Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Área destinada a discussões sobre História, Sociedade, Comportamento e Filosofia

Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Antes de 2018, existia uma agressividade de pessoas de direita de considerar que todos que não gostam de Bolsonaro como sendo esquerdista, comunista e tudo mais. Atualmente, a coisa se inverteu. Estão acusando antipetistas que odeiam Bolsonaro ou qualquer outra pessoa que vota nulo, como sendo "bolsomínion enrustido".

Usarei este vídeo esquedista de exemplo sobre o que fala de uma atriz da Globo chamada Juliana Paes.

youtu.be/qOjMsaqPxgw

No início, vemos o cara interrogando uma médica doida que receitou cloroquina. Ele foi grosso com ela (e ele está certo na minha opinião), mas perguntar detalhes muito específicos, como a data específica de início da pandemia, já é exagero.

Então Juliana só manifestou que não gostou da forma agressiva como ela foi tratada. Então ela foi acusada de ser bolsmínion.

Ela então gravou uma resposta deixando claro que não gosta de nenhum lado e não se sente representada e está desamparada.
Ela falou do problema de querer politizar tudo. Concordo com ela quando lembro da manifestação ridícula do fim do último mês contra a má gestão do governo, porque tinha uma predominância de esquerdista e cor vermelha, o que tira toda a credibilidade da manifestação, a qual deveria protestar contra um problema sério que afeta todos sem propaganda partidária.
Ela também disse de coisas que deseja para a administração pública, misturando ideais de esquerda direita. E critica essa polarização ridícula.
Ela falou de "delírios comunistas" e isso chamou atenção. Ela não conhece a definição das palavras, mas acostumou a chamar esquerda de comunista e não aprendeu um termo para direita.
E além disso ela enfatiza muito o termo mulher como "mulher merece respeito" (em vez de ser humano), parecendo muito com uma feminista falando.


O vídeo termina com a frase mais problemática: "Se não é de esquerda nem de direita, é de direita".

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

fenrir
Mensagens: 347
Registrado em: Qui, 19 19America/Sao_Paulo Março 19America/Sao_Paulo 2020 - 21:59 pm

Mensagem por fenrir »

Nada de novo
Direitistas do tipo bolsominion inverteriam a coisa e pensariam "se nao é de direita nem de esquerda, é de esquerda"
Para quem esta num extremo, todo o resto tem que estar no outro. Veem as coisas dessa forma, generalizam e simplificam tudo, porque para eles parece que pensar um pouco dói.
Acho que foi Voltaire quem disse que pensar em termos de extremos, 8 ou 80, é característico de mentes limitadas. Vou procurar o quote.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2365
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Tutu escreveu:
Qui, 10 10America/Sao_Paulo Junho 10America/Sao_Paulo 2021 - 19:39 pm
O vídeo termina com a frase mais problemática: "Se não é de esquerda nem de direita, é de direita".
Eu me considero de direita, mas não de extrema direita.
Posso achar que o Incomível é um imbecil sem passar automaticamente para a esquerda.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 893
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

Isso não é novidade. A esquerda sempre teve a cultura de querer cancelar quem não defende abertamente o politicamente correto. É bem comum ver celebridades de esquerda pressionando outras celebridades a fazerem críticas públicas ao atual governo.

O comportamento da extrema esquerda e extrema direita é exatamente o mesmo. E para eles, somente no outro lado é que existem extremistas.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Fulano
Mensagens: 152
Registrado em: Sáb, 28 28America/Sao_Paulo Março 28America/Sao_Paulo 2020 - 10:38 am

Mensagem por Fulano »

Eu gosto dos vídeos do Meteoro. Sei qual é a tendência deles.

Curto também o canal dos Galãs Feios que também tem a mesma tendência do meteoro.

Veja se algum deles criticaram o presidente da Argentina pelo preconceito contra mexicanos e brasileiros.

Lembro que o Meteoro fez um vídeo para explicar a fala da Karol Conká quando ela foi preconceituosa com uma nordestina no BBB. Foi passassão de pano pra justificar um preconceito estrutural que até mesmo uma "ícone" militante tem. Depois que todos viram a índole da Karol, ninguém mais tentou passar o pano pra ela.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Fulano
Mensagens: 152
Registrado em: Sáb, 28 28America/Sao_Paulo Março 28America/Sao_Paulo 2020 - 10:38 am

Mensagem por Fulano »

Cinzu escreveu:
Sex, 11 11America/Sao_Paulo Junho 11America/Sao_Paulo 2021 - 22:10 pm
Isso não é novidade. A esquerda sempre teve a cultura de querer cancelar quem não defende abertamente o politicamente correto. É bem comum ver celebridades de esquerda pressionando outras celebridades a fazerem críticas públicas ao atual governo.

O comportamento da extrema esquerda e extrema direita é exatamente o mesmo. E para eles, somente no outro lado é que existem extremistas.
Esses tempo o Felipe Neto estava exigindo que se posicionassem contra o Bozo e dizia que quem não fizesse seria cúmplice e ele pararia de seguir.

Lembro de uma coisa altamente patética e grotesca em que um desses colunistas postaram uma charge da dupla Maiara e Maraisa comparando-as a nazistas só porque elas não se posicionavam.

Imagem

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Fulano escreveu:
Sáb, 12 12America/Sao_Paulo Junho 12America/Sao_Paulo 2021 - 01:30 am
Eu gosto dos vídeos do Meteoro. Sei qual é a tendência deles.

Curto também o canal dos Galãs Feios que também tem a mesma tendência do meteoro.

Veja se algum deles criticaram o presidente da Argentina pelo preconceito contra mexicanos e brasileiros.

Lembro que o Meteoro fez um vídeo para explicar a fala da Karol Conká quando ela foi preconceituosa com uma nordestina no BBB. Foi passassão de pano pra justificar um preconceito estrutural que até mesmo uma "ícone" militante tem. Depois que todos viram a índole da Karol, ninguém mais tentou passar o pano pra ela.
Que eu lembre agora só o Henry Bagulho fez a crítica.

E falando nessa coisa de hipocrisia de esquerdistas, tem vídeos com exemplos claros de preconceito e discriminação feita por esquerdistas contra gays, por exemplo, mas por motivo que desconheço a direita (pelo menos os canais com maior alcance) não usa isso pra repercutir e mais pessoas verem que há hipocrisia entre os esquerdas tanto como na direita. Teve um vídeo sobre ex-companheiros de Che Guevara que deram depoimento sobre ele ter sido racista contra índios, etc, mas não achei de novo.

Evo Morales demonstra homofobia quando alega que frangos tem cada vez mais hormônios femininos fazendo homens ficarem gays

EVO MORALES OJO CON LOS POLLOS GAYS


youtu.be/u7aFHItFfkE

La homofobia de Maduro los comentarios antigays del Presidente venezolano


youtu.be/YvbZ5W8-MQU

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qua, 16 16America/Sao_Paulo Junho 16America/Sao_Paulo 2021 - 13:16 pm
Evo Morales demonstra homofobia quando alega que frangos tem cada vez mais hormônios femininos fazendo homens ficarem gays
O raciocínio dele pode estar errado, mas não demonstra ódio contra gays, portanto não é homofobia. Só o politicamente correto interpreta isso como homofobia.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Qua, 16 16America/Sao_Paulo Junho 16America/Sao_Paulo 2021 - 22:26 pm
Agnoscetico escreveu:
Qua, 16 16America/Sao_Paulo Junho 16America/Sao_Paulo 2021 - 13:16 pm
Evo Morales demonstra homofobia quando alega que frangos tem cada vez mais hormônios femininos fazendo homens ficarem gays
O raciocínio dele pode estar errado, mas não demonstra ódio contra gays, portanto não é homofobia. Só o politicamente correto interpreta isso como homofobia.
Falar isso como se fosse um problema de saúde num discurso não é homofobia?
Se dissesse que frangos deixam pessoas mais atentas (ou outro exemplo ou analogia que sirva melhor) será que ele faria discurso? Isso não daria ibope pois não causa polêmica.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qua, 16 16America/Sao_Paulo Junho 16America/Sao_Paulo 2021 - 23:47 pm
Falar isso como se fosse um problema de saúde num discurso não é homofobia?
Uma coisa é dizer que é problema de saúde, outra coisa é ter ódio.

Do mesmo modo, transtorno bipolar é um problema de saúde, mas ter ódio dos portadores é outra história. O politicamente correto está até inventando o termo "neurodiverso" como eufemismo para problemas mentais.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 11:24 am
Agnoscetico escreveu:
Qua, 16 16America/Sao_Paulo Junho 16America/Sao_Paulo 2021 - 23:47 pm
Falar isso como se fosse um problema de saúde num discurso não é homofobia?
Uma coisa é dizer que é problema de saúde, outra coisa é ter ódio.

Do mesmo modo, transtorno bipolar é um problema de saúde, mas ter ódio dos portadores é outra história. O politicamente correto está até inventando o termo "neurodiverso" como eufemismo para problemas mentais.
Fobia não é ódio mas aversão. O termo certo pra ódio a homossexuais seria "Misohomia" ou algo assim, mas seria cacofônico.
Além do mais, porque ele se incomodou ao ponto de fazer discurso como se homens terem "virado" gays como se fosse problema de saúde pública.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 15:04 pm
Fobia não é ódio mas aversão. O termo certo pra ódio a homossexuais seria "Misohomia" ou algo assim, mas seria cacofônico.
Além do mais, porque ele se incomodou ao ponto de fazer discurso como se homens terem "virado" gays como se fosse problema de saúde pública.
Então nesse sentido, homofobia não é um problema. O que mais existe no mundo é aversão a pessoas por qualquer motivo, seja ele bobo ou não, como forma de vestir, sotaque, voz, etc.

O problema então é misohomia, porque é quando ocorre violações de direitos humanos. Prender, torturar, matar e expulsar de locais públicos é o grande problema. Debochar ou criticar discordância de princípios ou objetivos já é muito diferente.

Já sofri bully por causa da aparência e da voz e nem por isso fico de mimimi.

Relacionado com o tema:

youtu.be/4imBFZwar2A

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Pedro Reis
Mensagens: 701
Registrado em: Ter, 24 24America/Sao_Paulo Março 24America/Sao_Paulo 2020 - 11:28 am

Mensagem por Pedro Reis »

Tutu escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 17:00 pm
Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 15:04 pm
Fobia não é ódio mas aversão. O termo certo pra ódio a homossexuais seria "Misohomia" ou algo assim, mas seria cacofônico.
Além do mais, porque ele se incomodou ao ponto de fazer discurso como se homens terem "virado" gays como se fosse problema de saúde pública.
Então nesse sentido, homofobia não é um problema. O que mais existe no mundo é aversão a pessoas por qualquer motivo, seja ele bobo ou não, como forma de vestir, sotaque, voz, etc.

O problema então é misohomia, porque é quando ocorre violações de direitos humanos. Prender, torturar, matar e expulsar de locais públicos é o grande problema. Debochar ou criticar discordância de princípios ou objetivos já é muito diferente.

Já sofri bully por causa da aparência e da voz e nem por isso fico de mimimi.

Eu acho que todo mundo tem que ter direito à aversão ao que quiser. E também o direito de opinião, por mais escrota.

Se o cara tem aversão aos gays, é um problema dele. Ok, ele não pode ser obrigado a achar lindo.

Mas não é legal que a sociedade estimule ou mesmo ache bacana esse tipo de intolerância. Afinal, o cara provavelmente não nasceu com essa aversão mas a absorveu da própria sociedade. Então certos valores podem e devem mudar.

E não há vantagens nem futuro para uma sociedade que não cultiva a tolerância. Que não enxerga a tolerãncia como um valor positivo.

Porque afinal de contas toda maioria não passa de um conjunto de minorias se discriminando mutuamente. Pois todos pertencem ou até mesmo desejam pertencer a alguma minoria.

Pode ser uma minoria sexual, racial, estética, comportamental, religiosa, etc... Mas as sociedades neuróticas e geradoras de neuroses são aquelas de viés fascista que querem enquadrar a todos em um único padrão artificial.

A Alemanha nazista foi um exemplo extremo. Os nazistas estabeleceram quais eram as religiões certas, os casamentos certos, o tipo de família que deveria ser formado (com uma mãe do lar submissa ao homem e que gerasse muitos filhos), a raça que as pessoas deveriam ter, a aparência, os comportamentos... até a arte, música e arquitetura foram classificadas pelos nazistas como adequadas ou inadequadas. Esse regime doentio chegou ao ponto de eliminar pessoas que não se encaixam nos padrões desejados: doentes mentais, portadores de deficiência, homossexuais, judeus, ciganos, comunistas.

Quanto mais uma sociedade se afasta disso, mais próxima do bem-estar e da saúde mental ela se encontra.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 17:00 pm
Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 15:04 pm
Fobia não é ódio mas aversão. O termo certo pra ódio a homossexuais seria "Misohomia" ou algo assim, mas seria cacofônico.
Além do mais, porque ele se incomodou ao ponto de fazer discurso como se homens terem "virado" gays como se fosse problema de saúde pública.
Então nesse sentido, homofobia não é um problema. O que mais existe no mundo é aversão a pessoas por qualquer motivo, seja ele bobo ou não, como forma de vestir, sotaque, voz, etc.

O problema então é misohomia, porque é quando ocorre violações de direitos humanos. Prender, torturar, matar e expulsar de locais públicos é o grande problema. Debochar ou criticar discordância de princípios ou objetivos já é muito diferente.

Já sofri bully por causa da aparência e da voz e nem por isso fico de mimimi.

Relacionado com o tema:

youtu.be/4imBFZwar2A
Já sofri bully por causa da aparência e da voz e nem por isso fico de mimimi.
Que evidência que sofreu bullying?
Com que intensidade?
Que garantia dá de que não sofreu de alguma Síndrome de Estcolmo ou coisa do tipo?
Por que achar que tua experiência pessoal de lidar com isso é igual a de outros? Muitos outros sofrem por mais tempo, por agressões mais graves (físicas, verbais, morais, etc) além do fato de ter outras diferenças como: Teve que dar conta desse problema sozinho? Era do tipo que levava pancada mas ignorava mesmo sob risco de coisas piores? Tem outras possibilidades e coisas particulares que uma pessoa passou e outra não.

No politicamente correto há exageros, mas muitas vezes perseguições e discriminações começam com comentários sutis e aparentemente inofensivos que vai caindo no inconsciente coletivo, e, gradualmente a coisa pode ir aumentando que nem uma chama pequena que vira incêndio. Muitas vezes der liberdade pra abusos a coisa pode ir piorando; então é melhor barrar antes que a coisa piore.

(...)


Spoiler:
Pedro Reis escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 17:55 pm
Tutu escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 17:00 pm
Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 15:04 pm
Fobia não é ódio mas aversão. O termo certo pra ódio a homossexuais seria "Misohomia" ou algo assim, mas seria cacofônico.
Além do mais, porque ele se incomodou ao ponto de fazer discurso como se homens terem "virado" gays como se fosse problema de saúde pública.
Então nesse sentido, homofobia não é um problema. O que mais existe no mundo é aversão a pessoas por qualquer motivo, seja ele bobo ou não, como forma de vestir, sotaque, voz, etc.

O problema então é misohomia, porque é quando ocorre violações de direitos humanos. Prender, torturar, matar e expulsar de locais públicos é o grande problema. Debochar ou criticar discordância de princípios ou objetivos já é muito diferente.

Já sofri bully por causa da aparência e da voz e nem por isso fico de mimimi.

Eu acho que todo mundo tem que ter direito à aversão ao que quiser. E também o direito de opinião, por mais escrota.

Se o cara tem aversão aos gays, é um problema dele. Ok, ele não pode ser obrigado a achar lindo.

Mas não é legal que a sociedade estimule ou mesmo ache bacana esse tipo de intolerância. Afinal, o cara provavelmente não nasceu com essa aversão mas a absorveu da própria sociedade. Então certos valores podem e devem mudar.

E não há vantagens nem futuro para uma sociedade que não cultiva a tolerância. Que não enxerga a tolerãncia como um valor positivo.

Porque afinal de contas toda maioria não passa de um conjunto de minorias se discriminando mutuamente. Pois todos pertencem ou até mesmo desejam pertencer a alguma minoria.

Pode ser uma minoria sexual, racial, estética, comportamental, religiosa, etc... Mas as sociedades neuróticas e geradoras de neuroses são aquelas de viés fascista que querem enquadrar a todos em um único padrão artificial.

A Alemanha nazista foi um exemplo extremo. Os nazistas estabeleceram quais eram as religiões certas, os casamentos certos, o tipo de família que deveria ser formado (com uma mãe do lar submissa ao homem e que gerasse muitos filhos), a raça que as pessoas deveriam ter, a aparência, os comportamentos... até a arte, música e arquitetura foram classificadas pelos nazistas como adequadas ou inadequadas. Esse regime doentio chegou ao ponto de eliminar pessoas que não se encaixam nos padrões desejados: doentes mentais, portadores de deficiência, homossexuais, judeus, ciganos, comunistas.

Quanto mais uma sociedade se afasta disso, mais próxima do bem-estar e da saúde mental ela se encontra.


A diferença que nesse caso foi feita por um nativo-americano e esquerdista (assim como Maduro) que muitos vêem como vítimas de perseguição racial, mas mesmo assim ele fez esse comentário.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 18:04 pm
No politicamente correto há exageros, mas muitas vezes perseguições e discriminações começam com comentários sutis e aparentemente inofensivos que vai caindo no inconsciente coletivo, e, gradualmente a coisa pode ir aumentando que nem uma chama pequena que vira incêndio. Muitas vezes der liberdade pra abusos a coisa pode ir piorando; então é melhor barrar antes que a coisa piore.
Quando o politicamente correto foca demais numa categoria específica, acaba causando antipatia em pessoas neutras porque acham bizarro quando o estado a considera como protegidinhos ou dá privilégios a ela. Gordos sempre foram zoados e considerados uma meta a não ser atingida e nem por isso surgiu algum tipo de movimento fascista desejando exterminar ou prender todos num spa. No caso da obesidade, há motivos completamente válidos (saúde) para recomendar a emagrecer.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Spoiler:
Tutu escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 20:33 pm
Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 18:04 pm
No politicamente correto há exageros, mas muitas vezes perseguições e discriminações começam com comentários sutis e aparentemente inofensivos que vai caindo no inconsciente coletivo, e, gradualmente a coisa pode ir aumentando que nem uma chama pequena que vira incêndio. Muitas vezes der liberdade pra abusos a coisa pode ir piorando; então é melhor barrar antes que a coisa piore.
Quando o politicamente correto foca demais numa categoria específica, acaba causando antipatia em pessoas neutras porque acham bizarro quando o estado a considera como protegidinhos ou dá privilégios a ela. Gordos sempre foram zoados e considerados uma meta a não ser atingida e nem por isso surgiu algum tipo de movimento fascista desejando exterminar ou prender todos num spa. No caso da obesidade, há motivos completamente válidos (saúde) para recomendar a emagrecer.

Tu ta minimizando (usando gordos obrigados a ir num spa, como exemplo que nem citei), sendo simplista. Argumentos assim são usados pra dizer que se opôr a humilhações usando movimento e politicamente correto

Cito como exemplo Nando Moura dizendo que antigamente tinha bullying e não acontecia nada, mas quando falaram sobre enfiar cadáver do pai dele naquele lugar ele quis processar quem fez isso. Duvido que em caso de bullying na escola sendo pobre e/ou fraco ia conseguir processar com a facilidade com que teve sendo playboy mimado e mimizento.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Hipatia
Mensagens: 206
Registrado em: Qua, 04 04America/Sao_Paulo Março 04America/Sao_Paulo 2020 - 15:27 pm
Localização: 3ª PEDRA ORBITANDO A ESTRELA AMARELA

Mensagem por Hipatia »

Sou filha de branco com negro, então tenho pele "parda" (pardo pra mim é papel, mas vá lá), cabelos cacheados e lábios grossos, eu estudei em escola de rico por anos, vivi um "Everybody Hates Cris" literal, e sempre reagia, fosse com palavras ou gestos, e já cheguei às vias de fato com uma dentuça que se achava melhor do que eu, ela teve a pachorra de dizer que os dentes sujos de restos de comida eram uma "pomada pra diminuir os dentes"; aquilo foi tão estapafúrdio que eu na hora entrei no modo "voadora", se não fosse outra menina apartar, a dentuça tinha ficado sem os dentes. :twisted:

Mas pessoas diferentes reagem de formas diferentes a estímulos idênticos, então não podemos julgar alguém que fica depressivo e ansioso todas as vezes que precisa enfrentar violência verbal ou física.

Um bom exemplo disso são os chimpanzés e os bonobos...quem conhece essa experiência que analisa as reações de ambos com relação à adrenalina e ao cortisol, sabe do que eu estou falando.

E voltando ao tema do post, vivi isso aqui em casa, também, meu ex-marido, em sua peleja pró Bozo, várias vezes levava minhas questões para o lado pessoal e ficava ofendidíssimo quando eu falava mal do mito, isso desgastou mais ainda nossa relação, enquanto eu tentava usar argumentos isentos, sem apelar, ele ficava transtornado e a conversa virava discussão improdutiva. Ele me chamava de inocente, burra, isentona, emcimadomurista, enfim, a razão desaparecia quando ele ouvia as ressalvas ao Bolsonaro...acabei desistindo do diálogo E do casamento... :lol:
AVE ENTROPIA MORITURI TE SALUTANT

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Qui, 17 17America/Sao_Paulo Junho 17America/Sao_Paulo 2021 - 23:32 pm
Tu ta minimizando (usando gordos obrigados a ir num spa, como exemplo que nem citei), sendo simplista. Argumentos assim são usados pra dizer que se opôr a humilhações usando movimento e politicamente correto

Cito como exemplo Nando Moura dizendo que antigamente tinha bullying e não acontecia nada, mas quando falaram sobre enfiar cadáver do pai dele naquele lugar ele quis processar quem fez isso. Duvido que em caso de bullying na escola sendo pobre e/ou fraco ia conseguir processar com a facilidade com que teve sendo playboy mimado e mimizento.
Apenas falei que do mesmo modo que menosprezar gordo nunca fez surgir um movimento de ódio, menosprezar homossexual não é a causa dos movimentos de ódio.
Uma coisa não leva a outra enquanto não começar a falar de violação de direitos humanos.

E Nando Moura não passa de um pilantra hipócrita.

Tudo isso é mimimi. Se uma pessoa me ofende verbalmente, eu ignoro porque tenho coisas mais importantes a fazer do que bater boca com gente insuportável.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Sex, 18 18America/Sao_Paulo Junho 18America/Sao_Paulo 2021 - 11:26 am
Apenas falei que do mesmo modo que menosprezar gordo nunca fez surgir um movimento de ódio, menosprezar homossexual não é a causa dos movimentos de ódio.
Uma coisa não leva a outra enquanto não começar a falar de violação de direitos humanos.

E Nando Moura não passa de um pilantra hipócrita.

Tudo isso é mimimi. Se uma pessoa me ofende verbalmente, eu ignoro porque tenho coisas mais importantes a fazer do que bater boca com gente insuportável.
Bullying é ofensa contínua e sistemática que pode levar a agressão física dependendo do grau de abuso de liberdade que quem pratica
Numa sala, rua, etc. Já cansei de ver caso de pessoas que partiu pra cima quando começavam a ser provocados pois se deixassem os outros iam dizer algo "Vai deixar por isso mesmo?" e isso abria precedente pra outros tomarem abuso de liberdade e fazerem o mesmo.

E depende da ofensa verbal, tem casos que inclui calúnia e difamação pode ferra a vida duma pessoa. O lema "Paus e pedras podem quebrar meus ossos mas palavras não podem me ferir" pode ser verdade até certo ponto e certas situações, mas cada caso é um caso.

Se os gays não são problema porque um presidente dar tanta relevância mencionando frangos com hormônios femininos fazerem homens héteros virarem gays? Se fosse caso de saúde pública e não de comportamento sexual de quem quer que seja, isso deve incomodar ele pelo visto.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 2365
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Tutu escreveu:
Sex, 18 18America/Sao_Paulo Junho 18America/Sao_Paulo 2021 - 11:26 am
Tudo isso é mimimi. Se uma pessoa me ofende verbalmente, eu ignoro porque tenho coisas mais importantes a fazer do que bater boca com gente insuportável.
Já enfiei a mão na cara de dois babacas que estavam me enchendo o saco e eles passaram a me respeitar. Acho que estavam me testando.
Mas não é regra geral.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Tutu
Mensagens: 355
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Agnoscetico escreveu:
Sex, 18 18America/Sao_Paulo Junho 18America/Sao_Paulo 2021 - 12:51 pm
Numa sala, rua, etc. Já cansei de ver caso de pessoas que partiu pra cima quando começavam a ser provocados pois se deixassem os outros iam dizer algo "Vai deixar por isso mesmo?" e isso abria precedente pra outros tomarem abuso de liberdade e fazerem o mesmo.
O problema é essa cultura de violência que tem (tinha) nas escolas. A escola tem que intervir nesses casos.
Mas nunca vi casos de violência entre crianças acabar mal.
Agnoscetico escreveu:
Sex, 18 18America/Sao_Paulo Junho 18America/Sao_Paulo 2021 - 12:51 pm
E depende da ofensa verbal, tem casos que inclui calúnia e difamação pode ferra a vida duma pessoa.
Isso é muito sério. (Mulher linchada por falsa acusação de sequestro, golpe contra Neymar, ...)
Mas não deve ser confundido com piada de forma do corpo, do nariz e preferência sexual.
Agnoscetico escreveu:
Sex, 18 18America/Sao_Paulo Junho 18America/Sao_Paulo 2021 - 12:51 pm
Se os gays não são problema porque um presidente dar tanta relevância mencionando frangos com hormônios femininos fazerem homens héteros virarem gays? Se fosse caso de saúde pública e não de comportamento sexual de quem quer que seja, isso deve incomodar ele pelo visto.
O que deveria fazer com ele? Inquisição?

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1584
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Tutu escreveu:
Dom, 20 20America/Sao_Paulo Junho 20America/Sao_Paulo 2021 - 12:27 pm
O problema é essa cultura de violência que tem (tinha) nas escolas. A escola tem que intervir nesses casos.
Mas nunca vi casos de violência entre crianças acabar mal.

Isso é muito sério. (Mulher linchada por falsa acusação de sequestro, golpe contra Neymar, ...)
Mas não deve ser confundido com piada de forma do corpo, do nariz e preferência sexual.

O que deveria fazer com ele? Inquisição?
1) A escola TEM (no mundo ideal) que intervir nesses casos. Havia (talvez ainda há) o famoso "Te pego lá fora", onde a escola não tem poder de jurisdição (ou seja lá como chama).
Mas se bullying (não confundir com zoeirinha entre amigos ou coisa esporádica) é apenas mimimi, então isso aqui não seria problema, certo?

https://www.instagram.com/p/B8_Vwl7HODR

2) Alguns tipos de bullying pode incluir calúnia e difamação também não fica só na zoação, além do que falei sobre trotes físicos violentos, etc.

3) Ele podia ter ficado caldo em vez de ter dito algo tão fútil como aquilo. Quem fala o quer não pode reclamar do não quer, e aquilo de liberdade de expressão muito bonito na teoria mas na prática quando é com ele funciona a lógica "Pimenta nos olhos dos outros é refresco", ainda mais vindo dum líder que namorava um regime autoritário como Cuba e de Maduro, nem poderia reclamar de falta de liberdade de expressão.

Re: Intolerância política: Se não está do meu lado, está do lado do meu inimigo

Fulano
Mensagens: 152
Registrado em: Sáb, 28 28America/Sao_Paulo Março 28America/Sao_Paulo 2020 - 10:38 am

Mensagem por Fulano »

Fulano escreveu:
Sáb, 12 12America/Sao_Paulo Junho 12America/Sao_Paulo 2021 - 01:30 am
Eu gosto dos vídeos do Meteoro. Sei qual é a tendência deles.

Curto também o canal dos Galãs Feios que também tem a mesma tendência do meteoro.

Veja se algum deles criticaram o presidente da Argentina pelo preconceito contra mexicanos e brasileiros.

Lembro que o Meteoro fez um vídeo para explicar a fala da Karol Conká quando ela foi preconceituosa com uma nordestina no BBB. Foi passassão de pano pra justificar um preconceito estrutural que até mesmo uma "ícone" militante tem. Depois que todos viram a índole da Karol, ninguém mais tentou passar o pano pra ela.
O canal dos Galãs acabou fazendo a crítica contra o presidente da Argentina.
Responder