Avatar do usuário
DenelliSkid
Mensagens: 101
Registrado em: Ter, 15 15America/Sao_Paulo Dezembro 15America/Sao_Paulo 2020 - 01:29 am

Mensagem por DenelliSkid »

Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Tutu escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 14:54 pm
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes ... l-1.812808
Uma clínica de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terá de pagar R$ 30 mil por danos morais a uma ex-funcionária negra que foi demitida após se recusar a retirar suas tranças afro. Segundo a denúncia, a empresa alegava que o penteado da recepcionista não se enquadrava no padrão estético que a boa imagem institucional exigia.
Nesta, o politicamente correto passou dos limites. Quando a lei começa a interferir nos padrões estéticos e proibir preferências estéticas, começa a ser uma ameaça a liberdades individuais.

O cargo de recepcionista exige estética, seja ela por preferência dos clientes ou para passar a imagem da empresa. Considero que para cargos de atendimento direto ao público, como recepcionista, a empresa deveria ter o direito de usar padrões estéticos.

Se a empresa colocou uma negra como recepcionista, não vejo sentido considerar como racista. Penteados feios e cabelo ruim não são exclusividade de negros. Se uma pessoa branca de cabelo ruim fizer penteado exótico ou uma pessoa de cabelo bom pintar o cabelo de azul, e a empresa reclamar, não seria o mesmo motivo nesse caso de "racismo"?

Como consequência dessa decisão, o politicamente correto inflamou o racismo estrutural e agora os empregadores ficarão com medo de multas bobas como essa antes de contratar alguém negro.
Então a mulher deveria mudar o cabelo natural pixaim pra liso, por exemplo, porque uma empresa exige? Imagina coisas mais graves tipo pessoas de certas etnias e feições que não seriam contratadas por não se encaixar em certos padrões. Alguém vai dizer que empresa é privada logo ela determina seus pré-requisitos pra contratar alguém mesmo por aparência. Mas depois não podem reclamar de Sleep giants e coisas do tipo.

Ou por ter uma política de não contratar pessoa gorda, em um escritório, somente por causa de uma filosofia burra de "se é relaxado com a saúde, vai ser relaxado com o serviço".
Infelizmente, presenciei uma política dessa.

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

DenelliSkid escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 15:13 pm
Discordo.
Empresa nenhuma pode exigir uma mudança estética em um cargo tão comum e em um funcionário já contratado.
O mundo já deu uma evoluída nesse aspecto.
Aparentemente, ela foi contratada com o cabelo de um jeito e depois de um tempo ela mudou o aspecto do cabelo para outro.
DenelliSkid escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:08 pm
Ou por ter uma política de não contratar pessoa gorda, em um escritório, somente por causa de uma filosofia burra de "se é relaxado com a saúde, vai ser relaxado com o serviço".
Tudo depende.
Você confiaria numa nutricionista gorda?
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Então a mulher deveria mudar o cabelo natural pixaim pra liso, por exemplo, porque uma empresa exige?
Depende do cargo e do que a empresa quer para os clientes.
A aparência pouco importa se for cargo interno, sem interação com o público.
Se for cargo de modelo, a aparência importa muito.
Se uma modelo de xampu tiver uma doença e perder o cabelo, como ela continuará no cargo?
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Imagina coisas mais graves tipo pessoas de certas etnias e feições que não seriam contratadas por não se encaixar em certos padrões.
Não é novidade. Isso sempre ocorreu.
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Alguém vai dizer que empresa é privada logo ela determina seus pré-requisitos pra contratar alguém mesmo por aparência. Mas depois não podem reclamar de Sleep giants e coisas do tipo.
Uma coisa é ter padrões de estética e outra coisa é padrões racistas.
O problema mencionado era o cabelo e não a cor da pele.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tudo depende.
Você confiaria numa nutricionista gorda?
Depende. A obesidade dela seria por questões nutricionais ou alguma disfunção?
Não é novidade. Isso sempre ocorreu.

Então vou deixar coisas bem mais claras:

Me refiro a cargos onde aparência é irrelevante e não a cargos tipo "Não pode ter cabelo crespo em ambiente hospitalar porque esse tipo de cabelo seria mais anti-higiênico a ser mais suscetível a acumular patógenos e sujeira" ou "Tem que raspar ou baixar o cabelo crespo pois o cabelo pode cair na comida" (se bem que até nisso poderia ser questionável já que cabelos lisos longo podem cair na comida).

No caso da moda também é irrelevante já que a modelo é apenas um manequim, um molde pra medida da roupa e não um concurso de beleza. A forma deveria importar mais nesse caso do que beleza em si.

Uma coisa é ter padrões de estética e outra coisa é padrões racistas.
O problema mencionado era o cabelo e não a cor da pele.
Sim. Mas já que ampliaram citando casos de obesidade, que não é questão racial, citei o tipo de cabelo, que nesse caso específico sobre o tipo crespo tem ligação mais próxima a questão racial.

Re: Racismo

Avatar do usuário
DenelliSkid
Mensagens: 101
Registrado em: Ter, 15 15America/Sao_Paulo Dezembro 15America/Sao_Paulo 2020 - 01:29 am

Mensagem por DenelliSkid »

Tutu escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 17:45 pm
DenelliSkid escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:08 pm
Ou por ter uma política de não contratar pessoa gorda, em um escritório, somente por causa de uma filosofia burra de "se é relaxado com a saúde, vai ser relaxado com o serviço".
Tudo depende.
Você confiaria numa nutricionista gorda?
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Então a mulher deveria mudar o cabelo natural pixaim pra liso, por exemplo, porque uma empresa exige?
Depende do cargo e do que a empresa quer para os clientes.
A aparência pouco importa se for cargo interno, sem interação com o público.
Se for cargo de modelo, a aparência importa muito.
Se uma modelo de xampu tiver uma doença e perder o cabelo, como ela continuará no cargo?
Tocou em um ponto interessante.
Ambos os exemplos que você mencionou, a estética está diretamente relacionado a qualidade produto/serviço, ou o destaque do mesmo.
No caso de modelos de passarela, os padrões até então impostos já são matéria de constantes discussões.

Qual a imagem negativa que uma pessoa negra com penteado afro irá passar da empresa na qual ela representa?
Só se o público-alvo for racista. Aí, nesse caso, há seriamente um problema em tudo.
Ou, utilizando um de seus exemplos, ela for modelo de shampoo para cabelos lisos.

Geralmente, a imagem que uma empresa normal deve procurar e que condiz com o produto/serviço ofertado se limita ao vestuário e a um nível adequado de cuidado pessoal.
Off_topic:
Quando a empresa é muito exigente no vestuário, normalmente acaba liberando o casual day nas sextas-feiras. A regra é sempre o bom-senso
Não tem o menor sentido uma empresa se esconder na característica física dos seus colaboradores para ter uma "boa imagem". Se ela quer isso, que treine-os adequadamente para o serviço executado, cuide das redes sociais e evite tomar processos bestas iguais a esse.


Pedir para alterar características físicas, não condiz com o século e o momento que vivemos.
Veja o exemplo das tatuagens: Antes, só em lugar escondido. Hoje em dia, está cada vez mais comum encontrar pessoas com o pescoço, antebraço e mãos tatuadas nas empresas.

Lógico, sempre tem um empresário ou diretor extremamente conservador que tem algumas exigências especificas.
O preço? A imagem da empresa vai pra lama do mesmo jeito, com exemplos de processos citados acima ou com funcionários preferindo se demitir a seguir carreira em um lugar atrasado.



Tutu escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 17:45 pm
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Imagina coisas mais graves tipo pessoas de certas etnias e feições que não seriam contratadas por não se encaixar em certos padrões.
Não é novidade. Isso sempre ocorreu.
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 16:04 pm
Alguém vai dizer que empresa é privada logo ela determina seus pré-requisitos pra contratar alguém mesmo por aparência. Mas depois não podem reclamar de Sleep giants e coisas do tipo.
Uma coisa é ter padrões de estética e outra coisa é padrões racistas.
O problema mencionado era o cabelo e não a cor da pele.
Se ela mudasse pra um corte tipo "chanel", alisado, teria a mesma consequência?

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 18:38 pm
Me refiro a cargos onde aparência é irrelevante e não a cargos tipo "Não pode ter cabelo crespo em ambiente hospitalar porque esse tipo de cabelo seria mais anti-higiênico a ser mais suscetível a acumular patógenos e sujeira" ou "Tem que raspar ou baixar o cabelo crespo pois o cabelo pode cair na comida" (se bem que até nisso poderia ser questionável já que cabelos lisos longo podem cair na comida).
Não vejo sentido em exigir raspar a cabeça no caso de militares.

No ambiente hospitalar não sou médico, mas parece que o mais higiênico seria raspar. Por isso eles usam touca na cabeça.
DenelliSkid escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 18:45 pm
Pedir para alterar características físicas, não condiz com o século e o momento que vivemos.
Essas coisas culturais mudam com o passar do tempo. O estado deve ter o direito de intervir nisso?

Re: Racismo

Avatar do usuário
DenelliSkid
Mensagens: 101
Registrado em: Ter, 15 15America/Sao_Paulo Dezembro 15America/Sao_Paulo 2020 - 01:29 am

Mensagem por DenelliSkid »

Tutu escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 19:19 pm
Agnoscetico escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 18:38 pm
Me refiro a cargos onde aparência é irrelevante e não a cargos tipo "Não pode ter cabelo crespo em ambiente hospitalar porque esse tipo de cabelo seria mais anti-higiênico a ser mais suscetível a acumular patógenos e sujeira" ou "Tem que raspar ou baixar o cabelo crespo pois o cabelo pode cair na comida" (se bem que até nisso poderia ser questionável já que cabelos lisos longo podem cair na comida).
Não vejo sentido em exigir raspar a cabeça no caso de militares.

No ambiente hospitalar não sou médico, mas parece que o mais higiênico seria raspar. Por isso eles usam touca na cabeça.
DenelliSkid escreveu:
Qua, 23 23America/Sao_Paulo Dezembro 23America/Sao_Paulo 2020 - 18:45 pm
Pedir para alterar características físicas, não condiz com o século e o momento que vivemos.
Essas coisas culturais mudam com o passar do tempo. O estado deve ter o direito de intervir nisso?
Sim. Porque é algo que afeta os cidadãos, e nao somente a empresa.
Afinal, é o estado que vai amparar o cidadão desempregado por motivo fútil.

EDIT 1: Três estados americanos já se posicionaram sobre este tema através de lei estadual especifica, inclusive.
Is hair discrimination race discrimination? Maybe. As of February 2020, it is in three states: California, New York, and New Jersey. In addition, there is a strong movement to enact the CROWN Act in 22 more states and federally. Implementation and enforcement of the CROWN Act will force employers and schools across the United States to take a closer look at their facially neutral grooming and appearance policies and their disparate impact on African Americans and other minorities.
https://www.americanbar.org/groups/busi ... imination/
https://www.thecrownact.com/about

E, salvo engano, os militares (e demais agentes que trabalham com segurança publica e privada) tem que ter cabelo curto por conta da efetividade em luta corporal.
Infelizmente, puxão de cabelo pode ser decisivo em algumas situações.
EDIT 2:
https://www.jornalciencia.com/por-que-o ... -o-cabelo/
https://www.defensemedianetwork.com/sto ... ed-forces/

Re: Racismo

Avatar do usuário
Titoff
Mensagens: 901
Registrado em: Ter, 17 17America/Sao_Paulo Março 17America/Sao_Paulo 2020 - 11:47 am

Mensagem por Titoff »

Mas trança afro é algo exótico ou "penteado feio?"

Acho muito esquisito a noção que pessoa jurídica pode cagar regras quanto a estética de uma pessoa física só por causa de um contrato que não fala nada sobre isso.

Queria saber o que diz o "padrão estético que a boa imagem institucional exigia," e se isto estava escrito em algum lugar.

Re: Racismo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1392
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

O Izzy Nobre fez um vídeo sobre ele ter que testemunhar em julgamento num caso onde um neonazista matou um homem próximo de onde ele trabalhava no Canadá. E acabou falando sobre assuntos relacionados.

Quase entrei pro Programa de Proteção a Testemunha (história completa)


youtu.be/ew5COTX__UQ

Re: Racismo

Pedro Reis
Mensagens: 651
Registrado em: Ter, 24 24America/Sao_Paulo Março 24America/Sao_Paulo 2020 - 11:28 am

Mensagem por Pedro Reis »

Muito impressionante estas imagens.

Uma sociedade dita cristã convivia naturalmente com esse tipo de coisa.


youtu.be/THu7VrY58yo

Re: Racismo

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2142
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Deve ser tudo "galeguinho do zôio azul" ...
Petição pública pede o fim dos casamentos entre brancos e negros

O procurador da República está pedindo investigação do texto por crime racial

Por iG Delas | 30/04/2021

O procurador da República Aldo de Campos Costa pediu uma investigação sobre uma petição eletrônica denominada “Pela proibição do casamento interracial no Brasil”, alegando que o conteúdo pode se enquadrar no crime de preconceito racial.

“Pela proibição do casamento interracial e pela criminalização da miscigenação, pedimos ao Legislativo que atenda ao pedido de uma grande parte da população brasileira, que se sente num limbo étnico e vê-se perder a identidade cultural”, diz o texto da petição.

Uma pesquisa inicial realizada pelo procurador mostrou que a página peticaopublica.com.br, em que está hospedada a petição, tem como titular uma empresa localizada em Curitiba, no Paraná.
https://delas.ig.com.br/comportamento/2 ... egros.html

Re: Racismo

Tutu
Mensagens: 301
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Petição pública pede o fim dos casamentos entre brancos e negros
Essa proposta não é possível, porque viola cláusula pétrea da constituição. Até a década de 70, existiam leis desse tipo nos EUA e a maior parte da população de lá era a favor dela.

A petição foi escrita por branco racista. Mas existem negros racistas também e eles concordam com essa ideia.

Existem sulistas que são a favor de se separar do resto do Brasil. Não sei se a motivação é racista ou se é porque os estados do sul tem uma renda maior e o governo federal acaba sugando mais do que dando retorno.

Por fim, o ponto polêmico, isso é só uma ideia e o ato de falar não tem uma vítima individual. Penalizar essas pessoas não seria violação da liberdade de expressão ("não concordo com o que dizes mas defendo o direito de o dizeres") ? Como é inconstitucional, a circulação dessa ideia não vai longe porque precisaria de uma parcela enorme da população para derrubar a constituição.

“Pela proibição do casamento interracial e pela criminalização da miscigenação, pedimos ao Legislativo que atenda ao pedido de uma grande parte da população brasileira, que se sente num limbo étnico e vê-se perder a identidade cultural”, diz o texto da petição.
Aqui é a parte ilógica.

Limbo étnico no Brasil? Não existe cara de brasileiro. O brasileiro pode ter cara de europeu, alemão, africano, japa, árabe, índio. Todo tipo. Esses doidos parecem que nunca pisaram no Brasil.

O que é a identidade cultural brasileira? As bases africanas já estão fortemente instaladas na identidade cultural. Se virmos o que eles chamam de cultura, veremos inúmeros elementos africanos nela.

Grande parte da população?

Re: Racismo

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2142
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Tutu escreveu:
Sáb, 01 01America/Sao_Paulo Maio 01America/Sao_Paulo 2021 - 11:36 am
A petição foi escrita por branco racista. Mas existem negros racistas também e eles concordam com essa ideia.
É bem capaz de esse branco racista ter genes africanos. É bem capaz de ele ser branco no Brasil e negro nos EUA.
Responder