Porte e posse de armas: prós e contras

Área destinada a discussões sobre História, Sociedade, Comportamento e Filosofia

Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Pasteur
Mensagens: 101
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 06:12 am

Mensagem por Pasteur »

FAVOR

Devemos ter direito de defender nossa vida, a de nossa família e também nosso patrimônio.

Com treinamento, evita-se acidentes dentro de casa.

A criminalidade aumentou pois o ladrão sabe que estamos desarmados.

Só "cidadãos de bem" (sic) possuem armas legalizadas.

Fonte: Academia de Tiro Centaurus, Clube Isa de Tiro e Clube Águia de Haia

*

CONTRA

Reagir a um assalto aumenta as chances de desfechos fatais.

Armas dentro de casa aumentam a chance de ferir um familiar por acidente ou conflito doméstico.

A arma pode ser roubada e acabar nas mãos do criminoso.

Guerra de todos contra todos: busca de armas cada vez mais letais para se sentir mais protegido.

Fonte: Sérgio Adorno, do Núcleo de Estudos da Violência-USP e PM

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Pasteur
Mensagens: 101
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 06:12 am

Mensagem por Pasteur »

Consegue lembrar mais algum pró ou contra? E aí? Mais pró ou mais contra? Eu tenho simpatia pelo porte de arma porque imagino que o ladrão não vai assaltar com tanta tranquilidade sabendo que há uma possível maior defesa. E as pessoas não vão xingar umas às outras no trânsito por nada. Haverá um maior "respeito".

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Pasteur
Mensagens: 101
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 06:12 am

Mensagem por Pasteur »

Pedro Reis escreveu: Minha opinião sobre isso é que quem quer que esteja se passando por Pasteur é burro pra cacete. LOL
É você mesmo Pedro Reis? Nunca vi o Pedro Reis escrever somente duas linhas! É sempre mais de cem!

Agora que me chamou de burro aponte as burrices, quem sabe eu aprendo!

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
aronax
Mensagens: 208
Registrado em: Qua, 04 04America/Sao_Paulo Março 04America/Sao_Paulo 2020 - 18:31 pm
Localização: Passo Fundo-RS

Mensagem por aronax »

Preambulo;
Tenho uma visão natural/liberal de direitos. Basicamente estes 3;
1- a vida….sem a qual nada mais tem importância.
2- a liberdade...que depois da vida é o mais importante, pois te permite buscar teus sonhos e exercer o direito numero 1 que é a vida.
Liberdade significa não somente que o indivíduo tenha tanto a oportunidade quanto o fardo da escolha; significa também que ele deve arcar com as consequências de suas ações. Liberdade e responsabilidade são inseparáveis. Friedrich August von Hayek
Um conceito completo de liberdade, muito deturpado e esquecido atualmente.
3- a propriedade, base de apoio dos demais…..mas como assim a propriedade ser um direito natural e nascer com o indivíduo?….sim, a primeira propriedade é o corpo da pessoa. As demais resultam do uso adequado destes 3 direitos.
Agora vamos ao proposto contra.
Reagir a um assalto aumenta as chances de desfechos fatais.
Verdade. Principalmente se só o criminoso estiver armado, caso contrário pode ser fatal para ele. O clima/certeza de impunidade que nossas leis lenientes permitem o aumento da violência pois afinal "não dá nada". Mesmo não reagindo temos a chance de sermos vitimas fatais.
Armas dentro de casa aumentam a chance de ferir um familiar por acidente ou conflito doméstico.
Acidentes podem ocorrer até com facas de cozinha, mas não vamos proibi-las certo? Conflito doméstico pode ser danoso e até fatal com facas, ou qualquer objeto pesado ou contundente, e numa casa tem muitos.
A arma pode ser roubada e acabar nas mãos do criminoso.
Sim, tudo que temos pode ser roubado. Sem a arma, isto é muito mais provável, inclusive nossa vida.
Guerra de todos contra todos: busca de armas cada vez mais letais para se sentir mais protegido.
algum dado concreto que justifique isto? e isto aumentou a violência?
Países extremamente armados como Suiça e Israel são bem menos violentos que muitos "não armados". Se o criminoso parte da incerteza sobre as possíveis vitimas estarem ou não armadas, ele passará a fazer delitos menos agressivos. Ex. em vez de atacar você para roubar seu carro, ele tentará roubá-lo quando estiver estacionado em algum lugar conveniente, sem conflito. A possibilidade de que a vitima potencial esteja armada será um contencioso.
Os que defendem o desarmamento dizem e esperam que o estado propicie a segurança. Mas isto é praticamente impossível, principalmente num pais com tantos problemas como o nosso. Negar os meios de defesa individual é criminoso.
Tem também o lado politico/ideológico. Desarmar a população é uma das primeiras propostas de similares a Chaves/Maduro/Lula/e cia.
Certamente eles não concordam com o enunciado na segunda emenda da constituição americana;
EMENDA II

Sendo necessária à segurança de um Estado livre a existência de uma milícia bem organizada, o direito do povo de possuir e usar armas não poderá ser impedido.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

aronax escreveu:
Sáb, 07 07America/Sao_Paulo Março 07America/Sao_Paulo 2020 - 20:58 pm

Tem também o lado politico/ideológico. Desarmar a população é uma das primeiras propostas de similares a Chaves/Maduro/Lula/e cia.
E até agora o que o Bô fez de efetivo para REVOGAR o estatuto do desarmamento de 2003 ?


Resposta: Nada.


E até agora o que o Bô fez de efetivo para conceder a liberdade individual para o cidadão (não processado ou não julgado por crime violento) ter efetivamente o direito de ter e portar armas (pelo menos .38 SPL) ?

Resposta: Nada.


:dance:

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
aronax
Mensagens: 208
Registrado em: Qua, 04 04America/Sao_Paulo Março 04America/Sao_Paulo 2020 - 18:31 pm
Localização: Passo Fundo-RS

Mensagem por aronax »

JJ_JJ escreveu:
Qua, 11 11America/Sao_Paulo Março 11America/Sao_Paulo 2020 - 21:15 pm
aronax escreveu:
Sáb, 07 07America/Sao_Paulo Março 07America/Sao_Paulo 2020 - 20:58 pm

Tem também o lado politico/ideológico. Desarmar a população é uma das primeiras propostas de similares a Chaves/Maduro/Lula/e cia.
E até agora o que o Bô fez de efetivo para REVOGAR o estatuto do desarmamento de 2003 ?


Resposta: Nada.


E até agora o que o Bô fez de efetivo para conceder a liberdade individual para o cidadão (não processado ou não julgado por crime violento) ter efetivamente o direito de ter e portar armas (pelo menos .38 SPL) ?

Resposta: Nada.


:dance:
O estatuto foi promulgado por lei pelo molusco em 2003, em 2005 num referendo o povo por ampla maioria rejeitou a parte da posse de armas. O que fizeram os governos do molusco e da anta estocadora de vento?....supostamente democráticos e populares, não seguiram a determinação do povo.
"Aiiinnn o que o Bo fez?"
O congresso deve mudar a lei, o atual governo dentro do que a lei vigente permite faz sim algumas alterações. Mas o congresso ainda está infestado de ratos canhotos, e não será tão cedo que a decisão do povo será obedecida. Acione algum neurônio e se informe.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

aronax escreveu:
Qua, 11 11America/Sao_Paulo Março 11America/Sao_Paulo 2020 - 21:58 pm

O estatuto foi promulgado por lei pelo molusco em 2003, em 2005 num referendo o povo por ampla maioria rejeitou a parte da posse de armas. O que fizeram os governos do molusco e da anta estocadora de vento?....supostamente democráticos e populares, não seguiram a determinação do povo.
"Aiiinnn o que o Bo fez?"
O congresso deve mudar a lei, o atual governo dentro do que a lei vigente permite faz sim algumas alterações. Mas o congresso ainda está infestado de ratos canhotos, e não será tão cedo que a decisão do povo será obedecida. Acione algum neurônio e se informe.

O Bô ainda não mostrou ter capacidade de liderança para sequer apresentar algum projeto de lei para revogar a lei de 2003.

Quanto a "não seguiram a determinação do povo", isto é falso, pois o plebiscito colocava a questão de proibir ou não o comércio de armas. E o povo escolheu: Não. E foi acatado, o comércio de armas Não foi proibido.

8-)

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 833
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

Particularmente acho que as pessoas dão mais atenção do que deveriam a esse assunto. Claro que todo tema pode e dever ser discutido, mas não vejo sentido algum em pressões políticas para manter ou derrubar o estatuto do desarmamento. Não é uma medida urgente e muito menos importante, diante da infinidade de problemas e mudanças que precisamos fazer no atual cenário de nosso país.

A liberação ou restrição do porte/posse de armas pouco influi nas taxas de criminalidade, já que os estudos a respeito são contraditórios (até porque provavelmente vários dos estudos são também tendenciosos, cada um a seu lado). E quanto à liberdade de portar armas, há uma série de outras liberdades que o estado também não nos permite, porém não vejo tanta movimentação a favor das liberdades de uma forma geral, quanto há especificamente à liberdade de portar armas.

Liberdade Individual de Ter e de Portar Armas

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

JJ escreveu:Considero fundamental a liberdade individual de ter e de portar armas de fogo (ou outras armas). Considero que o indivíduo (que não tem ficha criminal com crime violento) deve ter o direito de ter e portar armas.  Obviamente  não considero que isso é a grande medida em termos de política de segurança pública (para isso é necessário um sistema legal, policial e judicial que funcione relativamente bem).

O Deputado Rogério Peninha tem um bom projeto sobre isso, mas, este não tem recebido apoio suficiente do atual suposto governo de direita, que neste ponto esta meio esquerdado. Pois, até o momento a lei esquerdista do desarmamento de 2003 continua plenamente válida.
JJ escreveu:O projeto do Deputado Rogério Peninha passou por algumas modificações durante a longa tramitação na Câmara, tem que ver como ficou o texto, seja como for chegou ao estágio de pronto para ir ao plenário:


PL 3722/2012 Inteiro teor
Projeto de Lei

Situação: Pronta para Pauta no PLENÁRIO (PLEN)


Identificação da Proposição
Autor
Rogério Peninha Mendonça - PMDB/SC

Apresentação
19/04/2012
Ementa
Disciplina as normas sobre aquisição, posse, porte e circulação de armas de fogo e munições, cominando penalidades e dando providências correlatas.

Dados Complementares:
Altera o Decreto-lei nº 2.848, de 1940 e revoga a Lei nº 10.826, de 2003.


https://www.camara.leg.br/proposicoesWe ... cao=541857
JJ escreveu:E para os direitistas fracos, que ainda são contra o direito do cidadão de bem portar armas, segue um texto do Lula no qual ele defende que os cidadãos de bem  não tenham a liberdade de ter e portar armas,  deste modo  os direitistas fracos poderão entender que estão juntos com o Lula  (e o PT)  nesta questão :


09/10/2005 - Mais vida, menos armas


Por Luiz Inácio Lula da Silva



Em 2002, a meu pedido, o Instituto Cidadania elaborou um programa para a área da segurança pública, que pouco depois se tornou o Plano Nacional de Segurança Pública. Implementado desde o início de meu governo pelo Ministério da Justiça, seu último capítulo tratava da necessidade de estabelecer um controle efetivo sobre as armas de fogo no Brasil. Um ano depois, em dezembro de 2003, o Brasil já tinha um instrumento eficaz para auxiliar na diminuição da violência: o Estatuto do Desarmamento.

Todos sabem que temos hoje uma das maiores taxas de homicídios do mundo. Uma situação que se deteriorou gravemente nas últimas décadas. Sociólogos, policiais, médicos e outros especialistas na questão atribuem esse crescimento ao enorme volume de armas em circulação no país.

Em 1980, por exemplo, os crimes contra a vida correspondiam a 19,8% do total de mortes por causas externas no Brasil, o que representou a perda de 13.910 vidas em um ano. De lá para cá, a incapacidade de elaboração de políticas eficazes para o enfrentamento do problema colocou o Brasil, em 2002, em um indesejável sexto lugar na comparação internacional envolvendo os 38 países com maior taxa de homicídios do mundo: o número de mortos chegou a 37.978 em um único ano. Essa triste evolução teve conseqüências sérias, já que a maioria das vítimas foram jovens entre 17 e 29 anos, vidas que representavam o futuro deste país.

O esforço para mudar esse quadro não é recente. Em 1997, o Brasil aprovou uma lei para melhor controlar as armas em circulação. Mas a lei previa um controle descentralizado de armas em circulação, não estabelecia vínculo formal entre os dados dos órgãos policiais e os órgãos militares e não dava nenhum incentivo à população que quisesse se desarmar. Com isso, a sociedade brasileira não viu avanços ou resultados positivos capazes de regular o nosso estoque de armas ou que promovesse, em definitivo, o desarmamento no país.

Com base nas premissas do Plano Nacional de Segurança Pública, o Ministério da Justiça participou ativamente da consolidação dos projetos de lei que tramitavam no Congresso Nacional e resultaram no Estatuto do Desarmamento. Com o apoio da sociedade civil e o empenho dos parlamentares de todas as siglas partidárias, em seis meses a lei foi aprovada e, em 23 de dezembro, sancionada. Hoje, o estatuto não é apenas um instrumento dos brasileiros, mas um exemplo de legislação que interessa a muitos países.

A partir da aprovação da lei, o controle das armas foi centralizado na União, a cargo da Polícia Federal e do Comando do Exército. Portarias dos dois ministérios reforçaram restrições e controles definidos pela lei, como o uso e compra de armas e munições. Em seguida, determinei ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, que divulgasse o estatuto. Isso foi feito com a Caravana do Desarmamento, que percorreu todos os Estados brasileiros e conclamou a população a aderir a essa causa que propõe desenvolver a cultura da paz em nosso país. A sociedade civil organizada, as igrejas, a imprensa, os governos estaduais e municipais, todos se engajaram na tarefa de retirar de circulação o maior número possível de armas. Foram criados diversos comitês regionais pelo desarmamento.

O governo estipulou uma indenização para quem entregasse suas armas, e os resultados foram surpreendentes. Inicialmente, nossa meta era recolher 80 mil armas de julho a dezembro de 2004, quase o dobro do que as polícias estaduais retiram anualmente de circulação. Mas esse número foi rapidamente ultrapassado, o que nos levou a prorrogar por duas vezes a campanha. Até o início da semana passada, já tínhamos 464.857 armas recolhidas.

O resultado do esforço do governo e da sociedade brasileira com a campanha pelo desarmamento foi positivo. Pela primeira vez em 13 anos, o número de mortes por arma de fogo caiu no Brasil. Pesquisa feita pelo Ministério da Saúde revelou que, depois do início da campanha, em 2004, o número de homicídios por arma de fogo diminuiu 8,2% em relação ao ano anterior. Os dados mostraram que, em um só ano, 3.234 vidas foram poupadas.

São números incontestáveis, já que o Ministério da Saúde cruzou dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade com o número de armas recolhidas e revelou que as maiores quedas ocorreram justamente nos Estados que mais recolheram armas. Para confirmar ainda mais os efeitos positivos do desarmamento, a Unesco divulgou outra pesquisa, também no mês passado, na qual estimou como seria a progressão no número de homicídios caso a campanha não tivesse ocorrido e concluiu que mais de 5.000 vidas foram poupadas apenas em razão da campanha.

Agora, o Brasil tem a oportunidade de dar um passo além, com a realização do referendo popular que vai definir se a comercialização de armas deve ou não ser proibida no país. Contra a proibição, argumenta-se que o cidadão estará desarmado e que ele é o responsável pela sua vida. Esta, no entanto, não é uma responsabilidade individual, mas do Estado detentor do monopólio legítimo da violência e responsável pela segurança pública.

Sei que algumas pessoas, peritas em armamento, consideram a vedação ao porte uma ofensa a seu direito individual. Essas pessoas, contudo, são exceções, e a lei não é feita para as exceções. Todos os países do mundo admitem restrições aos direitos individuais quando seu exercício pode colocar em risco os direitos ou a vida de terceiros. O direito fundamental ilimitado por excelência é o direito de opinião.

Sei que exterminar a violência é difícil, talvez impossível. Mas, no dia 23, afinal, teremos a oportunidade de fazer algo eficaz contra ela. O suposto benefício representado pela posse de arma de fogo está muito abaixo dos incontáveis malefícios que ela produz. O desarmamento é medida valiosa para a salvação de muitas vidas preciosas. Em vez de atacá-lo, apliquemos nossas energias no fortalecimento das instituições responsáveis pela segurança e no combate à impunidade.

Por todas essas razões, como cidadão brasileiro, posiciono-me pelo SIM no dia 23 de outubro.


Luiz Inácio Lula da Silva, 59, é o presidente da República Federativa do Brasil.


Artigo publicado no jornal Folha de S.Paulo de 09/10/05.



---------------------------------


E aí direitistas fracos querem ficar ao ladinho do Lula ?   :D



Obs. Este texto que está atribuído ao Lula como autor é certamente  de autoria de um ghost whiter  que serviu ao Lu,  entretanto, ele é um político espertalhão, que sabia que a maior parte da esquerda apoia o desarmamentismo, portanto ele chancelou o desarmamento dos cidadãos (mesmo porque o espertalhão tinha ( e ainda tem ?)  seguranças armados que o protegiam, e protegem ).

JJ escreveu:Sim, ele tem seguranças armados que o protegem:

Seguranças armados de Lula impedem passagem de moradores em Parati (RJ), diz Bia Kicis (veja os vídeos)
03/12/2019 às 10:17



Leia mais: https://www.jornaldacidadeonline.com.br ... -os-videos



E o distinto e desarmamentista (propagandisticamente) cidadão continua a ter o direito de ter seguranças armados pagos pelos cidadãos desarmados pela lei que ele apoiou e sancionou:


RIO — O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) decidiu, na tarde esta terça-feira, restabelecer os direitos que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha por ter ocupado a Presidência da República, como segurança, transporte e assessoria.


https://oglobo.globo.com/brasil/tribuna ... a-22729634
Arcanjo Lúcifer escreveu:Quando vc vê gente como Lulla, Stédile e Sarney defendendo algo é melhor vc ser contra.
Arcanjo Lúcifer escreveu:A maioria políticos e artistas ricos que são a favor do desarmamento tem escolta armada.

A Marina Silva e a favor mas deu uma entrevista dizendo que tinha uma espingarda em casa para se proteger ja que morava na selva com duas irmãs.

Ela pode ter mas as outras pessoas que vivem na mesma situação não podem.

O Stédile é a favor mas já encontraram um monte de armas ilegais em assentamentos do MST.

Eu não compraria uma arma mas defendo o direito das pessoas que acham necessário portar uma por motivos pessoais.
aronax escreveu:Sou a favor usando o principio dos diretos fundamentais naturais numa visão liberal, mas que penso dificilmente alguém poderá ser contra.....
O ser humano tem 3 direitos naturais básicos, que nascem com ele.
1- a vida….sem a qual nada mais tem importância.
2- a liberdade...que depois da vida é o mais importante, pois te permite buscar teus sonhos e exercer o direito numero 1 que é a vida.
Liberdade significa não somente que o indivíduo tenha tanto a oportunidade quanto o fardo da escolha; significa também que ele deve arcar com as consequências de suas ações. Liberdade e responsabilidade são inseparáveis. Friedrich August von Hayek
Um conceito completo de liberdade, muito deturpado e esquecido atualmente.
3- a propriedade, base de apoio dos demais…..mas como assim a propriedade ser um direito natural e nascer com o indivíduo?….sim, a primeira propriedade é o corpo da pessoa. As demais resultam do uso adequado destes 3 direitos.
A posse dá ao cidadão (que não seja criminoso, e seja habilitado) de ter meios para defender sua vida.

Para ilustrar a segunda emenda de uma constituição que não é a nossa...infelizmente:
EMENDA II

Sendo necessária à segurança de um Estado livre a existência de uma milícia bem organizada, o direito do povo de possuir e usar armas não poderá ser impedido.
Cinzu escreveu:
JJ escreveu:E para os direitistas fracos, que ainda são contra o direito do cidadão de bem portar armas, segue um texto do Lula no qual ele defende que os cidadãos de bem  não tenham a liberdade de ter e portar armas,  deste modo  os direitistas fracos poderão entender que estão juntos com o Lula  (e o PT)  nesta questão :
Arcanjo Lúcifer escreveu:Quando vc vê gente como Lulla, Stédile e Sarney defendendo algo é melhor vc ser contra.
Lula já se manifestou contra o aborto em algumas ocasiões. Então seguindo essa mesma lógica, a direita deve defender o aborto?

Sarney se posiciona contra o aborto, e também contra as drogas. Logo, aborto e drogas devem ser legalizados.

Com todo o respeito, mas esse posicionamento de opor-se a alguma ideia apenas porque x ou y apoiam essa ideia é de uma falta de opinião própria sem precedentes. Da mesma forma, que acusar alguém de defender ideia tal apenas porque alguma figura abominável popularmente também defende essa ideia. JJ cometeu essa mesma falácia em outro tópico, e volto a reforçar, não passa de uma variação de um Reductio ad Hitlerum.
Reductio ad Hitlerum, também conhecida como argumentum ad Hitlerum, reductio (ou argumentum) ad Nazium – latim macarrônico para "redução (da argumentação) a Hitler (ou aos nazistas)" – é uma moderna lógica falaciosa. O argumento carrega um forte peso emocional e retórico, uma vez que em muitas culturas qualquer relação com Hitler ou nazistas é automaticamente condenada. A tática é muitas vezes utilizada para desqualificar argumentos ou mesmo utilizada quando não há mais argumentos, e tende a produzir efeitos mais agressivos do que racionais nas respostas, desviando o foco do oponente. Um subtipo dessa falácia é a comparação das intenções de um oponente com o Holocausto. Outras variantes incluem comparações com Gestapo (a polícia secreta nazista), fascismo, totalitarismo e até mais vagamente com o terrorismo.
Para quem tanto condena a esquerda e a critica por atribuir nazismo/fascismo a qualquer tipo de atitude que possa de alguma forma assemelhar-se a alguma prática nazista ou fascista, é um tanto quanto hipócrita fazer uso da mesma retórica condenável ao qual o suposto adversário político adota.

Evitar falácias e argumentos superficiais deveria ser o mínimo para pelo menos tentarmos manter um bom nível de debate.
Arcanjo Lúcifer escreveu:Lula e Sarney são tão falsos que podem ser a favor e contra algo ao mesmo tempo conforme interesses do momento, por isso digo que se são a favor eu sou contra.

Lula diz ser contra o aborto? O  mesmo cara que queria que a ex mulher abortasse a própria  filha?

Os caras são contra quando pedem votos na igreja e a favor quando botam as patas para fora dela.
Cinzu escreveu:
JJ escreveu:E para os direitistas fracos, que ainda são contra o direito do cidadão de bem portar armas, segue um texto do Lula no qual ele defende que os cidadãos de bem  não tenham a liberdade de ter e portar armas,  deste modo  os direitistas fracos poderão entender que estão juntos com o Lula  (e o PT)  nesta questão :
Arcanjo Lúcifer escreveu:Quando vc vê gente como Lulla, Stédile e Sarney defendendo algo é melhor vc ser contra.
Lula já se manifestou contra o aborto em algumas ocasiões. Então seguindo essa mesma lógica, a direita deve defender o aborto?

Sarney se posiciona contra o aborto, e também contra as drogas. Logo, aborto e drogas devem ser legalizados.

Com todo o respeito, mas esse posicionamento de opor-se a alguma ideia apenas porque x ou y apoiam essa ideia é de uma falta de opinião própria sem precedentes. Da mesma forma, que acusar alguém de defender ideia tal apenas porque alguma figura abominável popularmente também defende essa ideia. JJ cometeu essa mesma falácia em outro tópico, e volto a reforçar, não passa de uma variação de um Reductio ad Hitlerum.
Reductio ad Hitlerum, também conhecida como argumentum ad Hitlerum, reductio (ou argumentum) ad Nazium – latim macarrônico para "redução (da argumentação) a Hitler (ou aos nazistas)" – é uma moderna lógica falaciosa. O argumento carrega um forte peso emocional e retórico, uma vez que em muitas culturas qualquer relação com Hitler ou nazistas é automaticamente condenada. A tática é muitas vezes utilizada para desqualificar argumentos ou mesmo utilizada quando não há mais argumentos, e tende a produzir efeitos mais agressivos do que racionais nas respostas, desviando o foco do oponente. Um subtipo dessa falácia é a comparação das intenções de um oponente com o Holocausto. Outras variantes incluem comparações com Gestapo (a polícia secreta nazista), fascismo, totalitarismo e até mais vagamente com o terrorismo.
Para quem tanto condena a esquerda e a critica por atribuir nazismo/fascismo a qualquer tipo de atitude que possa de alguma forma assemelhar-se a alguma prática nazista ou fascista, é um tanto quanto hipócrita fazer uso da mesma retórica condenável ao qual o suposto adversário político adota.

Evitar falácias e argumentos superficiais deveria ser o mínimo para pelo menos tentarmos manter um bom nível de debate.

Cinzu,

Aqui a minha frase teve  forma de comunicação  política.  Em política essa forma de comunicar é plenamente válida.

Vejamos:

1. Alguém poderia  fazer um textão liberal sobre essa questão de liberdade individual de ter e portar armas, colocando juízos de valores e talvez até juízos de fatos. Entretanto, muitos nem leriam ou muitos leriam e nem entenderiam direito.

2. A comparação com o juízo de valor do  Lula é uma forma sintética de mostrar a semelhança da pessoa com o cara, e se esta já for uma pessoa antilula/anti PT  esta terá rapidamente um motivo para (re)pensar sobre a sua posição anti liberdade de portar  armas.


Arcanjo Lúcifer escreveu:A maioria políticos e artistas ricos que são a favor do desarmamento tem escolta armada.

Exatamente, são uns hipócritas que geralmente tem um ou mais seguranças armados (com arma de fogo) fazendo a segurança pessoal deles e da família deles.    :x

Cinzu escreveu:De toda forma, não deixa de ser incoerente contrariar uma ideia apenas porque fulano defende, sem explicitar os reais motivos. Da mesma forma que trata-se de uma falácia sem tamanho acusar ciclano de Y por defender a mesma ideia de Y.

A esquerda usa da mesma prática para acusar políticos da direita de nazistas. Hitler era nacionalista, então quem defende nacionalismo é nazista.

Logo, uma vez que vocês estão fazendo uso de práticas utilizadas pela esquerda, conclui-se que vocês são esquerdistas.

Re: Liberdade Individual de Ter e de Portar Armas

Avatar do usuário
Cinzu
Mensagens: 833
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 16:06 pm

Mensagem por Cinzu »

Já não tem um tópico sobre isso?

Re: Liberdade Individual de Ter e de Portar Armas

Avatar do usuário
Gabarito
Site Admin
Mensagens: 763
Registrado em: Seg, 02 02America/Sao_Paulo Março 02America/Sao_Paulo 2020 - 06:49 am

Mensagem por Gabarito »

Cinzu escreveu:
Sáb, 14 14America/Sao_Paulo Março 14America/Sao_Paulo 2020 - 11:02 am
Já não tem um tópico sobre isso?
Já tinha.
Eu fundi os dois tópicos.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Tutu
Mensagens: 226
Registrado em: Qui, 09 09America/Sao_Paulo Abril 09America/Sao_Paulo 2020 - 17:03 pm

Mensagem por Tutu »

Para mim arma é coisa ou de polícia ou de bandido. Meu medo de arma é dos assassinatos entre os "cidadãos de bem", fazendo-os deixar de ser cidadão de bem.

Esse caso de arma é parte do marketing político. Pessoas de direita são mais sensíveis ao medo, então o marketing faz as pessoas imaginarem situações de medo, como o caso de estar indefesa diante de um ataque de bandido. Assim, essa causa ganha eleitores que nem consideram os verdadeiro interesses do político.

Também existe nas redes sociais a demonização da instituição estado e enxergam liberação de armas como uma forma de privatização da polícia.
Pasteur escreveu:
Ter, 03 03America/Sao_Paulo Março 03America/Sao_Paulo 2020 - 23:44 pm
Devemos ter direito de defender nossa vida, a de nossa família e também nosso patrimônio.
Esse é o complexo de herói achando que vai ter a sorte de derrotar os inimigos armados. A falta de experiência pode fazer a mão tremer na hora e errar o tiro. Num conflito com armas, o vencedor é aquele que vê o outro primeiro e arma de quem foi visto se torna inútil.

Seria mais fácil pôr câmeras, alarmes, cerca elétrica e trancas na casa. Se puder ver o invasor antes, poderia acionar o alarme e chamar a polícia. Mas se o bandido invadiu com sucesso sem ser visto, duvido que o cidadão de bem estaria com a arma em mãos no momento, mesmo possuindo uma. Por isso, vejo arma como o poder de matar e não como o poder de se defender.

A maioria dos casos de invasão ocorrem quando o cidadão está entrando e saindo de casa. Muitas vezes o bandido estuda a casa da vítima dias antes para escolher o horário de ataque e saber quantas pessoas estão em casa.
Pasteur escreveu:
Ter, 03 03America/Sao_Paulo Março 03America/Sao_Paulo 2020 - 23:44 pm
Com treinamento, evita-se acidentes dentro de casa.
Isso não evita briga de bêbado, briga de vizinho e crime passional. Até briga de trânsito é motivo para matar neste país.
Se a arma estiver bem escondida, o cidadão pode não ter tempo suficiente para pegar a arma quando o bandido invadir.
Se o bandido fizer um familiar de refém, o nervosismo fará esquecer o treinamento.
Pasteur escreveu:
Ter, 03 03America/Sao_Paulo Março 03America/Sao_Paulo 2020 - 23:44 pm
A criminalidade aumentou pois o ladrão sabe que estamos desarmados.
Os asiáticos discordam disso.
Pasteur escreveu:
Ter, 03 03America/Sao_Paulo Março 03America/Sao_Paulo 2020 - 23:44 pm
Só "cidadãos de bem" (sic) possuem armas legalizadas.
Que são igualmente letais.
aronax escreveu:
Sáb, 07 07America/Sao_Paulo Março 07America/Sao_Paulo 2020 - 20:58 pm
Acidentes podem ocorrer até com facas de cozinha, mas não vamos proibi-las certo? Conflito doméstico pode ser danoso e até fatal com facas, ou qualquer objeto pesado ou contundente, e numa casa tem muitos.
Qualquer coisa pode ser usada como arma, desde prato de vidro a cabo de vassoura. Mas a única utilidade da arma é matar.
E a arma funciona só com um simples movimento de dedo e não precisa se aproximar do alvo.
Faca precisa de força ao atacar e é necessário se aproximar do alvo correndo o risco de ter a faca tomada.
JJ_JJ escreveu:
Sáb, 14 14America/Sao_Paulo Março 14America/Sao_Paulo 2020 - 08:29 am
1. Alguém poderia fazer um textão liberal sobre essa questão de liberdade individual de ter e portar armas, colocando juízos de valores e talvez até juízos de fatos. Entretanto, muitos nem leriam ou muitos leriam e nem entenderiam direito.
Esse tipo de argumento é muito ideológico em vez de pragmático. É dizer que individualismo/liberalismo é a solução para todos os problemas e que uma ideia é boa só por ser da ideologia favorita e não por ser bom em si. Usando a ideologia, poderia ter o direito de ter uma metralhadora e um tanque de guerra também. Por isso acho que, numa vida em sociedade, temos que abrir mão de vários valores individualistas.

Falando de individualismo, seria injusto um cidadão de bem que falhou num psicotécnico rigoroso não ter o "direito de se defender" também se as necessidades são as mesmas.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
aronax
Mensagens: 208
Registrado em: Qua, 04 04America/Sao_Paulo Março 04America/Sao_Paulo 2020 - 18:31 pm
Localização: Passo Fundo-RS

Mensagem por aronax »

Tutu escreveu:
Dom, 03 03America/Sao_Paulo Maio 03America/Sao_Paulo 2020 - 12:02 pm


aronax escreveu:
Sáb, 07 07America/Sao_Paulo Março 07America/Sao_Paulo 2020 - 20:58 pm
Acidentes podem ocorrer até com facas de cozinha, mas não vamos proibi-las certo? Conflito doméstico pode ser danoso e até fatal com facas, ou qualquer objeto pesado ou contundente, e numa casa tem muitos.
Qualquer coisa pode ser usada como arma, desde prato de vidro a cabo de vassoura. Mas a única utilidade da arma é matar.
E a arma funciona só com um simples movimento de dedo e não precisa se aproximar do alvo.
Faca precisa de força ao atacar e é necessário se aproximar do alvo correndo o risco de ter a faca tomada.
Não,,,,a arma pode atingir seu objetivo sem ser utilizada, pelo simples fato de existir pode inibir violência. Países em que armas são comuns na população, tem mais crimes não violentos...pequenos roubos, ou melhor furtos.
Se eu possuísse uma arma seria para defesa.....não ia sair matando pessoas. A arma sozinha não mata ninguém, o uso que damos é o problema.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 1664
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

aronax escreveu:
Dom, 03 03America/Sao_Paulo Maio 03America/Sao_Paulo 2020 - 13:21 pm
Países em que armas são comuns na população, tem mais crimes não violentos...pequenos roubos, ou melhor furtos.
Só que esses países têm uma cultura diferente, uma tradição em ter armas.
Simplesmente mudar a lei no Brasil não vai mudar a cabeça das pessoas.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
aronax
Mensagens: 208
Registrado em: Qua, 04 04America/Sao_Paulo Março 04America/Sao_Paulo 2020 - 18:31 pm
Localização: Passo Fundo-RS

Mensagem por aronax »

Fernando Silva escreveu:
Seg, 04 04America/Sao_Paulo Maio 04America/Sao_Paulo 2020 - 07:49 am
aronax escreveu:
Dom, 03 03America/Sao_Paulo Maio 03America/Sao_Paulo 2020 - 13:21 pm
Países em que armas são comuns na população, tem mais crimes não violentos...pequenos roubos, ou melhor furtos.
Só que esses países têm uma cultura diferente, uma tradição em ter armas.
Simplesmente mudar a lei no Brasil não vai mudar a cabeça das pessoas.
Seria interessante examinar os números do Brasil antes e depois do estatuto do desarmamento.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

Defendo a posse e o porte de armas por uma questão liberdade do indivíduo, não porque eu acredite que tenha uma significativa eficácia para diminuir crimes violentos, na verdade acredito que não tenha eficácia geral. No máximo pode, em alguns casos específicos, servir para evitar ataques, mas as condições para isso certamente não são condições que iriam ocorrer de forma ampla.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »


Exército cita indústria ao reduzir controle de armas


https://www.terra.com.br/amp/noticias/b ... mx88j.html

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Não adiantaria vender armas legais se criminosos puderem adquirir através de roubo a paióis da polícia e exército armas mais poderosas.

Acusado de fornecer armas e drogas para favelas cariocas é preso no RJ


https://noticias.uol.com.br/cotidiano/u ... rj.amp.htm

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Caso em que o porte de armas de fogo seria favorável (caçada de animais ameaçadores), mas que acaba tendo um resultado desfavorável (incidentes com mau uso da arma)

Caçada a javali termina em tragédia no Sul de Minas

https://www.em.com.br/app/noticia/gerai ... 4/amp.html

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

Agnoscetico escreveu:
Seg, 29 29America/Sao_Paulo Junho 29America/Sao_Paulo 2020 - 20:06 pm
Não adiantaria vender armas legais se criminosos puderem adquirir através de roubo a paióis da polícia e exército armas mais poderosas.

Acusado de fornecer armas e drogas para favelas cariocas é preso no RJ


A ideia de ter a liberdade de portar uma arma (normalmente) não ocorre pela ideia de tentar se defender de associações criminosas altamente armadas com armas do tipo fuzis. A ideia de ter um porte de arma (e adequado treinamento para seu uso) tem, de forma mais racional, a ver com a possibilidade de dissuadir um ataque criminoso (desde que percebido em tempo hábil).



.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

JJ_JJ escreveu:
Dom, 30 30America/Sao_Paulo Agosto 30America/Sao_Paulo 2020 - 16:27 pm
Agnoscetico escreveu:
Seg, 29 29America/Sao_Paulo Junho 29America/Sao_Paulo 2020 - 20:06 pm
Não adiantaria vender armas legais se criminosos puderem adquirir através de roubo a paióis da polícia e exército armas mais poderosas.

Acusado de fornecer armas e drogas para favelas cariocas é preso no RJ


A ideia de ter a liberdade de portar uma arma (normalmente) não ocorre pela ideia de tentar se defender de associações criminosas altamente armadas com armas do tipo fuzis. A ideia de ter um porte de arma (e adequado treinamento para seu uso) tem, de forma mais racional, a ver com a possibilidade de dissuadir um ataque criminoso (desde que percebido em tempo hábil).



.

Mas tem gente que acha que isso vai diminuir muito a crimilnalidade. Tem muitos ancaps que pensam algo assim.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

Agnoscetico escreveu:
Seg, 31 31America/Sao_Paulo Agosto 31America/Sao_Paulo 2020 - 19:57 pm
Mas tem gente que acha que isso vai diminuir muito a crimilnalidade. Tem muitos ancaps que pensam algo assim.

Ancaps são um bando de tontos.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 1664
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Um imbecil lhe dá uma fechada no trânsito e você buzina.
Normalmente, ele vai apenas lhe xingar ou mostrar o dedo e seguir em frente.
Mas, se ele estiver armado, há o risco de ele atirar em você.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
JJ_JJ
Mensagens: 800
Registrado em: Sex, 06 06America/Sao_Paulo Março 06America/Sao_Paulo 2020 - 10:32 am
Localização: Goiás

Mensagem por JJ_JJ »

Fernando Silva escreveu:
Ter, 01 01America/Sao_Paulo Setembro 01America/Sao_Paulo 2020 - 09:27 am
Um imbecil lhe dá uma fechada no trânsito e você buzina.
Normalmente, ele vai apenas lhe xingar ou mostrar o dedo e seguir em frente.
Mas, se ele estiver armado, há o risco de ele atirar em você.

No Brasil, coerentemente com a bem menor possibilidade de punição de crimes violentos, comparando em relação aos EUA, isto é realmente algo provável de ocorrer (de forma não insignificante). Infelizmente, este é um dos poréns com relação à liberdade de portar arma de fogo no Brasil.

Uma arma de fogo só deveria ser utilizada por um civil em casos de real perigo de ataque (e mesmo assim primeiramente como dissuasão), jamais em alguma discussão/briga.


.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 1664
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Motorista morto na Linha Amarela: 'Ele sem querer fechou a BMW, que emparelhou e disparou contra'

Marco André de Paula, de 24 anos, foi atingido na cabeça e morreu no local, na altura da saída 3 da via, no Engenho de Dentro

Por Natasha Amaral 26/10/2020

Rio - Um amigo de Marco André Lacerda de Paula, morto a tiros na noite de domingo na Linha Amarela, contou ao DIA que o crime aconteceu após o jovem ter fechado, sem intenção, o carro do atirador. "Sem querer, ele fechou a BMW, que logo emparelhou, viu o vidro aberto e efetuou o disparo", disse Yuri Oliveira, que negou uma possível discussão ou briga de trânsito. Marco André voltava de um evento de carros antigos na Barra da Tijuca e estava com um casal de amigos no carro quando foi assassinado.
https://www.meiahora.com.br/geral/polic ... ontra.html

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Titoff
Mensagens: 691
Registrado em: Ter, 17 17America/Sao_Paulo Março 17America/Sao_Paulo 2020 - 11:47 am

Mensagem por Titoff »

Jovem pede a arma de namorado PM e mata amiga após discussão por conta de água

Kethleen Lorrane, de 21 anos, foi assassinada pela amiga, Nayara, de 19, após uma discussão por causa das despesas do apartamento que dividiam em Aparecida de Goiânia (GO). Imagens de uma câmera de segurança mostram o exato momento em que Nayara, alterada, vai conversar com a garota de programa e volta pedindo a arma do namorado, que é capitão da Polícia Militar. Com o revólver na mão, a jovem volta ao encontro de Kethleen e dispara. Após fugir com o namorado, a assassina confessou o crime e vai responder por homicídio qualificado. A Polícia Militar vai instaurar um procedimento para apurar as circunstâncias que envolvem o capitão, flagrado entregando a arma.

https://recordtv.r7.com/cidade-alerta/v ... a-12112020

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 1664
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Armas impressas em 3D estão cada vez mais sofisticadas, baratas e perigosas

Kaique Lima 18 de fevereiro de 2021

Armas impressas em 3D estão ficando cada vez mais sofisticadas, baratas, eficientes e, principalmente, perigosas. Hoje, já é possível imprimir a maior parte dos componentes de um rifle semiautomático calibre 9mm sem sair de casa, por um custo de US$ 350 (cerca de R$ 1,9 mil), valor que inclui até mesmo a impressora nos Estados Unidos.

A impressão de armas em 3D não é algo exatamente novo, com os primeiros registros datando de 2013, porém, era artefatos de baixa qualidade, feitos em plástico e que tinha por característica explodir após o disparo de apenas um tiro. Porém, os projetos evoluíram rapidamente, passando a ser possível imprimir rifles de assalto e pistolas semiautomáticas.

Entretanto, até pouco tempo atrás, algumas peças essenciais para o funcionamento de uma arma, como o gatilho e o magazine, precisavam ser comprados separadamente, o que é relativamente fácil em países com legislações armamentistas permissivas, como os Estados Unidos, porém, impossibilitava a impressão de armas em países com leis mais rígidas, como a Alemanha e o Brasil.

Mas isso mudou e hoje até mesmo essas peças podem ser feitas em casa, sendo necessária apenas a compra de um cano metálico, que é facilmente encontrado em lojas de ferragens, o que também ajudou a reduzir os custos de produção, que, nos Estados Unidos, estão na casa de US$ 100 (Em torno de R$ 540).
https://olhardigital.com.br/2021/02/18/ ... perigosas/

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Fernando Silva escreveu:
Qui, 18 18America/Sao_Paulo Fevereiro 18America/Sao_Paulo 2021 - 09:19 am
Armas impressas em 3D estão cada vez mais sofisticadas, baratas e perigosas

Kaique Lima 18 de fevereiro de 2021

Armas impressas em 3D estão ficando cada vez mais sofisticadas, baratas, eficientes e, principalmente, perigosas. Hoje, já é possível imprimir a maior parte dos componentes de um rifle semiautomático calibre 9mm sem sair de casa, por um custo de US$ 350 (cerca de R$ 1,9 mil), valor que inclui até mesmo a impressora nos Estados Unidos.

A impressão de armas em 3D não é algo exatamente novo, com os primeiros registros datando de 2013, porém, era artefatos de baixa qualidade, feitos em plástico e que tinha por característica explodir após o disparo de apenas um tiro. Porém, os projetos evoluíram rapidamente, passando a ser possível imprimir rifles de assalto e pistolas semiautomáticas.

Entretanto, até pouco tempo atrás, algumas peças essenciais para o funcionamento de uma arma, como o gatilho e o magazine, precisavam ser comprados separadamente, o que é relativamente fácil em países com legislações armamentistas permissivas, como os Estados Unidos, porém, impossibilitava a impressão de armas em países com leis mais rígidas, como a Alemanha e o Brasil.

Mas isso mudou e hoje até mesmo essas peças podem ser feitas em casa, sendo necessária apenas a compra de um cano metálico, que é facilmente encontrado em lojas de ferragens, o que também ajudou a reduzir os custos de produção, que, nos Estados Unidos, estão na casa de US$ 100 (Em torno de R$ 540).
https://olhardigital.com.br/2021/02/18/ ... perigosas/
Traduzindo: Ferrou?

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Vídeos como esse faz muita gente questionar porte de armas pra "cidadão de bem" (ou cidadão de bens), ainda que de forma mais simplista e menos analisada:

Empresário que atirou em garçom tem prisão preventiva decretada | Primeiro Impacto (22/02/21)


youtu.be/k02dsYEgnS8

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Fernando Silva
Conselheiro
Mensagens: 1664
Registrado em: Ter, 11 11America/Sao_Paulo Fevereiro 11America/Sao_Paulo 2020 - 08:20 am

Mensagem por Fernando Silva »

Agnoscetico escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Fevereiro 22America/Sao_Paulo 2021 - 22:54 pm
Vídeos como esse faz muita gente questionar porte de armas pra "cidadão de bem" (ou cidadão de bens), ainda que de forma mais simplista e menos analisada:

Empresário que atirou em garçom tem prisão preventiva decretada | Primeiro Impacto (22/02/21)
Se o cara andar armado o tempo todo, é grande o risco de atirar em alguém que o irritou.

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Hipatia
Mensagens: 104
Registrado em: Qua, 04 04America/Sao_Paulo Março 04America/Sao_Paulo 2020 - 15:27 pm
Localização: 3ª PEDRA ORBITANDO A ESTRELA AMARELA

Mensagem por Hipatia »

Eu, particularmente, não daria posse e nem porte de arma à minha pessoa, pois tenho dias bons e ruins e nos ruins eu sou péssima, facinho de atirar na cara de alguém por motivo fútil.

Mas eu sou eu, e minha régua é estreita, há casos e casos e todos devem ser avaliados, como quem mora longe de cidade em sítio ou fazenda e pode precisar de uma arma, por exemplo.

Gostaria de pensar que alguns têm um perfil cujo pavio seja longo, mas somos todos animais mais ou menos adestrados que um dia vão morder alguém...
AVE ENTROPIA MORITURI TE SALUTANT

Re: Porte e posse de armas: prós e contras

Avatar do usuário
Agnoscetico
Mensagens: 1005
Registrado em: Sáb, 21 21America/Sao_Paulo Março 21America/Sao_Paulo 2020 - 11:46 am

Mensagem por Agnoscetico »

Fernando Silva escreveu:
Ter, 23 23America/Sao_Paulo Fevereiro 23America/Sao_Paulo 2021 - 09:44 am
Agnoscetico escreveu:
Seg, 22 22America/Sao_Paulo Fevereiro 22America/Sao_Paulo 2021 - 22:54 pm
Vídeos como esse faz muita gente questionar porte de armas pra "cidadão de bem" (ou cidadão de bens), ainda que de forma mais simplista e menos analisada:

Empresário que atirou em garçom tem prisão preventiva decretada | Primeiro Impacto (22/02/21)
Se o cara andar armado o tempo todo, é grande o risco de atirar em alguém que o irritou.
Lembrando que não sou um entusiasta de porte de armas de fogo. Mas alguns anti-porte usam argumentos tão simplistas quanto muitos pró-porte.
Responder