Feminismo e ideologia de gênero

Área destinada a discussões sobre História, Sociedade, Comportamento e Filosofia

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
f0rest
Mensagens: 159
Registrado em: Dom, 19 19America/Sao_Paulo Setembro 19America/Sao_Paulo 2021 - 17:04 pm

Mensagem por f0rest »

Acontece atualmente o medo do relacionamento, apropriado pela ideologia carnavalesca e boêmia e pelo mundo digital. As pessoas preferem a fugacidade ao medo de construir um relacionamento mesmo com vontade de fazê-lo. E o namoro é justamente o conhecimento das características comportamentais e subjetivas para um consenso de conexão. Mas mais cedo ou mais tarde surge de maneira espontânea o namoro ou a procura intencional de um relacionamento de longo prazo, pois a ideologia carnavalesca e boêmia se apropria de fases específicas.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Fernando Silva escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 09:58 am
O organoléptico escreveu:
Qua, 29 29America/Sao_Paulo Dezembro 29America/Sao_Paulo 2021 - 12:39 pm
Sempre foi subentendido na história da humanidade que namoro era pré requisito para posterior eventual consolidação de uma relação através do matrimônio(do que significa em "matri" a mulher se submeter ao marido, casar com ele). O atual estado de coisas está degenerado da natureza como era no passado.
Pelo contrário, as mulheres se casavam com os homens que suas famílias escolhiam para elas.
Muitas vezes, só vinham a conhecê-lo na hora do casamento.

E, mesmo que o marido fosse um bosta, tinham que aguentá-lo até o fim da vida, parindo um filho atrás do outro, mesmo que não quisessem.

Estava me referindo à figura do namoro, em algumas culturas presente, noutras não.

Fernando Silva escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 09:58 am

Não degenerou, melhorou.
Não especificamente nessa questão do relacionamento se tornar legalmente um casamento para fins de responsabilidades legais e de divisão de bens desde um período arbitrariamente imposto pela lei, anulando a figura do namoro.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

O organoléptico escreveu:
Qua, 29 29America/Sao_Paulo Dezembro 29America/Sao_Paulo 2021 - 12:39 pm
Sempre foi subentendido na história da humanidade que namoro era pré requisito para posterior eventual consolidação de uma relação através do matrimônio(do que significa em "matri" a mulher se submeter ao marido, casar com ele). O atual estado de coisas está degenerado da natureza como era no passado.
"Matri" vem de mater, que significa mãe.
Fernando Silva escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 09:58 am
Pelo contrário, as mulheres se casavam com os homens que suas famílias escolhiam para elas.
Muitas vezes, só vinham a conhecê-lo na hora do casamento.

E, mesmo que o marido fosse um bosta, tinham que aguentá-lo até o fim da vida, parindo um filho atrás do outro, mesmo que não quisessem.

Não degenerou, melhorou.
Não vivi essa época antiga, mas vi relatos de culturas como a indiana em que a família escolhe com quem o filho vai casar. O modelo deles é até melhor.

Aqui as pessoas se orientam pelo atributo sexual ou pelo fator balada e viagem. Assim elas se unem por causa do corpo, mas com o tempo a relação vai se desgastando e toda aquela paixão que existia no início desaparece. Quando existem várias opções, acaba sendo mais difícil dar valor a(o) namorado(a) ou cônjuge e assim as pessoas acabam tendo uma mentalidade muito mais individualista.

Lá os pais sabem escolher pretendentes que são mais parecidos e combinam mais com a família, e isso torna a relação mais estável. O casal começa a relação do zero, coopera para construir o futuro juntos e assim aprendem a se amar. Por isso a relação dura mais.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 12:20 pm
Lá os pais sabem escolher pretendentes que são mais parecidos e combinam mais com a família, e isso torna a relação mais estável. O casal começa a relação do zero, coopera para construir o futuro juntos e assim aprendem a se amar. Por isso a relação dura mais.
"Sabem" muito.
Se tu não conhece a realidade de lá, apenas o clichê do que é publicado como pode alegar que algo é melhor ou não?

(...)

E pra não dizer que apenas mulheres podem ser oprimidas por casamentos "arranjados" forçados. E, pra quem ainda não sabe, pasmem!, no desenvolvido EUA em áreas rurais (onde costuma ter mais conservadores) isso é denunciado:

'Me casei aos 13 anos e me sentia uma escrava': os casos chocantes de casamento infantil nos EUA


youtu.be/kn3yPRSRbMk

O drama dos homens sequestrados e forçados a se casar na Índia


youtu.be/nX2YAGGZUsk

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 12:51 pm
'Me casei aos 13 anos e me sentia uma escrava': os casos chocantes de casamento infantil nos EUA
Mas isso é pedofilia. Eu estava me referindo a maiores de idade.
O drama dos homens sequestrados e forçados a se casar na Índia
Isso é comércio e acorrentamento de pessoas. Eles usam até armas. Não teve a bênção dos pais da vítima sequestrada.


O que eu falei é do processo padrão conservador, que não envolve pedofilia e acorrentamento.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Tutu escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 12:20 pm
O organoléptico escreveu:
Qua, 29 29America/Sao_Paulo Dezembro 29America/Sao_Paulo 2021 - 12:39 pm
Sempre foi subentendido na história da humanidade que namoro era pré requisito para posterior eventual consolidação de uma relação através do matrimônio(do que significa em "matri" a mulher se submeter ao marido, casar com ele). O atual estado de coisas está degenerado da natureza como era no passado.
"Matri" vem de mater, que significa mãe.
Tinha em mente a idéia de madre, como na biblica "fechou a madre", no sentido de função mulher.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 13:06 pm
Agnoscetico escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 12:51 pm
'Me casei aos 13 anos e me sentia uma escrava': os casos chocantes de casamento infantil nos EUA
Mas isso é pedofilia. Eu estava me referindo a maiores de idade.
O drama dos homens sequestrados e forçados a se casar na Índia
Isso é comércio e acorrentamento de pessoas. Eles usam até armas. Não teve a bênção dos pais da vítima sequestrada.


O que eu falei é do processo padrão conservador, que não envolve pedofilia e acorrentamento.
Casamento entre menores ou de menores com maiores já foi comum no passado do "Padrão conservador", seja lá o que esse termo signifique.

Benção dos pais?

E vários casos de "casamento tradicional" onde fracassa (abaixo um caso duma atriz que casou virgem, largou carreira, etc, se arrependeu).
Se for pra não ter certeza e fracassar que pelo menos a pessoa tenha liberdade de escolha. Afinal casamento tradicional não é garantia de segurança familiar, não-agressão pelo parceiro(a), etc.




youtu.be/2a4JYmqN9pM


youtu.be/Omx7Wln6alQ

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 14:01 pm
Casamento entre menores ou de menores com maiores já foi comum no passado do "Padrão conservador", seja lá o que esse termo signifique.
Isso não era bom. A motivação era porque as mães tinham um filho atrás do outro e eram pobres. Por isso, precisavam de alguém para cuidar das crias o mais rápido possível. Hoje existem anticoncepcional e por isso os conservadores evoluíram.
Agnoscetico escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 14:01 pm
Benção dos pais?
Uma conversa entre os pais dos noivos é muito mais racional do que uma paixão.
E vários casos de "casamento tradicional" onde fracassa (abaixo um caso duma atriz que casou virgem, largou carreira, etc, se arrependeu).
Se for pra não ter certeza e fracassar que pelo menos a pessoa tenha liberdade de escolha. Afinal casamento tradicional não é garantia de segurança familiar, não-agressão pelo parceiro(a), etc.
Lisandra casou por paixão e não por causa dos pais.

Se estiver falando de casamento brasileiro (a construção de família entre 1980 e 2010), o casamento é importante para filhos e para estabilidade emocional. O divórcio de Lisandra ocorreu por adultério, que é uma coisa mais rara em sociedades conservadoras, onde isso é mal visto. Mas a maioria dos divórcios ocorrem por causa de individualismo, que uma cria da sociedade capitalista. A grande causa do arrependimento é porque não conseguiu mais retomar a carreira. O arrependimento dela é que atriz de televisão ganha muito dinheiro enquanto jogador de vôlei só ganha dinheiro quando tem olimpíada, e depois dos 35 fica pobre de novo. Mas se ela tivesse escolhido a carreira, com rios de dinheiro, e nenhum filho, ela estaria arrependida do mesmo jeito hoje. Filho causa hipertensão, mas depressão pela falta deles também.

Ela não precisava ter abandonado a carreira totalmente. Ela poderia simplesmente ter reduzido a jornada de 8 para 6 horas e ainda tinha dinheiro para contratar uma equipe de babás para ajudar.


Violência doméstica ocorre é quando os pais do casal estão ausentes e a sociedade tem uma cultura sensual e voltada ao dinheiro (dinheiro quer dizer aquisição, ostentação e consumismo). Isso cria ciúmes e ambições pessoais sobrepondo o coletivo e a família. A Ásia usa uma estrutura de família geracional, em que o avô é o chefe e os filhos casados vivem com na mesma casa do avô. Lá os idosos são respeitados, ao contrário do Brasil.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Lisandra casou por paixão e não por causa dos pais.
E uma coisa anularia outra? Não há caso onde ocorre os dois e mesmo assim pode dar em fracasso?

Além disso, qual garantia de que TODO casamento com benção dos pais dá certo?
Trocentos casamentos e tem caso de separação, tiro, porrada e bomba.

Assim como tem casamentos movidos por atração que duram muito como exemplos, o do tal do Cesar Filho e Elaine Mickely, Andreia Sorvetão e Conrado, etc.

Resumindo o que dizer: Não há fórmula infalível de casamento perfeito, depende de cada caso.
Se estiver falando de casamento brasileiro (a construção de família entre 1980 e 2010), o casamento é importante para filhos e para estabilidade emocional. O divórcio de Lisandra ocorreu por adultério, que é uma coisa mais rara em sociedades conservadoras, onde isso é mal visto. Mas a maioria dos divórcios ocorrem por causa de individualismo, que uma cria da sociedade capitalista. A grande causa do arrependimento é porque não conseguiu mais retomar a carreira. O arrependimento dela é que atriz de televisão ganha muito dinheiro enquanto jogador de vôlei só ganha dinheiro quando tem olimpíada, e depois dos 35 fica pobre de novo. Mas se ela tivesse escolhido a carreira, com rios de dinheiro, e nenhum filho, ela estaria arrependida do mesmo jeito hoje. Filho causa hipertensão, mas depressão pela falta deles também.
De onde tirou essa informação super acurada de que entre 1980 e 2010 o casamento é importante para filhos e para estabilidade emocional? Que delimitação que exclui qualquer período antes e depois como sendo ou não importante?

"Adultério é raro em sociedades conservadoras" só se for na ingenuidade ou negação na cabeça de quem acredita.
As coisas acontecem na surdina, pois as pessoas teriam mais medo de serem pegas em flagrante.
Mas a maioria dos divórcios ocorrem por causa de individualismo, que uma cria da sociedade capitalista.
Pode explicar de novo: Divórcio é cria da sociedade capitalista? Se foi isso que tentou expôr, não tem sentido, pois dvórcio é relatado muit antes da existência de capitalismo.

E sobre o maravilhoso passado do casamento as antigas, tinha caso onde havia o dote (transferência de propriedades dos pais, como presentes, dinheiro ou outros bens quando ocorre o casamento de uma filha):


https://pt.wikipedia.org/wiki/Dote


https://pt.wikipedia.org/wiki/Venda_de_ ... Inglaterra


NÃO ACREDITO NA INGLATERRA DO SÉCULO 19! CURIOSIDADES BIZARRAS DA ERA VITORIANA


youtu.be/VZ1AGijNhMQ

Ela não precisava ter abandonado a carreira totalmente. Ela poderia simplesmente ter reduzido a jornada de 8 para 6 horas e ainda tinha dinheiro para contratar uma equipe de babás para ajudar.
Segundo ela teria relatado ela fez isso por pressão do marido (e isso não é tão raro entre homens ciumentos).
Sobre a jornada de trabalho dela, precisaria saber que tipo de contrato ela tinha coma Globo na época, se se permitia diminuição de jornada.
Violência doméstica ocorre é quando os pais do casal estão ausentes e a sociedade tem uma cultura sensual e voltada ao dinheiro (dinheiro quer dizer aquisição, ostentação e consumismo). Isso cria ciúmes e ambições pessoais sobrepondo o coletivo e a família.
Tem família que não tem ostenação nem dinheiro pra dividir e tem porrada, e outras mais abastadas tem porradas finaceiras e apenas em tribunais, mas não nem sempre fisicamente.

Cultura sensual e dinheiro não são causas em si de violência doméstica, tem vários motivos: Ciúmes, possessividade (sobre o parceiro), etc.
A Ásia usa uma estrutura de família geracional, em que o avô é o chefe e os filhos casados vivem com na mesma casa do avô. Lá os idosos são respeitados, ao contrário do Brasil.
Isso seria um mito de exagero. Talvez mais no passado havia essa reverência a idosos, mas isso talvez já não seria assim faz algumas décadas, nem no Japão, nem na Coréia do Sul (onde já vi falar que nem existe aposentadoria como se tem no Brasil, por exemplo).

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 3032
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Por causa dessa "reverência aos idosos", em que os filhos têm que sustentar os pais na velhice, é que os chineses não querem ter filhas.
Elas casam e vão cuidar dos velhos de outra família, por isso eles abortam os fetos mulheres.
Acredito que isto diminuiu com a população migrando do campo para as cidades.

Na Índia, a família da noiva tem que pagar um pesado dote à do noivo, por isso, novamente, eles preferem ter filhos homens.
Famílias pobres não têm como pagar o dote e as meninas ficam encalhadas. Ou então juntam dinheiro para casar uma só e as outras que se danem.

Uma coisa que acontecia muito na Índia (não sei se diminuiu) é a recém-casada sofrer acidentes na cozinha e morrer.
Na verdade, era a sogra que dava um jeito de eliminar a nora pobre para o filho poder se casar com uma menina que rendesse um dote maior.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 3032
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Tutu escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 13:06 pm
Agnoscetico escreveu:
Qui, 30 30America/Sao_Paulo Dezembro 30America/Sao_Paulo 2021 - 12:51 pm
'Me casei aos 13 anos e me sentia uma escrava': os casos chocantes de casamento infantil nos EUA
Mas isso é pedofilia. Eu estava me referindo a maiores de idade.
Minha bisavó se casou aos 12 anos com um adulto que o pai arranjou. Eram todos bons católicos. Ninguém viu nada de errado naquilo.
A bem da verdade, meu bisavô a criou como filha até ela ter a primeira menstruação, mas, ainda assim, isto seria absurdo hoje em dia.

Acho que foi Debret que, ao descrever a sociedade carioca, comentou que as meninas casavam aos 12 ou 13 anos, tinham 15 filhos ou mais e, aos 25, estavam velhas e acabadas.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Sex, 31 31America/Sao_Paulo Dezembro 31America/Sao_Paulo 2021 - 00:15 am
Além disso, qual garantia de que TODO casamento com benção dos pais dá certo?
Trocentos casamentos e tem caso de separação, tiro, porrada e bomba.

Assim como tem casamentos movidos por atração que duram muito como exemplos, o do tal do Cesar Filho e Elaine Mickely, Andreia Sorvetão e Conrado, etc.

Resumindo o que dizer: Não há fórmula infalível de casamento perfeito, depende de cada caso.
Verdade. Mas eu estava falando de estratégias para diminuir as chances de fracasso. Não falei de garantia infalível.
De onde tirou essa informação super acurada de que entre 1980 e 2010 o casamento é importante para filhos e para estabilidade emocional? Que delimitação que exclui qualquer período antes e depois como sendo ou não importante?
Essa delimitação é para tirar as questões antigas. Antes da década de 70 tinha o casamento virgem e marido machista de verdade. Depois de 2010, tem se tornado uma formalidade que não dura muito e intencionalmente não constrói família, assim é igual casamento gay, mas com noivos héteros. Casal hétero sem filho não é família.

A coisa mais idiota que inventaram é a lei da união estável. Se o casal morar junto sem casar e depois separar, funciona como divórcio, tendo pensão se a mulher for desempregada e divisão dos bens. Então qual é o sentido de casar no papel? Morar junto deveria ser uma experiência positiva que prepara as pessoas para uma vida de casado antes de decidir (ou também para ter companhia caso os pais morem em outra cidade). Mas quando o estado mete o bedelho na experiência das pessoas, só desencoraja a união.
"Adultério é raro em sociedades conservadoras" só se for na ingenuidade ou negação na cabeça de quem acredita.
As coisas acontecem na surdina, pois as pessoas teriam mais medo de serem pegas em flagrante.
Falo da frequência menor. Não disse que é nulo.
Pode explicar de novo: Divórcio é cria da sociedade capitalista? Se foi isso que tentou expôr, não tem sentido, pois dvórcio é relatado muit antes da existência de capitalismo.
Eu disse que: o individualismo é cria do capitalismo.

Mesmo nessa época delimitada (1980 e 2010), os EUA era o país campeão mundial em divórcio, mesmo sem cultura sensual (pegação que tem no Brasil) e sem feminismo. A culpa é do individualismo. As coisas só pioraram recentemente com os novos ingredientes.
E sobre o maravilhoso passado do casamento as antigas, tinha caso onde havia o dote (transferência de propriedades dos pais, como presentes, dinheiro ou outros bens quando ocorre o casamento de uma filha):
Essa de dote é a base de muita corrupção. Poderia fazer algum sentido quando é o homem que dá o dote, mas a mulher dar o dote é uma aberração.
Não é o dote que estou elogiando. Estou só afirmando que a família sabe escolher melhor o pretendente do que o "falo" do noivo.

Mas no casamento de 1980 e 2010 são os próprios noivos que escolheram. Comparado com hoje, tendem a ser muito mais estáveis quando dão valor à família em vez do ego.
Segundo ela teria relatado ela fez isso por pressão do marido (e isso não é tão raro entre homens ciumentos).
Sobre a jornada de trabalho dela, precisaria saber que tipo de contrato ela tinha coma Globo na época, se se permitia diminuição de jornada.
No caso específico de atriz, existe ciúme porque tem muitas cenas em que ela beija e deita abraçado com outro cara.
Cultura sensual e dinheiro não são causas em si de violência doméstica, tem vários motivos: Ciúmes, possessividade (sobre o parceiro), etc.
Mas é a cultura sensual que gera ciúme.
Talvez mais no passado havia essa reverência a idosos, mas isso talvez já não seria assim faz algumas décadas, nem no Japão, nem na Coréia do Sul (onde já vi falar que nem existe aposentadoria como se tem no Brasil, por exemplo).
Lá eles cuidam diretamente do idoso. No Brasil pagamos para cuidar deles.
Cerca de 33% do que o empregador gasta com o funcionário vai para o INSS. Só 11% aparece no contra-cheque, mas 20% é pago separadamente pelo empregador.
O pior é que a maior parte vai para político e juiz aposentado, e filha de militar.
Fernando Silva escreveu:
Sex, 31 31America/Sao_Paulo Dezembro 31America/Sao_Paulo 2021 - 09:15 am
Por causa dessa "reverência aos idosos", em que os filhos têm que sustentar os pais na velhice, é que os chineses não querem ter filhas.
Elas casam e vão cuidar dos velhos de outra família, por isso eles abortam os fetos mulheres.
Acredito que isto diminuiu com a população migrando do campo para as cidades.
Esse problema é recente na história do Japão. Com a urbanização e o individualismo, idosos passaram a viver sozinhos com mais frequência.
Tradicionalmente, a noiva cuidava de todo mundo (do marido, dos filhos) e não exclusivamente dos sogros.
Mas essa situação em que só tem a noiva e os sogros só ocorre quando a família dos sogros é mais rica. Acaba sendo uma opção dela e não uma imposição cultural. Se o marido morre sem deixar filhos, nada impede que ela vá embora.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Mas é a cultura sensual que gera ciúme.
Ciúme existe até nas culturas mais reaças e conservadoras. Mulher obrigada a usar véu, vários Bentinhos com ciúmes de Capitus desde passado remoto, Era Vitoriana até a atualidade.
Lá eles cuidam diretamente do idoso.
Acho que ainda não ficou claro. Não é bem assim, as coisas teriam mudado.


youtu.be/-2ZpWNRbLBM
Spoiler:
e como
aposentadoria daqui do japão não é das
melhores
ou pelo menos eles não conseguem manter
o padrão de vida que tinha quando
trabalhava
aí alguns japoneses mais idosos eles
preferem ser presos por exemplo a ficar
solitário em casa
isso é verdade recentemente a gente até
vi uma reportagem sobre isso aqui no
japão que o aumentou muito o número de
idosos que faziam pequenos crimes para
serem presos porque aí eles vão ser
cuidados em uma pessoa para cuidar deles
e até um alimento e outra coisa que tem
aumentado muito é o número de idosos que
morrem em casa exatamente por esse
problema da solidão esse é o maior
problema

Esse problema é recente na história do Japão. Com a urbanização e o individualismo, idosos passaram a viver sozinhos com mais frequência.
Tradicionalmente, a noiva cuidava de todo mundo (do marido, dos filhos) e não exclusivamente dos sogros.
Mas essa situação em que só tem a noiva e os sogros só ocorre quando a família dos sogros é mais rica. Acaba sendo uma opção dela e não uma imposição cultural. Se o marido morre sem deixar filhos, nada impede que ela vá embora.
Ele se referiu a outro país asiático: China.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Sex, 31 31America/Sao_Paulo Dezembro 31America/Sao_Paulo 2021 - 16:44 pm
Ciúme existe até nas culturas mais reaças e conservadoras. Mulher obrigada a usar véu, vários Bentinhos com ciúmes de Capitus desde passado remoto, Era Vitoriana até a atualidade.
O ciúme ocorre com menos frequência lá.

Em relação ao hijab, a imposição é cultural e não por causa de ciúme. Na cabeça deles, a falta de hijab é indecência.
Acho que ainda não ficou claro. Não é bem assim, as coisas teriam mudado.

https://youtu.be/-2ZpWNRbLBM?t=4m43s

Ele se referiu a outro país asiático: China.
Esse é o Japão da modernidade, em que os filhos adultos vivem longe dos pais.
No Japão também tem casamentos estranhos, incluindo esse caso de noiva cuidadora de idosas.

Mas a causa da aposentadoria mixuruca lá é que a previdência lá está super-deficitária, tendo uma muitos idosos, taxa de natalidade baixa e encolhimento populacional.


E esse mesmo vídeo termina falando do problema da solidão. E qual é o antídoto para a solidão? A família.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Sex, 31 31America/Sao_Paulo Dezembro 31America/Sao_Paulo 2021 - 17:54 pm
E esse mesmo vídeo termina falando do problema da solidão. E qual é o antídoto para a solidão? A família.
Mais eu tava justamente contra-argumentando o que tu falou sobre na Ásia familiares tratarem idosos melhor.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 3032
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Tutu escreveu:
Sex, 31 31America/Sao_Paulo Dezembro 31America/Sao_Paulo 2021 - 17:54 pm
E esse mesmo vídeo termina falando do problema da solidão. E qual é o antídoto para a solidão? A família.
Melhor só do que mal acompanhado.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Não vejo sentido falar que gênero construído socialmente em cima do sexo. As pessoas são diferentes. Um homem maromba, um nerd magro e um gay seriam três gêneros sociais diferentes do sexo maculino, porque o que eles tem em comum além do corpo masculino?

JK Howling, a autora da Harry Potter, é a favor da comunidade LGBT, mas o fanatismo é tanto que ela foi cancelada pela patrulha. Ela só disse o óbvio que gênero é uma coisa biológica e que não é bom chamar mulheres de "pessoas que menstruam".


youtu.be/D78ZYOwO7RY
Wellington Ricardo
Exato. Deixo este texto sobre o assunto que escrevi no Facebook:

O conceito IDEOLOGIA DE GÊNERO usado pelos conservadores é ruim, atualmente não esclarece nada e acaba confundindo as pessoas. Esse conceito, entendido no seu melhor sentido, tem a ver com o determinismo cultural promovido pelo feminismo, a TEORIA QUEER. A teoria queer é uma ideologia porque ela afirma que a identidade de gênero — o sentimento de ser menino ou menina — é apenas fruto de uma construção social, não havendo influências genéticas. É desse pacote ideológico que surge a LINGUAGEM NEUTRA.

Porém, se a identidade de gênero — o sentimento de ser menino ou menina — fosse apenas uma construção social, a transexualidade seria muito mais frequente. Os transexuais reais são uma parcela muiiitooooo minoritária da população, mesmo se fizerem modificações corporais nunca vão ter biologicamente o sexo que mentalmente se identificam, não estão alinhados ao sexo que de fato possuem biologicamente. É difícil pensar que essa situação é fruto de uma mera construção social. O ser humano na ESMAGADORA maioria dos casos tem o sentimento de ser menino ou menina de acordo com o sexo biológico do nascimento (e por isso a teoria queer está errada, visto que tais coisas apontam influências genéticas no sentimento que alguém tem de ser menino ou menina).

A identidade de gênero é altamente influenciada pelo sexo biológico. As pesquisas mostram que se alguém nasce com o sexo masculino terá provavelmente um cérebro masculino, e se enxergará como sendo um menino. Se alguém nasce com o sexo masculino e se enxerga como sendo uma menina, na perspectiva teológica é por causa da queda humana, e na perspectiva científica é por causa das influências genéticas (o cérebro é feminino, estando em desacordo com o sexo biológico masculino). Existem componentes culturais nos papéis de gênero, mas resumir as influências exercidas sobre esses papéis apenas a aspectos culturais entra em desacordo com as evidências científicas disponíveis.

Um estudo apontou que crianças de 9 meses do sexo masculino escolhem brincar com carrinhos e não bonecas. Outro estudo feito com bebês recém-nascidos com apenas 1 dia de vida, descobriu diferenças entre meninos e meninas. Foi mostrado um objeto mecânico ou um rosto para olhar. E foi descoberto que mais meninos olham por mais tempo para OBJETOS MECÂNICOS e mais meninas olham por mais tempo para ROSTOS. Nos países com mais igualdade de gênero, as mulheres, no geral, acabam escolhendo profissões mais ligadas ao cuidado (psicologia, enfermagem), enquanto os homens, no geral, acabam escolhendo profissões como engenharia, matemática, construção civil.

Recomendo esta série. Um documentário dividido em vários temas, e que mostra as influências genéticas na identidade de gênero, sexualidade, etc.
Vídeo: O paradoxo da igualdade

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Spoiler:
Tutu escreveu:
Ter, 11 11America/Sao_Paulo Janeiro 11America/Sao_Paulo 2022 - 23:26 pm
Não vejo sentido falar que gênero construído socialmente em cima do sexo. As pessoas são diferentes. Um homem maromba, um nerd magro e um gay seriam três gêneros sociais diferentes do sexo maculino, porque o que eles tem em comum além do corpo masculino?

JK Howling, a autora da Harry Potter, é a favor da comunidade LGBT, mas o fanatismo é tanto que ela foi cancelada pela patrulha. Ela só disse o óbvio que gênero é uma coisa biológica e que não é bom chamar mulheres de "pessoas que menstruam".


youtu.be/D78ZYOwO7RY
Wellington Ricardo
Exato. Deixo este texto sobre o assunto que escrevi no Facebook:

O conceito IDEOLOGIA DE GÊNERO usado pelos conservadores é ruim, atualmente não esclarece nada e acaba confundindo as pessoas. Esse conceito, entendido no seu melhor sentido, tem a ver com o determinismo cultural promovido pelo feminismo, a TEORIA QUEER. A teoria queer é uma ideologia porque ela afirma que a identidade de gênero — o sentimento de ser menino ou menina — é apenas fruto de uma construção social, não havendo influências genéticas. É desse pacote ideológico que surge a LINGUAGEM NEUTRA.

Porém, se a identidade de gênero — o sentimento de ser menino ou menina — fosse apenas uma construção social, a transexualidade seria muito mais frequente. Os transexuais reais são uma parcela muiiitooooo minoritária da população, mesmo se fizerem modificações corporais nunca vão ter biologicamente o sexo que mentalmente se identificam, não estão alinhados ao sexo que de fato possuem biologicamente. É difícil pensar que essa situação é fruto de uma mera construção social. O ser humano na ESMAGADORA maioria dos casos tem o sentimento de ser menino ou menina de acordo com o sexo biológico do nascimento (e por isso a teoria queer está errada, visto que tais coisas apontam influências genéticas no sentimento que alguém tem de ser menino ou menina).

A identidade de gênero é altamente influenciada pelo sexo biológico. As pesquisas mostram que se alguém nasce com o sexo masculino terá provavelmente um cérebro masculino, e se enxergará como sendo um menino. Se alguém nasce com o sexo masculino e se enxerga como sendo uma menina, na perspectiva teológica é por causa da queda humana, e na perspectiva científica é por causa das influências genéticas (o cérebro é feminino, estando em desacordo com o sexo biológico masculino). Existem componentes culturais nos papéis de gênero, mas resumir as influências exercidas sobre esses papéis apenas a aspectos culturais entra em desacordo com as evidências científicas disponíveis.

Um estudo apontou que crianças de 9 meses do sexo masculino escolhem brincar com carrinhos e não bonecas. Outro estudo feito com bebês recém-nascidos com apenas 1 dia de vida, descobriu diferenças entre meninos e meninas. Foi mostrado um objeto mecânico ou um rosto para olhar. E foi descoberto que mais meninos olham por mais tempo para OBJETOS MECÂNICOS e mais meninas olham por mais tempo para ROSTOS. Nos países com mais igualdade de gênero, as mulheres, no geral, acabam escolhendo profissões mais ligadas ao cuidado (psicologia, enfermagem), enquanto os homens, no geral, acabam escolhendo profissões como engenharia, matemática, construção civil.

Recomendo esta série. Um documentário dividido em vários temas, e que mostra as influências genéticas na identidade de gênero, sexualidade, etc.
Vídeo: O paradoxo da igualdade
Já vi o vídeo e, por acaso, cheguei a ver o comentário dessa autora pouco depois dela ter publicado. Na hora pensei "Vai levar tiroteio".

Mesmo que ela tivesse dito algo parecido a "Transsexuais não mudaram de sexo de fato", isso não é novidade, mas teria que saber se ela postou com intenção de apenas causar repercussão. Se foi, conseguiu.

E no vídeo ele diz coisas que não novidades, como gênero é construção social, sexo não, sobre os hermafroditas (ele só não falou sobre os pseudo-hermafroditas), etc.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Esse pessoal insiste em conceitos equivocados, como isso de hermafrodita.

O que é um hermafrodita? É um indivíduo que possui dois sexos ao mesmo tempo.

Na especie humana há indivíduos com dois sexos ao mesmo tempo? A resposta é não.

Na espécie humana só há indivíduos ou do sexo masculino ou do sexo feminino, portanto, não hermafroditas.

Ah, mas há os que parecem ter dois sexos. Só que parecer ter é uma coisa, ter de fato é outra.
Na espécie humana pode haver sim indivíduos com sexo anômalo cromossomicamente mas disso não decorre que sejam dois sexos ao mesmo tenpo, esses sexos anômalos ainda serão anomalias ou de um ou de outro sexo.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 13:35 pm
Esse pessoal insiste em conceitos equivocados, como isso de hermafrodita.

O que é um hermafrodita? É um indivíduo que possui dois sexos ao mesmo tempo.

Na especie humana há indivíduos com dois sexos ao mesmo tempo? A resposta é não.

Na espécie humana só há indivíduos ou do sexo masculino ou do sexo feminino, portanto, não hermafroditas.

Ah, mas há os que parecem ter dois sexos. Só que parecer ter é uma coisa, ter de fato é outra.
Na espécie humana pode haver sim indivíduos com sexo anômalo cromossomicamente mas disso não decorre que sejam dois sexos ao mesmo tenpo, esses sexos anômalos ainda serão anomalias ou de um ou de outro sexo.
O desenvolvimento do ser humano começa como fêmea, mas o gene SRY ativa a transformação em macho. Se tiver uma das milhares de falhas no meio da transformação, a pessoa nasce intersexual (hermafrodita). Deixou de ser mulher, mas não se tornou homem. É uma condição no meio do caminho.
https://en.wikipedia.org/wiki/Disorders ... Conditions

Esse problema é tão raro que é muito difícil ter efeito na cultura humana. Só nos tempos antuais que isso tem efeito, mas é para incrementar a agenda LGBT. A grande maioria dos ativistas nunca viu um intersexual.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Tutu escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 13:51 pm
O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 13:35 pm
Esse pessoal insiste em conceitos equivocados, como isso de hermafrodita.

O que é um hermafrodita? É um indivíduo que possui dois sexos ao mesmo tempo.

Na especie humana há indivíduos com dois sexos ao mesmo tempo? A resposta é não.

Na espécie humana só há indivíduos ou do sexo masculino ou do sexo feminino, portanto, não hermafroditas.

Ah, mas há os que parecem ter dois sexos. Só que parecer ter é uma coisa, ter de fato é outra.
Na espécie humana pode haver sim indivíduos com sexo anômalo cromossomicamente mas disso não decorre que sejam dois sexos ao mesmo tenpo, esses sexos anômalos ainda serão anomalias ou de um ou de outro sexo.
O desenvolvimento do ser humano começa como fêmea, mas o gene SRY ativa a transformação em macho. Se tiver uma das milhares de falhas no meio da transformação, a pessoa nasce intersexual (hermafrodita). Deixou de ser mulher, mas não se tornou homem. É uma condição no meio do caminho.
https://en.wikipedia.org/wiki/Disorders ... Conditions

Esse problema é tão raro que é muito difícil ter efeito na cultura humana. Só nos tempos antuais que isso tem efeito, mas é para incrementar a agenda LGBT. A grande maioria dos ativistas nunca viu um intersexual.
Não, no caso se supõe que não tenha o sexo feminino normal e sim, anômalo. E se tivesse o sexo masculino anômalo também não seria hermafroditismo. São condições diferentes. E o fato de a sua fonte ser wikipedia só denota ser um equívoco maior ainda.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Intersexual:
"Na comunidade médica, o termo Desvio de Desenvolvimento Sexual (DDS) também é usado para se referir a esses casos, mas não é unânime"
https://minutosaudavel.com.br/hermafrodita/
O termo correto, acima, DDS Desvio(Também se usa "disturbio" e também "anomalia") de Desenvolvimento Sexual é do que se trata na verdade a coisa toda, mas assim causa polêmica por ser "politicamente neutro". Simples assim, certo? Puro mimimi.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 15:58 pm
Intersexual:
"Na comunidade médica, o termo Desvio de Desenvolvimento Sexual (DDS) também é usado para se referir a esses casos, mas não é unânime"
https://minutosaudavel.com.br/hermafrodita/
O termo correto, acima, DDS Desvio(Também se usa "disturbio" e também "anomalia") de Desenvolvimento Sexual é do que se trata na verdade a coisa toda, mas assim causa polêmica por ser "politicamente neutro". Simples assim, certo? Puro mimimi.
Critica Wikipedia e cita Minuto Saudável, sabe lá que rigor científico eles usam

Falácia Ad Wikipedia? E, se não sabe, na Wikipedia cita as fontes no rodapé:

https://www.dsdgenetics.org

http://www.accordalliance.org

https://www.mottchildren.org/conditions ... evelopment



"Disorders of Sex Development Research". – Provides information regarding the causes, frequency and implications of DSD.

"Accord Alliance". – Approaches to care for people that are affected by differences of sex development (DSD).

"Disorders of Sex Development (DSD) Resources". YourChild. University of Michigan Health System.

"Sex Development". Toronto: The Hospital for Sick Children. Archived from the original on 2010-07-04. An Overview Animation of prenatal genital development

"Handbook for Parents". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

"Clinical Guidelines for the Management of Disorders of Sex Development in Childhood". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

...

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Agnoscetico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 16:48 pm
O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 15:58 pm
Intersexual:
"Na comunidade médica, o termo Desvio de Desenvolvimento Sexual (DDS) também é usado para se referir a esses casos, mas não é unânime"
https://minutosaudavel.com.br/hermafrodita/
O termo correto, acima, DDS Desvio(Também se usa "disturbio" e também "anomalia") de Desenvolvimento Sexual é do que se trata na verdade a coisa toda, mas assim causa polêmica por ser "politicamente neutro". Simples assim, certo? Puro mimimi.
Critica Wikipedia e cita Minuto Saudável, sabe lá que rigor científico eles usam

Falácia Ad Wikipedia? E, se não sabe, na Wikipedia cita as fontes no rodapé:

https://www.dsdgenetics.org

http://www.accordalliance.org

https://www.mottchildren.org/conditions ... evelopment



"Disorders of Sex Development Research". – Provides information regarding the causes, frequency and implications of DSD.

"Accord Alliance". – Approaches to care for people that are affected by differences of sex development (DSD).

"Disorders of Sex Development (DSD) Resources". YourChild. University of Michigan Health System.

"Sex Development". Toronto: The Hospital for Sick Children. Archived from the original on 2010-07-04. An Overview Animation of prenatal genital development

"Handbook for Parents". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

"Clinical Guidelines for the Management of Disorders of Sex Development in Childhood". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

...
Minuto Saudável faz apenas uma citação sobre DDS, que por sua vez é conceito de fontes de artigos cientificos como Scielo e Google Acadêmico. A citação da fonte Minuto Saudavel foi apenas protocolar.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 2210
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Spoiler:
O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 17:15 pm
Agnoscetico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 16:48 pm
O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 15:58 pm
Intersexual:
"Na comunidade médica, o termo Desvio de Desenvolvimento Sexual (DDS) também é usado para se referir a esses casos, mas não é unânime"
https://minutosaudavel.com.br/hermafrodita/
O termo correto, acima, DDS Desvio(Também se usa "disturbio" e também "anomalia") de Desenvolvimento Sexual é do que se trata na verdade a coisa toda, mas assim causa polêmica por ser "politicamente neutro". Simples assim, certo? Puro mimimi.
Critica Wikipedia e cita Minuto Saudável, sabe lá que rigor científico eles usam

Falácia Ad Wikipedia? E, se não sabe, na Wikipedia cita as fontes no rodapé:

https://www.dsdgenetics.org

http://www.accordalliance.org

https://www.mottchildren.org/conditions ... evelopment



"Disorders of Sex Development Research". – Provides information regarding the causes, frequency and implications of DSD.

"Accord Alliance". – Approaches to care for people that are affected by differences of sex development (DSD).

"Disorders of Sex Development (DSD) Resources". YourChild. University of Michigan Health System.

"Sex Development". Toronto: The Hospital for Sick Children. Archived from the original on 2010-07-04. An Overview Animation of prenatal genital development

"Handbook for Parents". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

"Clinical Guidelines for the Management of Disorders of Sex Development in Childhood". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

...
Minuto Saudável faz apenas uma citação sobre DDS, que por sua vez é conceito de fontes de artigos cientificos como Scielo e Google Acadêmico. A citação da fonte Minuto Saudavel foi apenas protocolar.
Então um cita fontes e outra também? E então?

Só falta agora trazer um exemplar humano que tenha as características dos dois sexos XYY, XXY, etc, pra a controvérsia acabar, não?

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Agnoscetico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 18:23 pm
Spoiler:
O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 17:15 pm
Agnoscetico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 16:48 pm
O organoléptico escreveu:
Qua, 12 12America/Sao_Paulo Janeiro 12America/Sao_Paulo 2022 - 15:58 pm
Intersexual:
"Na comunidade médica, o termo Desvio de Desenvolvimento Sexual (DDS) também é usado para se referir a esses casos, mas não é unânime"
https://minutosaudavel.com.br/hermafrodita/
O termo correto, acima, DDS Desvio(Também se usa "disturbio" e também "anomalia") de Desenvolvimento Sexual é do que se trata na verdade a coisa toda, mas assim causa polêmica por ser "politicamente neutro". Simples assim, certo? Puro mimimi.
Critica Wikipedia e cita Minuto Saudável, sabe lá que rigor científico eles usam

Falácia Ad Wikipedia? E, se não sabe, na Wikipedia cita as fontes no rodapé:

https://www.dsdgenetics.org

http://www.accordalliance.org

https://www.mottchildren.org/conditions ... evelopment



"Disorders of Sex Development Research". – Provides information regarding the causes, frequency and implications of DSD.

"Accord Alliance". – Approaches to care for people that are affected by differences of sex development (DSD).

"Disorders of Sex Development (DSD) Resources". YourChild. University of Michigan Health System.

"Sex Development". Toronto: The Hospital for Sick Children. Archived from the original on 2010-07-04. An Overview Animation of prenatal genital development

"Handbook for Parents". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

"Clinical Guidelines for the Management of Disorders of Sex Development in Childhood". Consortium on the Management of Disorders of Sex Development.

...
Minuto Saudável faz apenas uma citação sobre DDS, que por sua vez é conceito de fontes de artigos cientificos como Scielo e Google Acadêmico. A citação da fonte Minuto Saudavel foi apenas protocolar.
Então um cita fontes e outra também? E então?

Só falta agora trazer um exemplar humano que tenha as características dos dois sexos XYY, XXY, etc, pra a controvérsia acabar, não?
E os ufólogos apresentarem um ET e um espírita mostrar um espírito ao vivo ou o Kiko vir com uma bola quadrada. A prova cabal sempre importa.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 3032
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Todas as mulheres na foto são XY e não XX. Elas sofrem da Síndrome da Insensibilidade ao Androgênio, o que faz com que a transição de fêmea para macho durante a gestação não se complete e elas pareçam mulheres por fora, mas tenham órgãos masculinos atrofiados no interior.
Imagem
Em outros casos, o cara tem cromossomos XXY em vez de XY. Ou um feto feminino (XX) produz um excesso de andrógenos e sofre uma masculinização parcial.
Mais detalhes:
https://liagen2017.wixsite.com/liagen/s ... la-lgbtqia

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Fernando Silva escreveu:
Qui, 13 13America/Sao_Paulo Janeiro 13America/Sao_Paulo 2022 - 10:22 am
Todas as mulheres na foto são XY e não XX. Elas sofrem da Síndrome da Insensibilidade ao Androgênio, o que faz com que a transição de fêmea para macho durante a gestação não se complete e elas pareçam mulheres por fora, mas tenham órgãos masculinos atrofiados no interior.
Imagem
Em outros casos, o cara tem cromossomos XXY em vez de XY. Ou um feto feminino (XX) produz um excesso de andrógenos e sofre uma masculinização parcial.
Mais detalhes:
https://liagen2017.wixsite.com/liagen/s ... la-lgbtqia
Por que mulheres? O que define o sexo é o cromossomo masculino Y(ausência dele, sexo feminino, presença, sexo masculino), não o gênero(aparência).

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

O organoléptico escreveu:
Qui, 13 13America/Sao_Paulo Janeiro 13America/Sao_Paulo 2022 - 11:31 am
Por que mulheres? O que define o sexo é o cromossomo masculino Y(ausência dele, sexo feminino, presença, sexo masculino), não o gênero(aparência).
O que todas essas tem em comum é que são estéreis.

Homem completo: É XY, tem falo e testículo, e não tem ovário, útero e mamas de leite.
Mulher completa: É XX, tem ovário, útero e mamas de leite, e não tem falo e testículo.

Elas foram chamadas de mulher porque são fisicamente muito mais próximas a mulher do que a um hermafrodita. Um extremo é mulher, o outro é homem, e o meio é hermafrodita.
Conseguem viver como mulher pura, mas podem ter problemas em relações afetivos e são estéreis.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 3032
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

O organoléptico escreveu:
Qui, 13 13America/Sao_Paulo Janeiro 13America/Sao_Paulo 2022 - 11:31 am
Por que mulheres? O que define o sexo é o cromossomo masculino Y(ausência dele, sexo feminino, presença, sexo masculino), não o gênero(aparência).
Ao nascer, elas foram registradas como mulheres, foram consideradas mulheres enquanto cresciam e foi por acaso que, ao fazer algum exame médico, descobriu-se que eram XY.

De que adianta ser XY se, exteriormente, ninguém diz que você é homem?

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Fernando Silva escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 09:35 am
O organoléptico escreveu:
Qui, 13 13America/Sao_Paulo Janeiro 13America/Sao_Paulo 2022 - 11:31 am
Por que mulheres? O que define o sexo é o cromossomo masculino Y(ausência dele, sexo feminino, presença, sexo masculino), não o gênero(aparência).
Ao nascer, elas foram registradas como mulheres,
Elas não, eles.
Fernando Silva escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 09:35 am
foram consideradas mulheres
Ser considerado algo não te torna aquele algo. Ser considerado criminoso, por exemplo. E não são considerados, são tomados gatos por lebre, o que é diferente. Uma casa precisa ter fundação, uma casa sem fundação não funfa.
Fernando Silva escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 09:35 am

De que adianta ser XY se, exteriormente, ninguém diz que você é homem?
Ora, a ciência não diz? E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

O organoléptico escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 10:07 am
Elas não, eles.
Nem "eles".

Um homem castrado então se torna "ela"?
Ser considerado algo não te torna aquele algo. Ser considerado criminoso, por exemplo. E não são considerados, são tomados gatos por lebre, o que é diferente. Uma casa precisa ter fundação, uma casa sem fundação não funfa.
Um travesti é homem totalmente: hormônios, genitais, pele máscula, testosterona, etc. Só tem um problema na cabeça. Não importa o que pensa, o fato de ser homem não mudará. Por isso, não pode ser tratado como mulher.

Um intersexual é diferente. Existem aqueles com o corpo mais próximo de homem e outro mais próximo de mulher. Nós tratamos conforme o que ele se assemelha mais fisicamente.

O caso só é complicado com hermafrodita verdadeiro, em que não sabemos dizer se é homem ou mulher. Nesse caso, faz sentido considerar o que a cabeça dela escolhe, mesmo que a cabeça dela mude o tempo todo.
https://en.wikipedia.org/wiki/True_hermaphroditism

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Tutu escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 10:49 am
O organoléptico escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 10:07 am
Elas não, eles.
Nem "eles".

Um homem castrado então se torna "ela"?
Ser considerado algo não te torna aquele algo. Ser considerado criminoso, por exemplo. E não são considerados, são tomados gatos por lebre, o que é diferente. Uma casa precisa ter fundação, uma casa sem fundação não funfa.
Um travesti é homem totalmente: hormônios, genitais, pele máscula, testosterona, etc. Só tem um problema na cabeça. Não importa o que pensa, o fato de ser homem não mudará. Por isso, não pode ser tratado como mulher.

Um intersexual é diferente. Existem aqueles com o corpo mais próximo de homem e outro mais próximo de mulher. Nós tratamos conforme o que ele se assemelha mais fisicamente.

O caso só é complicado com hermafrodita verdadeiro, em que não sabemos dizer se é homem ou mulher. Nesse caso, faz sentido considerar o que a cabeça dela escolhe, mesmo que a cabeça dela mude o tempo todo.
https://en.wikipedia.org/wiki/True_hermaphroditism
Está tergiversando.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Imagem


Não posso deixar de pensar que todos eles possivelmente possuem próstata(portanto, prazer sexual masculino) e os tais neurônios em maior quantidade tipicamente masculinos(e eu estou falando no que redunda em ter uma estrutura mental masculina, já que a estrutura mental feminina é possível que seja caracterizada por ter menos neurônios porém eventualnente mais eficientes), portanto, uma mente masculina.

Não deve ser fácil ser um indivíduo destes. Alguma coisa gritando dentro de si o tempo todo sem ter idéia do que possa ser.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

O organoléptico escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 11:14 am
Não posso deixar de pensar que todos eles possivelmente possuem próstata(portanto, prazer sexual masculino) e os tais neurônios em maior quantidade tipicamente masculinos(e eu estou falando no que redunda em ter uma estrutura mental masculina, já que a estrutura mental feminina é possível que seja caracterizada por ter menos neurônios porém eventualnente mais eficientes), portanto, uma mente masculina.

Não deve ser fácil ser um indivíduo destes. Alguma coisa gritando dentro de si o tempo todo sem ter idéia do que possa ser.
Chame então de mulher com próstata.

A mente não será necessariamente masculina ou feminina. Pode ser um dos dois, ou nenhum dos dois, ou uma mente que parece que é mas não é mulher.


youtu.be/m_LsMe4XWmA

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Tutu escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 14:01 pm
O organoléptico escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 11:14 am
Não posso deixar de pensar que todos eles possivelmente possuem próstata(portanto, prazer sexual masculino) e os tais neurônios em maior quantidade tipicamente masculinos(e eu estou falando no que redunda em ter uma estrutura mental masculina, já que a estrutura mental feminina é possível que seja caracterizada por ter menos neurônios porém eventualnente mais eficientes), portanto, uma mente masculina.

Não deve ser fácil ser um indivíduo destes. Alguma coisa gritando dentro de si o tempo todo sem ter idéia do que possa ser.
Chame então de mulher com próstata.


Sem chance. Só macho tem próstata.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 3032
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

O organoléptico escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 10:07 am
Ao nascer, elas foram registradas como mulheres,
Foram consideradas mulheres
Ser considerado algo não te torna aquele algo. Ser considerado criminoso, por exemplo. E não são considerados, são tomados gatos por lebre, o que é diferente. Uma casa precisa ter fundação, uma casa sem fundação não funfa.
Nasceram com corpo de mulher, desenvolveram seios na adolescência, mas viram homens quando o médico descobre que, na verdade, têm cromossomos XY?

É isso que importa e não o corpo de mulher que têm?

Re: Feminismo e ideologia de gênero

O organoléptico
Mensagens: 312
Registrado em: Seg, 22 22America/Sao_Paulo Novembro 22America/Sao_Paulo 2021 - 19:31 pm

Mensagem por O organoléptico »

Fernando Silva escreveu:
Sáb, 15 15America/Sao_Paulo Janeiro 15America/Sao_Paulo 2022 - 08:30 am
O organoléptico escreveu:
Sex, 14 14America/Sao_Paulo Janeiro 14America/Sao_Paulo 2022 - 10:07 am
Ao nascer, elas foram registradas como mulheres,
Foram consideradas mulheres
Ser considerado algo não te torna aquele algo. Ser considerado criminoso, por exemplo. E não são considerados, são tomados gatos por lebre, o que é diferente. Uma casa precisa ter fundação, uma casa sem fundação não funfa.
Nasceram com corpo de mulher, desenvolveram seios na adolescência, mas viram homens quando o médico descobre que, na verdade, têm cromossomos XY?

É isso que importa e não o corpo de mulher que têm?
Viram homens, não, eles o são.

Re: Feminismo e ideologia de gênero

Tutu
Mensagens: 617
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

A importância do patriarcado.

youtu.be/mTiAy2ICLW4
Responder